Resenha: Um Acordo de cavalheiros

Título Original: Um Acordo de Cavalheiros | Autora: Lucy Vargas
Editora: Bertrand | Ano: 2017 | Páginas: 350
Sinopse: Tristan Thorne, o Conde de Wintry, não é um homem para brincadeiras. Com uma vida de segredos, amado e odiado na sociedade, ele não é o parceiro ideal para uma dama. Dorothy Miller não sabe o que há por trás de suas motivações, apenas que ele é bastante intenso. Os jornais dizem que ele bebe demais, joga demais e ama escandalosamente. E até mata. Como uma dama determinada a ser dona do próprio destino como Dorothy Miller acaba em um acordo com um homem como Lorde Wintry? Você teria coragem de guardar um segredo com o maior terror dos salões londrinos? Lembre-se: Nunca faça acordos com ele, pois o conde sempre volta para cobrar.

Hoje vim falar sobre essa história que foi encantadora e que me surpreendeu com seu enredo. Além de protagonistas apaixonantes, Um Acordo de Cavalheiros traz um tema central bem explorado e gostoso de acompanhar, com uma mistura mais sensual, esse romance de época com certeza chega trazendo seu diferencial e faz jus a qualidade de uma literatura nacional.

Dorothy Miller é uma dama de reputação impecável, orfã, foi criada com os tios e sempre fez de tudo para ajudar no que podia. Aos 26 anos, preferia a condição de solteirona a entrar em um casamento só para ser mais uma marionete nas mãos de um marido qualquer.

Responsável pelo futuro de sua prima Cecilia desde que sua tinha morreu, Dorothy ao longo do ano criou amizades importantes para que sua prima tivesse opções na hora de escolher, afinal, não a forçaria a se casa com um brasão. Logo em seu primeiro convite de pré-temporada, Dorothy surpreendentemente acaba na cama de um libertino, considerado um demônio do meio londrino de costumes escandalosos e um tanto misterioso.

"... saiba que não deixarei dinheiro e lembranças em meu testamento. Deixarei os nomes dos corpos que ficarão sem cabeça caso eu não morra de morte natural." p.250

Tristan Thorne, o Conde de Wintry, ganhou esse título por puro acaso. Com as novas responsabilidades, ele não deixou seu passado, trouxe para si o estilo de vida e a fortuna de ser conde, e por isso, era considerado um perigo. Claro que sua aparência e destreza também ajudavam em sua fama.

"Ambos ficaram surpresos ao descobrir um ao outro e ver que não eram tão ruins quanto pensavam. Dorothy percebeu que Lorde Wintry, o suposto terror de qualquer dama respeitável, apelidado de demoníaco pelos medrosos, não era assim tão terrível. Tristan descobriu que ela não era uma daquelas damas respeitáveis, criaturas aterrorizantes das quais ele corria mais do que assombrações." p.13

O Conde de Wintry então propõe um acordo com Dorothy, que eles fossem amantes. Dorothy sabe que isso pode não acabar bem, como poderia se envolver em um acordo como esse, logo ela, que sempre tentou se manter longe de confusões do tipo. E onde Lorde Wintry está com a cabeça em propor isso a uma dama, ele mais do que ninguém sabe a encrenca que isso poderia dar. A atração de ambos falará mais alto e muitas descobertas virão a tona através desse acordo.


Terminei esse livro completamente encantada com esses personagens. Tanto Wintry como Dorothy são fundamentais para o desenvolvimento da história, você não encontrará aqueles dramas típicos do gênero como um libertino que precisa de redenção e não se entrega por não conseguir superar seu passado ou uma protagonista que tem certa autonomia, mas é vítima dessa independência.

Os posicionamentos desses personagens vão muito além, Wintry é a força de Dorothy no processo de sua descoberta, sua visão é bem diferente dos demais homens da época, e o fato de ser um libertino só nos surpreende ainda mais durante a leitura, pois seus pensamentos e afirmações são exclusivamente para o crescimento dela. O diferencial aqui é que o personagem de Wintry tem um pensamento bem mais à frente do seu tempo, o que só traz mais intimidade e verdade entre o relacionamento dos dois.

"Só que as pessoas não precisavam ser iguais. Não tinham que desejar e almejar os mesmos objetivos e meios de vida. Elas deveriam ter liberdade para seguir o que quisessem. Supostamente tal escolha não existia em seu mundo, mas não havia ninguém para obrigá-la." p.112

Dorothy é uma personagem que luta pelo seu direito. Sua característica mais forte é fazer aquilo que acha certo. Suas atitudes não são para agradar a sociedade que vive, e junto de Wintry, esse pensamento ganha força, ela cresce dentro da história como uma dama realmente dona de si, de suas vontades e de seus desejos, descobre sua autonomia em meio a sociedade conservadora e não se esconde. Por isso os dois são tão encantares juntos.

