Resenha: Tarde Demais

Título Original: Too Late | Autora: Colleen Hoover
Editora: Record | Ano: 2018 | Páginas: 384
Sinopse: Para proteger o irmão, Sloan foi ao inferno e fez dele seu lar. Ela está presa em um relacionamento com Asa Jackson, um perigoso traficante, e quanto mais os dias passam, mais parece impossível enxergar uma saída. Imersa em uma casa incontrolável que mais parece um quartel general, rodeada por homens que ela teme e sem um minuto de silêncio, também parece impossível encontrar qualquer motivo para se sentir bem. Até Carter surgir em sua vida. Sloan é a melhor coisa que já aconteceu a Asa. E se você perguntasse ao rapaz, ele diria que também é a melhor coisa que já aconteceu a Sloan. Apesar de a garota não aprovar seu arriscado estilo de vida, Asa faz o que é preciso para permanecer sempre um passo a frente em seu negócio e proteger sua garota. Até Carter surgir em sua vida. A chegada de Carter pode afetar o frágil equilíbrio que Sloan lutou tanto para conquistar, mas também pode significar sua única saída de uma situação que está ficando insustentável. Colleen Hoover não tem medo de escrever sobre assuntos delicados e Tarde Demais prova isso. Perpassando as formas mais cotidianas de machismo até as formas mais intensas e cruéis de abuso, a autora mergulha na espiral atordoante que é um relacionamento abusivo.


Sloan não tem uma vida fácil. Já não tinha antes mesmo de conhecer Asa. Com uma mãe completamente ausente, sua única preocupação sempre foi o irmão Stephen que nasceu com limitações físicas e mentais. Aliás, Stephen é a única causa que fazia Sloan aturar tudo o que vinha aturando.

Asa é sagaz, se importa bastante com Sloan, mas tem uma mente completamente doentia, tão doentia que ás vezes nem dá para acreditar. Ele vive segundo o próprio pensamento. Sua cabeça cria um mundo paralelo de sentimentos que realmente deixa o leitor perturbado. Fez o seu nome e seu dinheiro no tráfico. Sabe os riscos que corre diariamente, mas não é tão fácil derrubar alguém como Asa.

E para completar essa loucura temos Carter, um policial infiltrado tentando encontrar provas para prender Asa. Para isso, teve que entrar no covil da serpente e se matricular na mesma escola que Sloan. Só não esperava se apaixonar pelo troféu de Asa, Sloan. Já dá para perceber que realmente a treta está formada.


Tarde Demais é narrado pelos três principais pontos de vista, Sloan, Asa e Carter. E por esse motivo conseguimos enxergar as motivações de cada personagem nesse enredo. Antes de começar a leitura, vi inúmeras opiniões, principalmente negativas, por Sloan aturar as atrocidades de Asa e pela autora tentar colocá-lo como "coitado" em algumas passagens. Bem, vamos lá...

Para quem já é acostumado com a escrita da Hoover, já tem noção do que pode vim ao pegar um livro de sua autoria. A sinopse do livro já te entrega o quão cru será o romance, sem meias palavras, sem floreios. O machismo, os abusos, as crueldades serão pilastras para a formação do romance, então não espere menos que isso.

"Por mais que eu tente - por mais difícil que tenha sido sair da casa onde cresci para fugir deste mesmo estilo de vida , apenas para voltar a ele -, me sinto ignorante . Como posso desejar e trabalhar tanto para ter uma vida normal, e ainda assim continuar caindo bem no meio dessa merda? é uma porcaria de maldição." p.25

Sloan é uma jovem sem muitos parâmetros de vivência "normal", tudo o que sabe são as formas de conseguir sobreviver junto ao seu irmão. Ela já pulou fora uma vez e não conseguiu se manter, o medo pelo irmão a fez retornar a vida abusiva que sofria apesar de pensar que era amor. Fato esse que observamos diariamente estampado nos jornais. É a saída correta? Com certeza, não! Mas infelizmente é a realidade que a autora traz para essa personagem.

Com Asa conhecemos o gatilho de sua crueldade, de sua distorção do querer bem, mas eximimos a sua culpa por isso? Não! Eu pelo menos em nenhum momento fiz isso. Sabia a causa do seu temperamento e queria que pagasse por tudo o que fez! Porém, o que aprendemos aqui é que a visão de Sloan para Asa também não é cem por cento confiável e por diversos momentos a autora deixou isso clara na narrativa.

"Deslizo o papel de volta para Carter. Quando ele ri alto, cubro minha própria boca, escondendo meu sorriso. Adoro o fato de que ele entende meu senso de humor, mas ao mesmo tempo odeio. Cada segundo que passo com ele só me dá vontade de passar mais dois segundos com ele." p.44

Carter é aquele alívio em meio a toda essa loucura que Colleen Hoover criou. Ele é a esperança de que realmente no final tudo dará certo ou que pelo menos não terminará em total caos, é a mente mais centrada que enxerga a saída, não foca nos julgamentos. O seu personagem é o pilar entre a sanidade e a loucura. É impossível não amar Carter e sua empatia.

