Cine Livreando: Nada a Perder - Parte 1


Título Original: Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos | Direção: Alexandre Avancini | Duração: 02h10min | Ano Lançamento: 29 de Março de 2018 | Elenco: Petronio Gontijo, André Garolli, André Gonçalves, Beth Goulart e Camila Czerkes | Gênero: Drama, Biografia | Origem: Brasil 


Cinebiografia autorizada do bispo evangélico Edir Macedo (Petrônio Gontijo), empresário fundador e líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da Record TV. Baseado nos livros da trilogia homônica, conta a história do self made man que enfrentou diversos momentos de turbulência enquanto perseguia sua convicção. 

Impressões: 

O cinema nacional está cada vez mais forte, com inúmeras cine-biografias, é o caso de “Nada a Perder” do qual narra uma parte da vida de Edir Macedo. Vale lembrar que está disponível no catálogo da Netflix. 

O espectador vai acompanhar toda infância, adolescência e vida adulta de Edir Macedo, bispo e líder da Igreja Universal. Vale ressaltar para os nossos leitores que o post é o nosso ponto de vista técnico a respeito do filme em sim, sem nenhum vínculo religoso. 

A evolução é gradativa, o espectador vai presenciar toda vida simples e humilde do protagonista, até chegar ao ponto culminante em que ele funda sua própria igreja e adquirir seu próprio canal de televisão. 

Porém! Nem tudo foram flores na vida do Bispo, conforme sua igreja crescia e centenas de milhares de fiéis lotavam os cultos, outros religiosos faziam de tudo para atrapalhar a vida do líder religioso, arrumando empecilhos e barreiras, para que ele deixasse de levar sua fé aos fiéis. 

Ambientação e fotografia foi um show à parte, trazendo de forma intensa e realista todo o cenário do Rio de Janeiro das décadas de 50, 60 e 70. Ponto positivo! 

O roteiro segue fluído e sem amarras, trazendo para perto do espectador toda simplicidade de uma pessoa que fez grandes conquistas, levando sua fé para além das fronteiras do Brasil. 

Nada a Perder – Parte 1 cumpre o que promete, sem deixar nenhuma ponta solta, trazendo de uma forma clara toda vida de Edir Macedo, inclusive seus altos e baixos.


Um comentário:

  1. Amei a resenha.
    Tive a oportunidade de assistir esse filme ano passado e achei maravilhoso. Sou terrível pra fazer comentários técnicos porque não entendo nada disso kkkk, geralmente tiro ensinamentos do que vejo. E o filme fala bastante sobre não desistir. Não deixar que as impressões dos outros seja a sua realidade e que mesmo que tudo pareça perdido, a volta por cima é possível. Mal posso esperar para assistir o segundo, que já estava nos cinemas.
    Arrasou na resenha.

    ResponderExcluir



Topo