Resenha: Um Amor Apaixonado (Amores #3)

Título Original: Um Amor Apaixonado | Autora: Silvia Spadoni
Editora: Pedrazul | Ano: 2017 | Páginas: 280
Sinopse: Ao contrário do irmão mais velho, o príncipe Tárik odeia o povo inglês, mas o destino coloca sob sua responsabilidade justamente uma nobre inglesa, que acredita ser a síntese da mulher fútil e manipuladora que ele tanto despreza. Mas seu país precisa de uma aliança política e cabe a ele evitar que a ousada filha do duque de Barrington seja sequestrada em sua viagem a caminho do palácio Madinat al-Zahr. Tudo teria se resolvido em poucos dias se uma terrível tempestade de areia não tivesse atravessado o caminho deles. Após dias e noites sozinhos no deserto, a reputação de lady Sinclair fica irremediavelmente comprometida e ele terá de encarar seu pior pesadelo: um casamento, pelo bem de seu país e pela honra da jovem. Será que de um casamento forçado pode nascer um amor apaixonado?

Prudence Sinclair em seus 12 anos de idade já demonstrava o gênio que carregava e sua visão sobre o mundo. Sua família estava dando uma festa para apresentar sua irmã, Priscila à sociedade londrina e, Prudence foi proibida de participar por sua idade, mas ela não viu nada demais em observar tudo do alto de uma árvore, pelo menos até o momento que, por desequilíbrio, Prudence cai em cima de Bahman Al Kaled, amigo de seu irmão Phillip e herdeiro do califa Kassim Al Kaled.

O encontro inusitado abriu espaço para uma grande amizade entre os dois. Prudence não se conteve em querer saber mais sobre a terra de Bahman, e pela saudade que ele sentia de sua terra, não se incomodou em descrever os reinos árabes para a irmã do amigo. Três anos mais tarde os dois se reencontram no casamento de Priscila, e Prudence teve a oportunidade de conhecer o irmão de seu amigo, Tárik Al Kaled, era o oposto de simpatia do príncipe herdeiro. E apesar de Tárik ter chamado bastante a atenção de Prudence, a sua arrogância a impediu de admirá-lo.

Um convite chega a Prudence anos depois, Bahman a estava convidando para seu casamento, assim, ela teria a chance de conhecer a terra que tanto lhe encantou através das histórias. Mas, esse convite também revelava um acordo a ser partilhado, o califa necessitava do apoio da Inglaterra para manter suas fronteiras seguras do ataque de Abdullamid.

“Tárik havia caminhado apenas alguns passos quando Bahman o alcançou dizendo: - Obrigado, irmão, eu sei como será difícil ter que proteger uma mulher inglesa, mas acredite em mim, Prudence merece nosso cuidado, independentemente da situação política.”

Para isso, era necessária toda segurança possível para chegar até Bahman, e Tárik foi resignado para proteger Prudence durante o trajeto das areias do deserto, já que um possível sequestro estava sendo programado. Essa ideia não foi bem aceita a nenhum dos dois, ainda mais tendo o risco da honra de Prudence ser arruinada caso o plano saísse errado e a raiva que Tárik guardava das mulheres inglesas. Mas durante o percurso, iremos conhecer mais dos personagens, os segredos e as influencias que o deserto contém.

Confesso que li esse livro umas três vezes pelo menos, tamanho o amor que senti por essa obra, todos os elementos, os personagens e acima de tudo a ambientação me envolveram de forma grandiosa. Aos amantes de um bom romance de época/histórico, já digo que essa é uma excelente opção, já que temos como foco as areias do deserto e os costumes árabes e não somente a requintada Londres.

Prudence é uma personagem completamente cativante. Não é tola como a maioria das senhoritas de sua sociedade, e sua paixão em querer sempre conhecer o novo impulsiona o seu lado livre e independente, algo bem raro para o século XIX. Esse seu diferencial já nos chama a atenção logo no início da leitura.

“Não consigo disfarçar as minhas expressões faciais de desagrado ou me fazer de coquete para conquistar alguém. Quem quiser despertar meu interesse vai ter que se interessar pela Prudence real.”

Apesar de ainda continuar solteira aos 21 anos de idade, sua determinação em não querer ser anular pela convenção da sociedade, demonstrar muito de sua força e seu pensamento decidido. Definitivamente, ela foi uma protagonista que se alinhou perfeitamente comigo. Amo Prudence!

A ambientação é completamente apaixonante! Os costumes são detalhados, com todas as suas iguarias, seus comportamentos, e a exuberância das cores com a intensidade do povo árabe, tornam todo o clima palpável e digno de querer estar dentro desse universo.

“Ela quer mais do que posso dar! Paixão e desejo não lhe bastam, ela quer meu sangue e minha alma!”