"Este buraco que estou cavando para mim mesma está ficando cada vez mais fundo. Se eu não descobrir como sair dele, Asa vai enchê-lo de cimento." p.133

O final agridoce joga na cara do leitor a realidade da possibilidade. É preciso respirar fundo, fechar o livro e tentar aceitar que tudo terminou daquela forma. Tarde Demais é um livro que você não pode querer lê-lo conforme a sua opinião. Você realmente tem que colocar de lado o que acha certo ou necessário para conseguir reter a mensagem do livro. Ser ouvinte dos personagens. Conseguir enxergar a sobrevivência.

Não é uma leitura fácil, e pelo que percebi, ou você amará ou odiará. Se você for curioso o suficiente, indico a leitura para que você forme a sua própria opinião. Ao final, tenho certeza que aprenderá algo. 😉

Bjim!


25 comentários

  1. Olá!
    Infelizmente não consegui gostar dessa leitura, mas como apaixonada pelos livros da CoHo, sempre dou uma chance quando tem lançamentos.
    Achei o livro bagunçado e a tentativa da autora vitimizar o relacionamento abusivo me causou repulsa.
    Realmente uma história para amar ou odiar.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora, mas já sei que não devo começar por esse livro.
    Acompanhei várias resenhas criticando a história. Mesmo com as ressalvas eu acredito que daria uma chance, mas iria com cautela, pois como vc disse não é um livro fácil.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Olá Tammy, como vai? Ao contrário de você, eu não tenho nenhuma experiência com os livro da Colleen Hoover e, também li várias resenhas negativas sobre essa história e, a maneira como ela descreve os personagens no geral. Mas, pelo que percebi essa autora gosto de escrever histórias com temas complicados, poucos abordados em livro e de uma maneira compreensível para os jovens!

    Na minha opinião, ela está usando seus livros, para alertar os jovens sobre os perigos dos relacionamentos abusivos, mostrando a realidade nua e crua. Eu gosto desse estilo e pretendo ler todas as obras que ela escreve, concordando ou não com os finais.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tammy.

    Já li uma trilogia da Colleen e gostei bastante de sua escrita. Da pra perceber que é um livro com bastante reviravoltas, já que o policial acaba se apaixonando pela namorada do traficante, que pesado, hein!!!
    Enfim, a premissa me interessou e eu fiquei com curiosidade quanto ao final. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com sua opinião, o leitor vai amar, ou odiar essa leitura. E eu gostei muito da história que me deparei. Porém confesso que para mim foi um leitura envolvente, e que me prendeu logo do começo, pois queria saber como tudo iria terminar. E mais uma vez a autora me surpreendeu. Claro que para algumas pessoas a leitura não será fácil, como você mesma citou temos, valores, crenças, e quando nos deparamos com aqui que nos tira da nossa zona de conforto como essa história, a mesma nos gera incomodo e repulsa. E preciso lagar a sua opinião para compreender o outro. Talvez eu consiga fazer isso com mais facilidade, pelo fato de estudar psicologia, e ser preciso ter esse olhar mais apurado para compreender o outro em nossa frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana,
      É justamente esse o grande ponto. Olhar com um lado mais psicológico, é realmente fundamental para compreender toda a história e os personagens.
      Bjim!!!

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Só li um livro da Colleen Hoover até o momento, mas já foi o suficiente para perceber que a autora gosta de brincar com os sentimentos da gente, hahaha. Estou louca para ler "Tarde demais" e tua resenha só aumentou minha curiosidade.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  7. Tammy se eu fosse me basear apenas nas resenhas pra ler ou não este livro, eu não o leria, mas minha curiosidade venceu e quis ler pra, exatamente como você disse, criar minha opinião sobre ele. Gostei muito da escrita, achei que alguns personagens mereciam mais aprofundamento e também achei algumas cenas detalhadas sem necessidade. Foi o livro da Colleen com menor avaliação minha, mas sigo amando a autora.

    ResponderExcluir
  8. Ola Tammy lindona esse final agridoce já me deixou com frio na barriga menina, amo a escrita da autora e preciso ainda ler esse livro, a sinopse já deixa muita coisa em destaque. Com certeza vou ler esse semestre. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  9. Este livro está sendo um pouco impactante para muita gente. Bem o que você disse, não dá para ler já com a mente fechada. Tem que ler com a mente muito aberta ou vai ter um choque muito grande. Eu já sou uma que não sei se neste aspecto conseguiria pegar a leitura, li muita coisa sobre acho que seria muito impactada.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?

    Cara, CoHo é um "oito ou oitenta" desde sempre. Você ou ama enormemente os livros dela ou odeia com todas as suas forças, eu sou do time que ama a escrita dela e os temas que ela aborda. Esse em particular eu ainda não li, mas tenho muita curiosidade de ler, acho que ele tras umas questões bem complicadas, mas acho a capa linda e ainda tenho muita vontade de ler!!

