Resenha: Vende-se Este Futuro

Título: Vende-se Este Futuro | Autor: Bruno Miquelino 
Editora: Novo Século | Páginas: 224 | Ano Lançamento: 2018 

Pegue seu celular, abra o aplicativo do YouTube e procure por “viajante do tempo Charles Chaplin”. Você na certa encontrará uma enxurrada de vídeos mostrando uma mulher vestindo chapéu e casaco pretos, nos bastidores do filme O Circo, falando ao celular em plena década de 1920! O que esses vídeos não vão lhe dizer, entretanto, é que essa mulher é Beatriz Prata, e ela trabalha para uma empresa chamada Déjà Vu, cujo principal serviço é transportar pessoas do passado para o futuro, para que elas adquiram outra identidade, longe dos holofotes, da polícia, de seus problemas, enfim, do que for. Beatriz só precisava levar o grande Charles Chaplin para o futuro, mas inúmeras coisas dão errado e ela se vê presa no início do século XX, sem ter como voltar para os tempos modernos. Este livro é o registro que vai pulverizar as teorias da conspiração de vez, com um enredo de mistério, perseguição e aventura. Prepare-se para viajar com Beatriz! 

 Impressões: 

Saudações literárias! Queridos livreadores, tudo bem com vocês? Espero que sim! Vamos para os preparativos do final de semana com muitos livros lidos! Nossa dica/resenha é de uma obra incrível, uma viagem no tempo, recheado de muitas aventuras e suspense. Bora falar do livro? 

Estamos em São Paulo, o ano? 2112! Somos levados para o futuro, vamos conhecer uma empresa denominada como “Déjà Vu”, sendo o seu principal objetivo de transportar pessoas do passado para o futuro, tendo uma nova vida e identidade, os principais clientes? Famosos que estão fartos do glamour e assédio. 

Antes de tudo! Abra o Youtube, digite no campo de busca: “Viajante do tempo Charles Chaplin”. Podemos observar uma mulher segurando uma espécie de aparelho celular em meados da década de 20! Afinal, quem é essa mulher? Justamente é uma funcionária da empresa “Déjà Vu” que está presa no século 20, com um único objetivo, levar o grande Charles Chaplin para o futuro. 

Beatriz Prata é uma mulher de pulso firme, e uma excelente funcionária, desempenhando seu papel de forma extraordinária e ganhando confiança em todos os setores, sendo responsável em buscar personalidades que fizeram história e marcaram o mundo de alguma forma, para viverem no anonimato no futuro. 

“Vende-se Este Futuro” é um livro futurista, porém uma viagem ao passado, em momentos de transformação do Mundo, com acontecimentos que abalaram diversos cenários e que hoje são relatados em diversos livros. É uma verdadeira viagem para os leitores. 

Bruno Miquelino transforma uma teoria da conspiração que viralizou toda internet anos atrás, em uma jornada repleta de aventuras. Ponto positivo para construção dos personagens, o autor conseguiu criar elementos substanciais em sua criação, deixando os personagens primários e secundários cativantes e fluídos em toda trama. 

Beatriz se vê em uma rede de corrupção no meio da empresa, fatores que irão colar à personagem principal em graves perigos, um deles, ficar presa no passado para sempre. 

Com uma leitura fluída, vamos acompanhar todo o desenrolar de Beatriz, em solucionar uma rede de corrupção dentro da “Déjà Vu”. Se vale a pena? Com toda certeza! Um livro futurista do qual mostra uma São Paulo do século XXII, ao lado de Beatriz Prata. Ah! Sem deixar de lado o grande e genial Charles Chaplin.


Nenhum comentário :

Postar um comentário