Primeiras Impressões: O Dobro ou Nada

Título Original: Double Game | Autor: K. Patterson | Editora: Bezz
Sinopse: Como investidor, lido com milhões de dólares o tempo todo e estou cercado de pessoas da alta roda, e, por isso, aprendi a reconhecer uma mulher interesseira. Mas eu não estava preparado para ela. Com seu jeito meigo e romântico, ela cativou a minha atenção, e nunca tirou vantagem de minha vida de luxo, o meu sol. Quero colocá-la na garupa de minha moto e sair por aí, sem rumo. Eu vou conquistá-la. Eu a quero para mim. Ou não me chamo Dylan Cooper.
Minha vida é cercada de perigo. Sou casado com a ‘famiglia’ e meu trabalho é uma amante exigente. Não tenho tempo e nem interesse num relacionamento. Até ela aparecer em meu clube. Com seu jeito petulante e cínico, ela esnobou quem eu era porque sabia que isso chamaria a minha atenção, a cadela. Quero fazê-la gritar de tanto prazer. Eu vou domá-la. Eu a quero para mim. Ou não me chamo Enzo Sartori.
E no meio desse jogo de sedução, qual das duas é essa mulher?

Olá lindezas, como estão?

Hoje trago a vocês o que achei dos primeiros capítulos desse livro intenso e envolvente que a Editora Bezz estará lançando esse mês. Em O Dobro ou Nada acompanhamos a histórias dos três personagens principais Dylan, Enzo e Mary.

Dylan Cooper é um investidor que sabe jogar para conseguir firmar os seus objetivos, sejam eles no ramo empresarial ou no prazer. Após uma grande desilusão, testificou que as mulheres que vinham ao seu encontro só estavam interessadas nas roupas finas, lugares luxuosos, sua conta bancária e um sexo prazeroso, então decidiu que em sua vida, somente ofereceria o último. Sua empresa estava decolando da forma que queria, dirigindo bem de perto cada movimentação, não aceita mentiras justificadas. Prova de seu sucesso contínuo.

Enzo Sartori é dono da boate mais luxuosa e disputada da cidade de Nova York. Para entrar na Lodi Paradiso você teria que literalmente ter, para bancar, caso contrário, só perderia tempo na enorme fila dos que tentavam uma brecha para conhecer todo esse glamour. Diversão, bebidas, mulheres lindas e drogas de qualidade exclusiva, são alguns dos atrativos que a Lodi oferece. Mas a vida de Enzo não se resume somente as suas agitadas noites, além de seu negócio milionário, ele ainda caminha pelo submundo reinando pelo espaço conquistado através da sua vida mafiosa. Respeitado e temido por onde vá, Enzo sabe a autoridade que carrega e faz jus a ela.

Mary, é uma jovem ruiva que decidiu viver seu sonho na cidade grande ao sair do Queens para garantir algo melhor para si. Claro que a realidade que lhe atinge é bem diferente quando se ver cheia de contas e tendo que escolher entre a refeição do dia e da noite.

No meio de todo esses dramas, Dylan e Enzo terão muito mais em comum do que o poder, a fortuna e os caprichos pessoas. Eles também irão se desafiar e ter a mesma mulher. Sim, meus amados. Essa ruiva que lhes apresentei.

A degustação foi de somente oito capítulos, mas já temos uma ideia de que a briga será boa em meio a esse triângulo que se forma. Para quem é acostumado em ler minhas resenhas, sabe que um triângulo amoroso me faz perder o interesse em  uma leitura, ainda mais quando não é desenvolvido de maneira apropriada, ou pouco rápido demais, mas não é o caso de O Dobro ou Nada, não mesmo!

Para começar, não tem ninguém inocente nessa história. Cada um dá conta de si e faz o que bem entende de sua vida, ou seja, não temos todo aquele mimimi. Depois, o plano de fundo explorado chama a tensão pelo poder que os personagens masculinos carregam e pela personalidade decidida de Mary. É um romance mais quente, com claras palavras encaixadas no momento certo durante as cenas. K. Patterson deixa uma excelente boa impressão nessa degustação.

A personalidade de cada personagem é desenhada ao decorrer desses oito capítulos, e por isso, já conseguimos desenvolver uma preferencia entre Dylan e Enzo. Só nos resta saber os caminhos que cada um tomará para o desfecho desse triângulo e em que momento ocorrerá o grande embate entre os dois, pelo menos espero por isso. Vamos esperar as cenas dos próximos capítulos!!!

Bjim!


8 comentários

  1. Não conhecia o livro, mas pelas suas primeiras impressões a trama parece ser muito envolvente. Fiquei curiosa para saber mais sobre cada personagem, principalmente se nenhum deles é tão santo assim. rsrs
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Caramba, é um livro que parece ter tudo para ser bom! Eu gosto muito de triângulos amorosos, dependendo, é claro, da forma como são trabalhados. Adorei saber tuas primeiras impressões!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem? Acho maldade essa coisa de degustação porque a gente fica realmente envolvido no enredo, torcendo pelos personagens e quando dá por si, já acabou ): Ainda assim, adorei conferir a sua experiência com a obra e pretendo adquirir o quanto antes, fiquei super curiosa!

    ResponderExcluir
  4. Oii!
    Que empolgante em!
    Não conhecia o livro e fiquei bem curiosa ao ler tuas primeiras impressões. Não tenho nada contra triângulos amorosos, desde que sejam bem desenvolvidos, então anotarei a dica, e espero conseguir ler em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. apesar de eu não gostar muito do gênero algo nesse livro me chamou a atenção, fiquei curiosa para conhecer melhor o personagem Dylan, parece ser bem sedutor e persuasivo kkkkk

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Ah primeiras impressões é sempre bom pois nos deixa com gosto de quero mais do que encontrar na história. Não curto também triângulos amorosos, mas se for bem trabalhado, enriquece e cresce o enredo. Irei esperar a resenha completinha para ter uma opinião final. Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Tammy, não conhecia esse lançamento e pelos seus comentários apesar de ser um enredo diferente não é o meu estilo de leitura assim não consegui ficar empolgada para lê-lo, mas quem sabe quando eu ler a resenha completa dele não mude de ideia.

    ResponderExcluir
  8. É a primeira vez que vejo o livro, vou aguardar a resenha completa, mas antecipadamente, gostei do pouco que li, parece fascinante.

    ResponderExcluir