Além de muito romance, Lucy Vargas traz também uma dose certa de humor entre os personagens necessário para deixar a leitura mais leve em alguns momentos, porque a tensão com certeza está presente, e isso não é somente pelo passado de Wintry e o estilo de vida que leva e demonstra ser bem perigoso ao decorrer da leitura, mas também ao perigo da própria descoberta do relacionamento dos dois. O mistério foi bem desenvolvido e sua apresentação através da vida de Tristan deixa a leitura dramática na dose certa e por esse motivo, é ainda mais fácil se envolver.

A descoberta de alguns segredos só deixa o leitor ainda mais encantado em reconhecer a maturidade dos personagens frente a situações que não podem ser mudadas, mas que também não podem decidir seus futuros.

Conheço a escrita da autora há alguns anos, e esse livro me surpreendeu justamente pela narrativa inteligente que a Lucy resolveu nos entregar, ela simplesmente desenvolveu toda uma história de maneira concisa, atraente e não repetitiva, e com certeza mereceu ser favoritada não só pela excelente história que construiu, mas também por mostrar através de Um Acordo de Cavalheiros a versatilidade que tem.


31 comentários

  1. Olá!
    Não conheço a autora, obviamente também desconhecia a obra referida. Mas fiquei bem curiosa, adoro o gênero e fiquei bem feliz por ser um ótimo livro e ainda ser nacional. Fiquei bem curiosa pra conhecer os personagens, principalmente a Dorothy que parece ser bem a frente da época, junto com o conde. Quero saber também sobre os segredos que são revelados, adoro isso. Ah, gostei bastante do fato de ter humor na história, que eu particularmente adoro nessas histórias. Espero muito ter oportunidade de ler esse livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Esse livro será uma das minhas próximas leituras, na verdade estou so aguardando chegar meu exemplar. Estou bem ansiosa porque gostou muito do gênero e sua resenha me deixou ainda mais motivada. Pelo visto, os elementos são muito bem dosados né, sempre é bom ter um toque de humor no romance e em toda a tensão envolvida. Que bom que a obra te surpreendeu!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu nunca li livros dessa mulher. Confesso que essa é a primeira resenha que vejo ode suas obras. Eu não sou tão fã de livros do gênero mas alguns que li foram bem satisfatório. Esse promete ser bem legal e acho que darei uma chance ao mesmo. Até mais ver

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Nem li o livro, mas confesso que estou bastante curiosa pra conhecer a história.
    Dorothy e Wintry parecem ótimos personagens e a maneira como a autora conduziu a história parece ser totalmente envolvente.
    Com certeza entrou para a minha lista de desejados.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Tâmara, também conheço a escrita da Lucy e gosto dela. Estes dias mesmo acabei de ler um. Este eu não li ainda, mas com certeza já fiquei de olho nele! É tão bom encontrar personagens maduros, a imaturidade de alguns me cansam!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Adoro romances de época, especialmente quando é escrito por uma autora nacional ♥ Não tinha ouvido falar sobre esse ainda e me chamou muito a atenção!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Tâmara,
    A história se apresenta bem atraente pelo que passou em sua resenha, você me convenceu que a autora soube dosar bem os elementos. É bom saber que tem um bom humor por trás e que todos os personagens são essenciais, eu não costumo ler com muita frequência romances de época, mas esse me chamou a atenção e irei adicionar a minha lista de leituras futuras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?
    Livros de romance de época são meu ponto fraco! Adoro histórias desse tipo, ainda mais com humor e personagens femininas empoderadas envolvidas. Amei a resenha, foi pra lista de desejados!

    ResponderExcluir
  9. OMG!
    Você favoritou ele... Estou morta de ansiedade enquanto espero o meu volume chegar, a escrita dessa autora é muito, mas muito elogiada mesmo na blogosfera e fico muito feliz que ela tenha encontrado uma grande editora para investir no seu trabalho e aumentar o alcance de suas obras. Diferente de você essa será minha primeira experiência com a escrita da autora e já tenho altas expectativas que foram ainda mais infladas por uma resenha tão apaixonada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Não sou de ler romance de época, mas esse parece bem interessante, ainda mais por você ter dito que a autora entregou um enredo inteligente e não repetitivo, e fiquei super curiosa pra saber como ela vai trabalhar isso.
    Espero poder ler em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  11. Olá, já li vários livros da Lucy Vargas e sou fã, estou ansiosa para ler esse, amei sua resenha e fiquei ainda mais curiosa para conhecer essa história que com certeza irei amar. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de ler esse livro, pois é justamente o tipo de romance que mais gosto: romance de época!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  13. Oii
    Nunca li nada da autora, e não sei se leria, não gostei muito do assunto tratado assim como está na sua resenha, acho que realmente esse livro não é para mim, mas muito obrigada pela dica!
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da autora, mas já ouvi falar muito bem. Adorei a premissa desse livro e parece ser uma leitura muito leve e apaixonante.
    Fiquei bastante animada para ler, principalmente pelo modo como você falou dos personagens. Acho que vou me encantar com eles também. Além disso, fiquei curiosa para saber mais sobre o passado de Wintry.
    Adorei sua resenha e fiquei com muita vontade de ler este livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura! Não lerei por não gostar muito de livros históricos...

