Resenha: Trono de Vidro


Título Original: Throne of Glass | Autora: Saraah J. Maas
Editora: Galera | Ano: 2013 | Páginas: 392

Sinopse: Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.

Celaena é uma jovem que carrega um título não muito admirável para muitos, mas sua reputação como a melhor assassina de Adarlan, a fez sobreviver em meio a tantos infortúnios. Adarlan é uma cidade imperialista, governada por um Rei brutal que não aceita a magia. Em Endovier era para onde iam todos os rebeldes e os últimos praticantes de magia condenados a perpétua pelo Rei, e é lá que encontramos nossa assassina Celeana Sardothien.

Seus dias miseráveis nas minas de sal só a faziam vislumbrar a morte. Até que Celaena vê uma chance de liberdade quando recebe a proposta de ser a candidata do príncipe herdeiro, para disputar o título de campeã do Rei. Para isso ela teria que disputar por esse cargo com mais 23 candidatos e não poderia revelar sua identidade.

"Liberdade ou morte estavam sobre aquela mesa. O passado e o futuro de Celaena estavam sentados sobre um trono de vidro. p.274"

Não seria fácil encarar mais uma vez o Rei e obedecer suas ordens, afinal, ele tinha destruído sua terra natal, Terrassen, causado a morte de seus pais e banido os feéricos, mas, com os seus próprios planos, Celaena parte para o Trono de Vidro com a comitiva do príncipe.

Com treinos puxados diariamente ao lado Chaol Westfall, o capitão da guarda, Cealena começa a vislumbrar outros caminhos que pode tomar para fazer justiça ao seu povo. Aos poucos, ela vai descobrindo mistérios que rondam o castelo e procura entender qual é o real motivo de ter parado nesse lugar.

Trono de Vidro é um livro que vai ser revelando ao longo da leitura. Os mistérios, as lutas e o envolvimento entre os personagens, vão nos cativando a cada página. Celaena é de fato uma guerreira, e não é a toa que é considerada a melhor de Adarlan. Sua pouca idade só demonstra pelos relatos da próprio personagem, o quanto teve que lutar para chegar a esse patamar.

"Todos carregamos cicatrizes, Dorian. As minhas são apenas mais visíveis que as da maioria. p.243"

A narrativa faz questão de demonstrar por diversos momentos a jovem Celaena, e não a assassina. Por isso algumas atitudes divergem com a fama que carrega. O que achei bem interessante para um primeiro momento. Sabemos que ela é uma jovem cheia de cicatrizes e a autora faz questão de salientar suas angustias e medos, a tornando mais humana.

O desenvolvimento da história parece ser simples, mas ao longo da narrativa notamos dicas que a autora deixa para a evolução seguinte. Confesso que todo o caminho que a personagem teve para chegar até a final da disputa, foi bem mais atraente para mim, que o ápice final da história. Algumas pontas ficaram bem soltas, o que é previsível, pela quantidade de livros que têm a seguir.

A história também vem moldada aparentemente por um possível triangulo que pode acontecer no futuro, o que eu ODIEI! Mas, vamos lá, a história está valendo a pena. Eu já tenho meu escolhido e espero sinceramente que o enredo siga para a minha escolha.

A trama das magias não é bem aprofundada para um primeiro livro, mas já conseguimos entender alguns elementos e palpitar sobre a participação de Celaena em tudo isso. Para mim, Trono de Vidro serviu como uma introdução do que a série realmente vai mostrar, o que me faz ficar super curiosa pelo segundo volume e receosa por não ser o que espero. Vamos ver!

"Laços de sangue não podem ser desfeitos? sussurrou ela, então desapareceu, deixando as palavras ecoarem no silencioso túmulo. p.318"

No geral, indico com toda a certeza! A narrativa envolve, os personagens são cativantes, a maturidade da idade desses personagens estão bem desenvolvidas. Um prato cheio para quem quer começar a resolver alguns mistérios.

Essa resenha faz parte do nosso DLL deste mês de Janeiro.
Categoria: livro de capa branca.


14 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Tenho muito interesse pelos livros da Sarah J. Maas, mas nunca tive a oportunidade de ler. Pela sua resenha esse livro deve ser bom mesmo, não vejo a hora de ler.

    Beijinhos,
    http://livroseimaginacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bom?
    Quero MUITO ler essa série, as capas são lindas e a história parece ser sensacional. Incrível todo esse enredo, cheio de magia e fantasia. Amei!

    ResponderExcluir
  3. EU já estava querendo ler o livro e sua resenha me cativou ainda mais.Amei! Esse livro parece ser incrível, assim como toda a série. Adoro esses tipo de tramas. Trono de vidro é a única série da autora que me interesso e está na minha lista um tempinho.


    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Cealena parece uma personagem bem forte, ainda mais com a narrativa que destaca a jovem e não a assassina. Gosto da premissa, mesmo sendo um livro que não leria com muita facilidade, livros assim eu demoro a me familiarizar, mas com certeza tendo a oportunidade quero ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho uma grande curiosidade com os livros dessa série, sempre vejo ótimos comentários. Eu adorei a sua resenha e a sinceridade, acho que é uma leitura que eu vou gostar muito quando iniciar.

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bem?
    Adorei a resenha e os pontos que você destacou da obra. Sempre vejo comentários positivos sobre esses livros, mas até hoje não consegui lê-los, espero conseguir mudar isso nesse ano.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Eu li esse primeiro livro da série e gostei bastante, apesar do triângulo amoroso que parece que vai acontecer. Mas vi muita gente falando mal das continuações e por isso acabei desanimando.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de livros que contam histórias de mulheres fortes. Geralmente são tramas bem interessantes. Apesar de não gostar muito desse gênero literário, já li alguns livros do tipo e estaria disposto a ler um desta série. Adorei o post! Boa sorte com o blog :)

    Portal GATILHO
    https://portalgatilho.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Oiieee


    eu acho que li esse livro em mal momento sabe? Porque sou uma das poucas que não gostou andinha da história ou dos personagens, ainda assim não descarto tentar dar continuidade à série porque me disseram que vai ficando melhor com cada livro.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, que vontade de ler esse livro depois de conferir sua resenha! Só o que me desanima é a série ter muitos volumes. Achei super interessante o perfil da protagonista.

    ResponderExcluir
  11. Oiii!

    Eu já vi muitas resenhas para essa série, mas não cheguei a ler. O genero em sí não me chama atenção então, não sei se leria a obra no momento.
    Mas gostei de conhecer sua opinião. eu também não gosto de triagulos amorosos.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Olá Tammy, quero muito ler essa série, pelos seus comentários ela parece estar bem bacana, esse possivel triangulo amoroso é o que me incomoda =/ Gostei de saber que a autora trabalhou a personagem de forma de mostrar ela por trás da assassina.

    ResponderExcluir
  13. Todas as pessoas que conheço também já indicaram esse livro e com ótimas avaliações. ' e espero sinceramente que o enredo siga para a minha escolha.' que pretensão, hein... hehehehehe não nego que às vezes também sou assim, porém livro é orgânico, tem vida própria. adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  14. Amo os livros dela, gostei bastante deste livro.

    ResponderExcluir