Resenha: ​Não Me Deixes

Título Original: What She Knew  | Autora: Gilly Macmillan
Editora: Jacarandá | Ano: 2015 | Páginas: 456
Viras-te por um segundo... E o teu filho desapareceu.

Rachel Jenner distraiu-se por breves momentos. E agora Ben, o seu filho de oito anos, desapareceu. Mas o que aconteceu realmente naquela fatídica tarde? Dividida entre a sua tragédia pessoal e uma opinião pública que se virou contra ela, Rachel não sabe em quem confiar. Será que as outras pessoas, por seu turno, podem confiar nela? O tempo urge para que Ben seja encontrado com vida.

E tu, de que lado estás?

Olá, maravilhosos.

Como vai a vida? Esperamos que muito bem!

Hoje, trazemos pra vocês a resenha de um romance policial escrito pela inglesa Gilly Macmillan. Vamos conhecer essa obra?


Rachel Jenner é a mãe solteira de Ben, um garoto de 8 anos. Após a separação de seu marido, ela se vê trocada pela nova esposa de Jhon, Katrina. E como se não bastasse, seu pequeno filho desaparece em uma tarde no bosque.


“Viras-te por um segundo... E o teu filho desapareceu.”

Após um picnic, Rachel permite que Ben vá correndo a sua frente até o balanço, mas assim que ela chega ao local, vê que algo está errado: seu filho não está lá. E não está em lugar algum! Ben sumiu! O que realmente aconteceu naquela fatídica tarde?


A partir daí, começam as investigações e um verdadeiro caça às bruxas. Dividida entre a sua tragédia pessoal e uma opinião pública que se virou contra ela, Rachel não consegue confiar em ninguém, se culpa bravamente pelo ocorrido e o estigma de mãe má recai sobre seus ombros. Enquanto isso, o departamento de polícia liderado por Fraser e seu oficial Jim correm contra o tempo para que Ben seja encontrado com vida.


"Afinal, toda a gente adora a emoção de experimentar de forma indireta as vidas terríveis dos outros" (Pág. 16)


No meio de toda essa trama, segredos de família serão revelados, informações privilegiadas da investigação serão vazadas em blogs sensacionalistas, muitas entrevistas e poucas pistas concretas nos farão perguntar quem o raptou, o porquê e de qual lado realmente estamos.


“Se não somos quem imaginamos ser, então haverá alguém que o seja? Se existe todo este potencial para que nos julguem injustamente, então como poderemos estar certos de que o juízo que fazemos dos outros se assemelha de alguma forma à pessoa subjacente?"(Pág. 13)


O enredo do livro é arrasador e positivamente frustrante. Não sabemos a quem recorrer ou em quem confiar. Divididos entre os pontos de vista da mãe e do oficial, temos os dois lados da investigação e nossas dúvidas aumentam a todo instante. Cada personagem demonstra motivos de ser o possível raptor e, no fim, ficamos chocados com o desfecho do drama.



Este livro fez parte das leituras de abril para o Desafio Literário Livreando, o nosso querido #DLL, no Tema "Que você comprou a mais de 02 anos".

Comprei esse livro em 2015 na Livraria Lello em Porto, Portugal; e por ser no português de lá, algumas palavras são diferentes das nossas e me confundi um pouco, mas nada que atrapalhasse a leitura que, por sinal, fluiu muito bem. Gostei muito do livro e no fim, meu coração ficou revoltado e triste.

Bom, pessoal, essa foi uma leitura em um gênero "fora da caixa" para mim e me surpreendi muito com a experiência. Diz pra gente o que acharam.

Bjos e Cheiros
Até a próxima!

20 comentários:

  1. Uaal, super curto esse clima de investigação nos livros, faz a gente ficar grudada na leitura nee kkkk

    abobrinhacomchocolate.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jota

      Siiiimmm ... a gente quer saber o que aconteceu e devora até o fim!


      Obrigada pela visita
      Beijos e Cheiros

      Excluir
  2. Olá! Tudo bem?

    Menina, eu fiquei louca querendo ler agora! Quem será que raptou o Ben. Ou melhor, o que foi que aconteceu?

    Sua resenha me despertou total interesse! Doida para ler mais!