Os protagonistas dessa história também contribuem para todo esse envolvimento. Tárik é intensidade pura, ele não hipnotiza só a nossa querida Prudence, ele simplesmente aquece as páginas com toda a sensualidade que enama, e o mais legal, é que isso acontece de maneira natural. Ele simplesmente sabe chegar 💥💥💥. E Prudence sabe como bater de frente com ele, suas convicções não se anulam perante o encanto por Tárik, e isso, é que torna o romance entre eles ainda mais interessante.

A parte histórica não é tão simples de se compreender, claro que isso é reflexo do pouco contato que tenho com a parte histórica da cultura, mas a autora soube simplificar e mostrar os perigos reais da luta do restabelecimento do Império Otomano.

Para terminar, não posso deixar de indicar a leitura e também a autora. Os três livros que li da Silvia Spadoni esse ano, me encantaram. Parabenizo a delicadeza que ela expressa em sua obra, sempre com narrativas fluídas e envolventes, ela constrói passo a passo de suas histórias junto ao leitor, sem apressar ou manter o leitor em círculos. Amei conferir sua visão de cada história da série Amores.

Bjim!


31 comentários

  1. Oi, tudo bem?

    Tenho muita vontade de ler este livro. Esta é a primeira resenha que li do livro, mas já tinha conhecido a obra antes, logo no seu lançamento. Adorei o enredo e quero muito saber mais sobre a história dos personagens.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamara, adorei a premissa do livro e o quero na minha estante para ontem. Não conhecia a obra, mas sua resenha me cativou. Amo romances de época, dica mais do que anotada. Bjs, Tell me a Book

    ResponderExcluir
  3. Ola Tamara, tudo bem?
    Sabe esse livro já está na minha lista.
    Amei essa capa com um toque de mistério, sem falar que todas as resenhas que li dela são sempre positivas. Claro que vou seguir sua dica e espero me apaixonar poe essa leitura
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Prudence me dá orgulho, adoro romances de época que frisam nas protagonistas que vão além de seu tempo.
    Fiquei com vontade de fazer a leitura. Tenho comprado alguns romances de época, vou coloca-lo na lista ♥

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Eu adorei sua resenha! Dá pra ver que você é apaixonada por essa obra, e me deu vontade de conferir também. Tenho um sério problema com essas partes históricas, mas acho que o romance vale a pena! Na lista de desejados ^^

    ResponderExcluir
  6. Fico feliz em ver um romance de época que foge do cenário londrino e pelo visto está obra foge dos clichês, uma vez que a protagonista não é a pobre mocinha que se apaixona por algum duque como estamos cansadas de ver por aí rsrs
    O livro já me ganhou por sua originalidade, tanto em cenário quanto em construção dos personagens.
    Uma ótima dica.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Eu não conhecia mas achei sua resenha tudo de bom e deu vontade de ler, tomara que eu consiga em. E-book.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Ainda não conhecia a autora nem os livros dela, mas fiquei bem curiosa para ler este, depois de ver tua resenha. Adorei, dica anotada!

    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu amo romance de época e não sabia desse livro como eu não sei. Mais a sua resenha me deixou curiosa eu nunca li nenhum romance de época que se passe em meio ao deserto. Mais estou mais do que disposta a ler esse livro

    ResponderExcluir
  10. Oii Tâmara tudo bem?
    Por mais que eu tenha adorado a sua resenha menina, infelizmente não é o gênero que me agrada muito e nem o enredo em si, sua resenha ficou ótima e pra quem curte realmente deve ser uma ótima pedida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Ola,
    É muito bom quando um livro mexe tanto assim com a gente né? Ficamos dias depois pensando nele. Eu gostei muito da premissa desse livro porque gosto de romances e esse parece ainda nos levar a outra cultura. Só fiquei em dúvida se ele faz parte de uma série, porque está escrito Amores 3, mas acho que não deve ser uma série com continuação direta então.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Tâmara! Adorei sua resenha e a história parece realmente cativante!
    Adoro mocinhos turrões, eles são os que mais quebram a cara! hahahaha
    Vou pesquisar sobre a série e a autora, gostei muito da sua indicação!
    Bjs
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Ainda não conhecia a obra em questão, mas, adorei seus comentários sobre a obra! Achei a premissa muito legal e pelos seus comentários a obra possui vários elementos que me atraem em uma leitura... Espero poder ler em breve <3
    Valeu pela dica!
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Fiquei curiosa para ler essa história, ainda mais por envolver uma cultura tão diferente.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia o livro e a tua resenha me deixou muito curiosa para realizar a leitura, adorei conhecer um pouco sobre a trama e me parece ser uma boa leitura. Achei a capa bem bonita <3

