[Crônicas de domingo] Como tornar a vida mais larga?




Eu sempre segui todas as dicas para tornar a vida mais comprida, ter longevidade, gozar muitos e muitos anos, ver os filhos e netos crescerem, desfrutar da velhice... Mas tenho me perguntado: como tornar a vida mais larga? Vivemos os dias planejando viver cada vez mais dias, como se soubéssemos que temos TODO O TEMPO DO MUNDO! Comemoramos o aniversário, como se fosse mais um ano de vida, e não paramos para pensar que na verdade, se trata de menos um ano de vida.

Já dizia Rubem Alves  “Pois 58 anos são, precisamente, os anos que eu não tenho. 58 são os anos que já se passaram, anos mergulhados no passado, anos com que não posso mais contar, anos que já se queimaram e que não mais se acenderão, como paus de fósforos riscados. Os anos de uma vida nunca se somam; eles sempre se subtraem.” Pensando nisso é que me pergunto mais uma vez: Como tornar a vida mais larga? 

A vida é curta para ser pequena! Ampliar seus horizontes, te faz olhar para vida com outros olhos. O que adianta trabalhar 14 horas por dia, dormir as 4 horas da manhã, não comer nada que engorde, ou só o que dá tempo, sempre querer o carro do ano, um aumento no final do mês, tudo que o dinheiro pode proporcionar: como algo confortável e de ultima geração?

 Não, não! Nada disso é ruim! O problema está, em se matar, perder anos numa rotina esmagadora, não ter tempo para as pessoas que amamos ou pra fazer o que realmente nos dar prazer, na ânsia de um dia viver dias formidáveis no futuro. O FUTURO... incerto futuro! Esse que pode nem chegar a vir, ou se vier, nesse compasso frenético, será que você terá saúde e disposição para viver esses tais dias fabulosos?

Pensar no amanhã é essencial! Temos contas pra pagar, deveres sociais, necessidades... Mas quando se pensa no que já viveu e não no que ainda resta para viver, você valoriza o presente que é o seu hoje! Se torna grato, e percebe que o formidável é ter tido o dia de hoje para ser melhor, para continuar tendo as dávidas, de ter uma famílias, amigos, saúde, um lar, carinho. Eu quero ter o prazer de olhar para trás e ver quantos lindos por do sol me dei o direito de presenciar, quantas vezes fiz o que meu coração diz e não o que a etiqueta mandava, olhar pra mim e amar as minhas dobrinhas mesmo que o número da minha calça tenha aumentado com o tempo e saber que cada ruguinha que carrego são as marcar dos sorrisos que a vida me deu ao lado das pessoas que mais importam na minha vida.

AMAR SE VIVER, É O QUE TE DARÁ VIDA! Faz cada ano que passou valer realmente a pena. Assim, não importa quando dias ainda estão por vir ou se amanhã existirá mais conforto ou não, o importante e a cada manhã ser agradecido por viver tudo que lhe foi possível em 24horas bem vividas.
Afinal, Não basta viver longos anos, é preciso viver VASTOS anos. Pois não são os anos em sua vida que contam. Mas sim a vida nos seus anos! 


Mariane Helena


Um comentário

  1. Que lindo!!!
    Temos que viver cada dia, dando tudo e nós, em tudo o que fazemos!
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir