BookTag: Mulheres Liv


Hoje para comemorar essa data que merece ser celebrada, trouxemos a Tg: Mulheres Liv que está bem climática e hoje serão respondidas pelas mulheres do Livreando Karoline e Tammy.
🤎 Aquela que é real (uma personagem de história baseada em fatos)

Karol: Dita Dorachova, a Bibliotecária de Auschwitz, do jornalista espanhol Antonio G. Iturbe, que aos 14 anos protegeu a coleção de livros da escola informal do bloco 31.

Tammy: Michelle Knight relata seus anos de cárcere, em Libertada.


🧡 Aquela que mostra força (uma personagem que luta pelo bem maior)

Karol: Genoveva Pia, a doceira que ajudava os negros a fugirem do cativeiro com seu protagonismo feminino, negro e heroico em Os Tambores de São Luís de Josué Montello.

Tammy: Erin Gruwell, que através do seu livro The Freedom Writers Diaries, relatou como conseguiu mudar a história de sua classe. Seu relato se transformou no filme "Escritores da Liberdade" de 2007.


💜 Aquela que é amor (uma personagem romântica)

Karol: Sophia Di Lucca, do livro Jogo à italiana, de Vivian Lemos, sonha com seu BFF Noah enquanto suspira ao som de U2 e no filme Dirty Dancing.

Tammy: Peregrina, de A Hospedeira, que se apaixonou por um humano e estava disposta a se sacrificar por amor aos amigos e ao próprio amado.


❤️ Aquela que é sagacidade (uma personagem cheia de qualidades que você ama)

Karol: Kya Clarke, a resiliente menina do pântano do livro Um lugar bem longe daqui de Delia Owens. Abandonada, criou sua história e sobrevivência unindo arte e ciência.

Tammy: Concordo plenamente com a Karol. Kya com seu exemplo de sobrevivência, nos ensina mais do mundo e muito da sociedade. Sua percepção é linda!


🤍 Aquela que é dedicação (uma personagem altruísta)

Karol: Mel, a enfermeira obstetra que encontra em Virgin River seu recomeço. Criada por Robyn Carr, ela cuida de todos a sua volta sem medir esforços, sendo dever profissional ou não.

Tammy: Jane Eyre, que por vezes anula suas vontades em prol das boas relações, e mesmo que sua alma sufoque, ela se doa.


💙 Aquela que é tudo e mais um pouco (uma autora que você ama e sabe que merece esse posto)

Karol: Tem que ser a Chimamanda Ngozi Adichie. Sou apaixonada pelas histórias dessa autora nigeriana e por tudo que elas representam.

Tammy: Quisera eu ter tido a oportunidade de vivenciar a essência narrativa de Charlotte Brontë, que não minimizava suas vontades através da escrita e gritava por suas páginas.


E para finalizar...

Feliz Dia das Mulheres!

You Might Also Like

1 comentários

  1. LINDAAA TAG ♥

    Adorei as respostas de Tammy tbm. Muitas indicações de mulheres incriveis para ler a apreciar.

    ResponderExcluir