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Amo romances de época e nunca li nenhum que envolva árabes, acredita? Fiquei louca de vontade de conferir esse livro por causa de sua resenha! Já quero conhecer mais sobre a realidade histórica do local, seus costumes, iguarias, enfim! E também quero conhecer esse mocinho que emana sensualidade e essa mocinha diferente e super especial. Sugestão mais que anotada!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Oii! Nossa, eu já tinha visto essa capa, mas eu não conhecia a história. Parece ser uma obra incrível e muito viciante haha, adorei a personalidade da Prudence e como ocorreu a sua amizade com o Bahman. Estou curiosa para conhecer mais sobre a cultura árabe e o desenrolar desse romance entre ela e o Tárik. Dica anotada, bjss!

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Minhas amigas já leram livros dessa série, e gostaram bastante, a narrativa da autora é bem fluida, esse livro é o que tenho mais curiosidade em ler, por se tratar se uma cultura tão diferente. Espero ter oportunidade em breve!


    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olha só que bacana, esse foi um dos poucos livros que não gosto da capa, mas sinto interesse em ler... Adoro quando um livro é bem ambientado e principalmente bem escrito. Tô pensando em arriscar... Beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  20. Oie
    não conhecia o livro ainda mas bem interessante sua resenha, gostei bastante da sua resenha e fico feliz que a autora te impressione tanto, essa é uma sensação muito boa, parabéns pela dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Que resenha maravilhosa!
    Fiquei com vontade de começar a ler logo principalmente por ser romance de época que eu amo.
    Adorei essa dica!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  22. Oiiii!!!
    Nossa que premissa mais diferente essa, não é mesmo?
    Não conhecia o livro, mas achei bem diferente a autora abordar esse tipo de cultura que não é tanto propagada por ai por causa até mesmo de preconceito.
    A capa é linda e me chamou a atenção. Vou pesquisar um pouco mais sobre o livro, mas já anotei a sua dica

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  23. Pela capa eu teria uma ideia diferente da história, mas sua ressnha me conquistou. Acho que o vi na amazon um dia desses,vou tentar ler.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem? Acho que essa é a primeira resenha que leio sobre o livro e você conseguiu me deixar bem instigada a ler a obra! Achei a premissa muito interessante e algo me diz que irei gostar bastante também desse romance :D
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Helloo, tudo numa nice?!
    Eu adoro tanto a cultura quanto a mitologia árabe. Já estudei muito esses povos e tenho fascínio pela exuberância das histórias daquelas terras. Isso já me chamaria para a leitura, mas eu não curto romance e não apreciaria dessa forma. A parte histórica me encantaria, mas o restante nem tanto. Confesso que a capa me desagradou tbm. E não acho que transpôs o que a sua resenha fala do livro. Não sei, parece uma capa mal trabalhada.
    Mas que bom que vc curtiu a obra.
    Beijin...

    ResponderExcluir
  26. Oi. Tudo bem?
    Eu adoro esses livros que contam sobre outros momentos históricos. Acho que como você também ficaria um pouco confuso. Mas é bom saber que a autora consegue contar a história de forma fluida e fácil de entender. Eu ainda não conhecia a autora, mas confesso que fiquei com muita vontade de conhecer. Quero muito tentar começar por esse livros, pois fiquei animado com a história. Simplesmente amei a resenha.
    Abraço 😀

    ResponderExcluir
  27. Ainda não conhecia o livro e achei interessante o roteiro. Estou em uma vibe de romances neste estilo e fiquei curiosa pra ler este aqui.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. De fato é uma delicia quando o livro é tao bem ambientado e descrito que precisamos reler. Algo que me incomoda bastante em romances históricos é a dependencia das personagens femininas, tudo para agradar o amado, já vi que isso nao acontece nessa obra e isso me deixou imensamente interessada.

    ResponderExcluir
  29. Olá, Tâmara!
    Que interessante o livro, a parte histórica é o que mais me chamou atenção, amo história e livros que me tragam algum tipo de conhecimento. não curti muito a capa

    ResponderExcluir
  30. Ola Tamara!!

    Adorei sua resenha. Não conhecia a autora, nem o livro e fiquei encantada pela premissa e sua opinião mega positiva só me deu mais vontade de conferir toda essa trama. Acho que vou amar assim como você e já adicionei no Skoob para não perder a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Olá,

    Venho acompanhando as resenhas dos livros dessa autora que foram lançados pela Pedra Azul e tenho gostado das opiniões sobre a história. Adoro livros que são envolventes e fluidos, são ótimos para aliviar um pouco o clima depois de uma leitura dramática, além disso adoro romances de época e este já está na minha wishlist.

    ResponderExcluir