    No entanto, fico curioso com toda essa versatilidades que falas da autora, assim como com a narrativa inteligente!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  16. Romance com humor é uma combinação perfeita, e se tem segredos e narrativa inteligente, fechou a lista de características que considero pra colocar o livro na lista de desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oie, uma amiga falou desse livro esses dias, e que bom saber que foi uma leitura positiva. Fico bem feliz quando vejo autores se desenvolvendo dessa forma e fazendo cada um de seus livros serem melhores. Parece que esse livro tem uma história anterior, né, por isso eu precisaria ler o outro antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamara,
      Esse livro é único, então, pode apreciar a leitura sem problema.
      Bjim!
      Tammy

      Excluir
  18. Olá, tudo bom?

    Não conhecia a autora e nem o livro mas pela sua resenha fiquei com bastante vontade de ler. Gostei de saber que os personagens são maduros, as vezes a gente pega raiva de alguns livros justamente pelas atitudes infantis do personagens né? Valeu pela dica com certeza vou ler.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  19. Oi.
    Eu ainda não tinha visto nada sobre esse livro e realmente me chamou bastante a atenção. Nunca tinha lido um romance de época, sem ser os clássicos, até o ano passado e acabei me encantando. Essa questão de serem amantes é realmente bem interessante em um romance de época. Normalmente os homens são libertinos e devassos e as mocinhas tem que ser inocentes e virginais....
    Gostei e anotei a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Amo livros de romance que são bem humorados e como estou mergulhando em livros de época, já anotei esta dica aqui ´ra le ro mais rápido possível. Adorei a resenha e as fotos que você postou do seu livor me deixaram com vontade de ter o meu exemplar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Esse vai ser meu primeiro contato com a escrita da autora, nunca li um RE de uma autora nacional e estou super animada para fazer isso. Acho engraçado essas mocinhas de vinte e poucos anos se achando solteironas! Hahahaha
    Acho que vou curtir bastante a Dorothy, gosto de personagens femininas com personalidades fortes!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Tâmara!
    Eu adoro os livros da Lucy, para mim ela é uma das melhores autoras de época nacional atualmente. Estou louca para ler esse livro e em breve vou adquirir meu exemplar. Com certeza vou amar a história e os personagens, a autora sempre cria histórias deliciosas e envolventes. Essa capa está linda!

    Beijos,

    Rafa [blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  23. Ola!
    Eu sou apaixonada por romances de época, ainda mais quando tem um libertino, e um acordo. o pacote completo.
    É ótimo ver mais romances de época nacionais, amei.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora Dramática
    http://blogleitoradramatica.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem? Já tinha ouvido falar dessa autora e aparentemente as pessoas estão se agradando muito com a escrita e as histórias dela. Aguçou minha curiosidade! Os romances de época estão 'na moda' agora, não é? É bom saber que tem alguns deles (como esse aí) que não seguem o padrão que se instaurou no mercado. Com certeza vou lê-lo, obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Achei sua resenha maravilhosa e envolvente. Não conhecia a autora e consequentemente não conhecia o livro, mas gostei bastante do enredo e de suas observações, como sou apaixonada por esse gênero pretendo procurar o livro um pouquinho mais para frente e conferir por mim mesma essa história.

    Beijos e sucesso!!

    ResponderExcluir
  26. Olá!

    A capa desse livro já um convite à leitura, muito linda. Adorei! O fato de ser um romance de época, e eu amar esse estilo, já me deixa ainda mais curiosa para fazer essa leitura. Mas o que me convenceu mesmo foi o fato de você ter citado o tal do libertino. Ah, meu Deus, amo os libertinos. E por fim, todos os elementos que você trouxe sobre os personagens e sobre a trama me deixaram muito desejosa dessa leitura e já vou, certamente, anotar essa dica. Muito obrigada!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  27. Olá,

    Não conhecia a autora até o Mochilão da Record, que foi onde fiquei sabendo desse lançamento, achei a premissa desse livro bem divertida, pois só com essa premissa já sei que haverá algumas confusões pelo caminho da mocinha. Adoro romances de épocas, porém ando muito em falta com esse gênero, estou tentando mudar isso haha. Quero bastante conhecer não só a história, como a escrita da Lucy também.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. O que mais me encantou ao ler está sua resenha do livro é de como os personagens da obra São maduros e trazem um romance diferente de alguns clichês que nos são apresentados.
    Ver como a autora misturou romance, mistério e humor em um mesmo livro me deixa bastante curioso pela leitura.

    ResponderExcluir
  29. Oi.

    Quero muito ler este livro. Amo romances de época, e quando vi que a editora estava lançando este livro, fiquei louca e querendo comprar logo de cara. Ainda não consegui, mas pretendo fazer isso o mais breve possível e ler logo. Estou bem ansiosa.

    ResponderExcluir
  30. Ola Tamara, tudo bem?
    Menina... eu tive a oportunidade de conhecer a autora em uma evento no ano passado e eu simplesmente me encantei pela simpatia e disponibilidade dela.
    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da mesma, mas está sem dúvidas na minha lista, ainda mais depois de ler a sua resenha extremamente positiva.

    beijos

    ResponderExcluir