Cine Livreando: Megarromântico


Título Original: Isn't It Romantic | Direção: Todd Strauss – Schulson | Duração: 01h28min 
Ano Lançamento: 28 de Fevereiro de 2018 |  Elenco: Rebel Wilson, Liam Hensworth, Adam Devine, Priyanka Chopra e Betty Gilpin | Gênero: Comédia, Romance | Origem: Estados Unidos 

Natalie (Rebel Wilson) é uma jovem arquiteta que se empenha para ser reconhecida por seu trabalho. Ela que sempre foi uma cética quanto ao amor, tem um encontro conturbado que termina com ela sendo assaltada e deixada inconsciente. Quando acorda. a moça vê que misteriosamente foi parar em um filme de comédia romântica. 


Impressões: 
Saudações cinematográficas, queridos leitores do Livreando. Tudo bem com vocês? Vamos apertar o play e conferir mais uma dica de filme, escolhemos o mais novo sucesso da Netflix “Megerrômantico”. Bora apertar o play e conferir a resenha. 

Por falar em Netflix, mais uma vez eles nos surpreendem com suas produções originais, esqueça os filmes românticos do qual você assistiu até o presente momento. Sua mais nova produção vai deixar qualquer filme de romance no chinelo, Megarromântico é clichê do começo ao fim. 


Natalie é uma arquiteta de sucesso, porém ela sempre desacreditou no amor verdadeiro, fugindo de se apaixonar por alguém. Sua vida acaba mudando drasticamente de uma hora para outra. A protagonista sofre um acidente do qual bate violentamente à cabeça e tendo graves consequências, principalmente no quesito “amor”. 

Vale lembrar, Natalie desde pequena era desiludida pela sua mãe ao colocar na cabeça que o amor é um completo fracasso. Após o acidente, a protagonista começa a ver tudo ao seu redor tudo apaixonante e romântico, igual um conto de fadas, clichê do começo ao fim. 


O serviço de Streaming acertou em cheio com essa produção, mostrando o lado bom da vida, principalmente das pessoas que estão completamente apaixonadas, vendo tudo em um Mundo cor de rosa. 

Natalie se apaixona pelo seu chefe, vivendo um verdadeiro conto de fadas em sua vida amorosa e profissional. O enredo não poupa o romantismo, mostrando de forma intensa todos os clichês do gênero, exagerando em alguns pontos, mas sem perder toda essência e virtudes do ponto central do filme.


Um comentário:

  1. Oi Rafael
    Eu vi esse filme e gostei muito. Li o post e não descobri se você gostou ou não da obra. Queria mais da sua opinião no post.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir



Topo