Resenha: Silvio Santos - A trajetória do mito

Título: Silvio Santos | Subtítulo: A trajetória do mito |  Autor: Fernando Morgado 
Editora: Matrix |  Páginas: 207 |  Ano Lançamento: 2017 

Silvio Santos nunca teve tantas falas suas reunidas em uma só publicação. Nascido no Rio de Janeiro em 1930, Senor Abravanel começou a trabalhar aos 14 anos de idade como camelô. Pouco tempo depois, ingressou no rádio e, mais tarde, na televisão, onde se tornou sinônimo de domingo. Formou um grupo empresarial bilionário, com milhares de empregados em todo o Brasil. Tentou ser prefeito, governador e até presidente. Cercou sua vida pessoal de mistérios, cultivados pela distância que mantém dos repórteres. Mesmo assim, ao longo da carreira, já causou polêmica ao opinar sobre diversos assuntos: de empreendedorismo até homossexualidade, passando por economia, sexo, drogas e política.

O subtítulo do livro diz tudo, Silvio Santos é um mito, o maior comunicador do Mundo, um empresário de sucesso e um ser humano incrível, tendo conquistado o público com o seu carisma e bom humor. 
"De fato, Silvio Santos é um comerciante. Vende sonhos embalados em um sorriso que, diante das câmeras, parece indestrutível." Pág 9.
Essa obra não chegar ser uma biografia, e sim um resumo da vida de Senor Abravanel, nascido na década de 30 e hoje um comunicador e apresentador notável. Quem diria! Senor Abravanel aos 14 anos começou a trabalhar como camelô nas ruas do Rio de Janeiro, aos poucos vamos conhecendo sua juventude e o esforço para vencer na vida e cuidar de seus pais e irmãos. 

Fernando Morgado faz uma linha mostrando as principais conquistas e as piores derrotas na vida de Silvio Santos, lembrando! Esse livro é apenas um resumo, se fosse para ser uma biografia, não ficaria apenas em um único volume. 
"Este é um breve resumo de mais de 70 anos de carreira artística de Silvio Santos. De locutor despretensioso, transformou-se em ícone da televisão." Pág 71.
O livro traz frases marcantes do apresentador e empresário, o leitor vai conhecer um Silvio Santos família, amigo e brincalhão, um ponto forte da obra é que também conhecemos o Silvio Santos tentando seguir na carreira política, por volta da década de 80. 

Sou suspeito em falar à respeito do livro, afinal, sou um grande fã de Silvio Santos, destaco sua jornada e começo de carreira no rádio e conquistando espaço na televisão e hoje sendo o dono do SBT. Sim! Um mito que vamos conhecer um pouco mais e poder admirar suas conquistas e entender o motivo dele ser querido em todos os lugares.


Nenhum comentário :

Postar um comentário