Resenha: Os grandes contos populares do Mundo

Título: Os grandes contos populares do Mundo | Organização: Flávio Moreira da Costa 
Editora: Ediouro |  Páginas: 432 | Ano Lançamento: 2005 

Era uma vez o povo, ou os povos do mundo todo, que em seus cotidianos mais remotos trocavam experiências, vivenciavam novas e antigas emoções, contavam histórias entre si, confraternizavam, sorriam, choravam e sobretudo registravam valores. Assim, atos, gestos, sentimentos e tradições foram sendo conservados ao longo dos tempos. Era uma vez o Verbo errante que andava solto pelos desertos, pelas cavernas, pelos mercados antigos, nas encruzilhadas de viajantes e bandidos, aventureiros e comerciantes; era o verbo, mas o verbo dito, o verbo falado, contado e compartilhado por todos, e por meio dele transmitiam-se e registravam-se as aventuras do ser humano. Sim, porque a literatura nasceu antes da literatura; essa é uma antologia sobre sua infância, a infância da ficção. E curiosamente se poderia dizer que houve um momento em que a infância da ficção se confundiu com a da própria humanidade. Foi, era ou é um ponto de encontro privilegiado, e não é à toa que eles, os contos dos povos, nunca deixaram de atrair o ser humano. Não são antigos nem modernos: são eternos.


Um livro com gosto e recordações da infância de muitos leitores que estão lendo essa resenha, um compilado de contos do quais muitas gerações leram e muitos acompanharão no decorrer da vida. 

O autor reúne os principais contos de cada país, cada conto apresentado mostra sua origem e à possível época da criação de determinado texto, o Brasil entra nesse espetacular livro, com alguns contos que fazem parte do nosso rico folclore. 

Destaco alguns contos que grande maioria dos leitores já leu pelo menos uma vez na vida, como por exemplo; Ali Baba e Os Quarenta Ladrões e João e o Pé de Feijão e etc. Esses são os mais famosos e conhecidos no Mundo inteiro. 

O leitor é arrebatado para épocas, lugares e culturas completamente diferentes do que nossa imaginação pode recriar, são histórias contidas em cada página que passaram de geração para geração, sobrevivendo por séculos e até mesmo milênios! Difícil escolher um único conto, muitos recordei de terem sido lidos durante minha infância, outros, por falha da memória custei pra lembrar. 

Vale-se à pena ler essa obra? Com toda certeza! Uma obra repleta de vivências, histórias essas que percorreram povos e chegaram até nós. Isso comprova que os livros são os melhores caminhos para fazer uma bela, rica e encantadora viagem.

Nenhum comentário :

Postar um comentário