    Beijo,
    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro romances policiais e ler sua resenha fez com que eu imaginasse um filme. Tem um roteiro bom para isso! Gostei da indicação e adicionei na lista de desejados

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  4. Eu sou bem familiarizada com esse genero, mas confesso que não conhecia essa autora. Gosto de livros com mais de uma narrativa, isso sempre me conquista bastante e eu não consigo largar o livro, vou até procurar ele por aqui, adorei a dica!! <3

    ResponderExcluir
  5. Oi, gostei muito de conhecer o livro pela sua resenha, é assustadora essa premissa de a criança desaparecer, fiquei curiosa para ler e descobrir quem foi o responsável. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  6. Eu AMO demais romance policial. Falou em ler um thriller, eu estou dentro!!!
    Pelas quotes que você deixou eu já ia perguntar se era em português de portugal. Eu tenho certo tipo de resistência em ler livros em PtPt. Mas, às vezes, quando não há outra forma, eu encaro.
    Fiquei curiosa com a história. Será que tem no Br? Queria ler também. Adorei a resenha e em saber que você saiu da sua zona de conforto (mesmo sendo a minha hahahaha). Abraços

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Eu já li alguns livros com a trama parecida com este, todo o suspense psicológico realmente é bem dramático. Gosto deste gênero meu maior problema é ser escrito em português de Portugal, não conseguiria aproveitar a leitura por conta disso.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Debyh

      é um gênero muito bom. Realmente não é um dos que eu mais leio, mas me permiti sair da zona de conforto e amei!
      O portugues de Portugal não atrapalhou tanto, mas em Br seria bem mais a nossa praia.

      Obrigada pela visita
      Beijos e Cheiros

      Excluir
  8. Livros policiais sempre conseguem me prender. Eu amo bancar a detetive, seguir a investigação e ser surpreendida no final. Deu pra perceber que esse livro é dos bons, principalmente por ter te chocado ao final. Já quero! Será que tem ele em PT BR?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla
      Esse livro me prendeu demais. E amei.
      Eu tambem fico bancando a detetive, quero saber quem fez, como fez, quando .. e assim vai .

      Não sei dizer se ele já tem em Português BR, mas acredito que sim!

      Obrigada pela visita
      Beijos e Cheiros

      Excluir
  9. Olá!
    A pergunta que não quer calar: tem esse livro por aqui? Espero que sim, porque eu já fiquei curiosíssima com essa trama e ansiosa para ler. Parece ser o tipo de livro que eu não ia conseguir largar até terminar. Adorei a dica! <3

    ResponderExcluir
  10. Oi Karoline.

    Eu tenho uns dois livros de Portugal e algumas palavras são diferentes mesmo. As vezes deixa um pouco confusa no momento da leitura, mas este livro que você resenhou eu não conhecia e sua opinião despertou minha curiosidade. Será que tem este livro aqui no Brasil? Porque se tiver quero lê-lo.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oii tudo bem ??
    A premissa do livro parece bem interessante porém no momento não irei ler quem sabe na próxima obrigado pela dica.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro o gênero e fiquei curiosa com a leitura! Já li alguns livros no português de Portugal e a diferença nas palavras também não me atrapalhou. Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  13. Oi! Não conhecia o livro, e já me interesse bastante, pois é um dos meus estilos de leitura favoritos. Eu achei a premissa instigante e cheia de perguntas, como parece ser toda a trama do livro. O fato de você ter mencionado que ficou triste no fim me deixou agoniada, porque foi uma boa leitura, mas quero saber o que aconteceu e se eu teria a mesma reação! Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  14. Legal fazer uma leitura 'fora da caixa' e se dá a oportunidade de conhecer novos livros, etc. Não conhecia o livro e fiquei curiosa, tenho me debruçado nos escritores Portugueses e Espanhóis há algum tempo.

    ResponderExcluir
  15. É um livro bem diferente do qual estou acostumada também, mas acho que gostaria do enredo. Fiquei curiosa para saber mais sobre todo o mistério envolvido haha.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  16. My God, que história!!! Fiquei tensa com sua resenha, imagine como não ficarei se tiver a possibilidade de ler este livro. Eu gosto muito do gênero e fico bancando a detetive.

    Bjs
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  17. Oiiii,
    Adoro livros policiais e a história desse me deixou bem curiosa, adoro essa confusão de sentimentos e a duvida sobre quem fala a verdade... Agora tô aqui querendo saber tudo e com vontade de ser surpreendida!

    ResponderExcluir



Topo