    ResponderExcluir
  11. Eu não sei se leria esse livro, ele tem muitos pontos que me desagradam e mesmo gostando desse tipo de leitura talvez esse seja um que eu não gostaria. Venho adiando a leitura dele faz tempo. Acredito que futuramente eu vá ler para matar a curiosidade.

    ResponderExcluir
  12. Tarde Demais foi meu primeiro contato com a escrita da autora e claro que eu me apaixonei. Mas nunca em minha vida literária eu odiei tanto um personagem como esse Asa. Carter conquistou meu coração desde a primeira parição, mas acho que como profissional infiltrado ele deixou a desejar, mas acredito que esse não é o foco por isso relevo e continuo amando esse livro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem? Tô há tempos querendo ler a autora, mas ainda não é uma prioridade, sabe? A história desse livro não me agradou muito, então não começaria por ele, mas gostei muito da capa e do fato de ser narrado por três personagens. Obrigada pela resenha, mas não é uma indicação que vou atrás agora hehe.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Eu não conheço a escrita da Colleen Hoover, mas já estou mega interessado nesse livro. É a primeira resenha que leio e já sinto que tenho que me preparar antes de iniciar a leitura.
    Fiquei apaixonado por essa capa rsrsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Acho que a palavra agridoce com certeza é a melhor definição para esse livro, o final não é como gostaríamos que fosse, mas CoHo se mantém firma ao próposito do livro, de escrever algo cru para colocar pra fora os seus demônios. Gostei muito da sua resenha.

    ResponderExcluir
  16. Gosto de personagens que criam um mondo paralelo na mente capaz de nos perturbar, são os que mais me atrai. Não li o livro, mas por sua resenha, acredito que vou apreciar bastante

    ResponderExcluir
  17. Oi, Tammy.
    Eu sempre ouço muitos elogios sobre os livros dessa autora, mas nunca me animei a ler. Na verdade eu até cheguei a ler seus primeiros livros, mas depois que ela entrou nessa fase de temas espinhosos, não li mais nada... E agora que li sua resenha, acho mesmo que os livros dela não são para mim!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li esse livro e confesso que ainda tenho muito receio. Sou fã da Colleen Hoover e sei o quanto ela é capaz de mexer com as nossas emoções e escrever histórias fortes. No caso desse livro, parece que ele é mais perturbador que tudo que ela escreveu antes e isso me deixa com o pé atrás. Porém, acredito que a curiosidade vai acabar falando mais alto e eu vou conferir. Adorei a resenha e conhecer sua opinião sobre o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá, Tammy!

    Depois de ler tantas resenhas sobre esta história eu estou quase decidida a lê-la. Quase.rs Isso porque o único livro que tenho da autora é a história É Assim que Acaba e será minha primeira experiência com suas obras. Se eu não apreciar as chances de ler Tarde Demais serão praticamente inexistentes. Todavia, se eu acabar amando a história, então, minha segunda aposta será Tarde Demais, pois costumo ler livros que abordam a violência doméstica, os relacionamentos abusivos, por conta do choque de realidade que histórias assim nos provocam.

    Não espero muito do final do livro, então se eu ler já estarei preparada para qualquer coisa. Só espero ter estômago para isso.

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem? Pois é, uma leitura que divide muitas opiniões. Eu sou uma das que amo por justamente me atentar a sua mensagem, e não em como tudo transcorrer. Tem erros graves de caráter? Tem, mas necessário para o crescimento de cada personagem. Ler sua resenha me relembrou do momento que li. Adorei!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. olá... te confesso que nunca li nada da autora. apesar de ver tantos elogios a suas obras e enredos, nao é o tipo de leitura que me arai a atenção... mas imagino que esses personagens são bem construidos, é o que se percebe quando a gente le tua resenha..

    já tinha visto algumas pessoas comentando que essa obra tem um quê de polêmica...

    bjs...

    ResponderExcluir
  22. Este livro foi uma das minhas piores leituras em 2018 e uma grande decepção com a autora, que eu acompanho e leio tudo o que ela publica. Achei tantos furos neste enredo que várias reflexões me deixaram preocupada, principalmente a mocinha precisar de outro homem para salva-la... sério?? Não gostei.
    beijos

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto dos livros dessa autora, ela sempre aborda assuntos bem sérios. Esse é um livro que vi diversas críticas, todas bem divididas, então quero muito ter minha própria opinião, espero gostar!
    beijos

    ResponderExcluir
  24. O enredo desse livro não me atraiu tanto. E não é pelo fato de ser uma leitura densa, tenho o hábito de ler livros com enredos beeem desconfortáveis. Foi o contesto geral que não me atraiu. Porém isso não quer dizer que um dia não possa vir a lê-lo, vai que dá a loka!

    ResponderExcluir