[Crônicas de domingo] Qual é a sua glória?




“O segredo do sucesso é a constância do propósito.”
Benjamin Disraeli


Quantas perguntas o longo da vida nos traz? Quantas coisas almejamos ter, conquistar ou guardar para si? Inúmeras, não é mesmo?! Mas no final dessa carreira a única pergunta que realmente importa é: Qual é a sua glória?

 Você já parou para pensar nisso? Já tem a sua resposta? Vivemos um busca de respostas e muitas das vezes nem ao menos sabemos quais perguntas nos moveram. E pior que não ter as respostas é não ter perguntas!  Pois mesmo as perguntas sem respostas, nos incitam! Nos traz esperança! A esperança algo encontrar...

Diariamente dormimos nas tempestades do : “Ainda não tenho”; “ainda não consegui”; “Quero isso”; “Quero aquilo”...E onde está em tudo isso a sua glória?
Bom, o primeiro passo é acalmar o coração e entender que, não é porque chove lá fora, que devemos viver internamente encharcados por elas também.
Tente! Aquiete a alma, olhe ao seu redor e volte-se para dentro. Encontre o que tem sido a sua razão de existir, de ser, de ter e de estar. Perceba se realmente existe uma! E veja se essa é a sua glória. Se não houver, ao invés de se encher com mais perguntas ou de se achar superior ou inferior a alguém, saia de si!

Compreenda que a glória maior está em coexistir.  Se após toda essa reflexão, achar que nenhuma razão é o suficiente; se sozinho não conseguiu achar um propósito para a sua vida; ou se acha que até não há sentido nenhum em viver... Note! Tudo que fazemos na vida é COM o outro, PELO o outro, ou ATRAVÉS do outro.

A partir do momento que você começar a perceber que é o outro que mobiliza em nós tanto o querer quanto o efetuar, verá que sua glória não está em si! Verás que não podemos nos gloriarmos em nós mesmos. Sem o outro não somos nada.

Por tanto, que tal doar o seu “nada” a outrem? Vire-se para o lado e veja a gratidão existente nos que nada tem. Sinta a alegria que jorra nas marginais dessa vida, e as flores que nascem no lodo.

Reconhecer com sinceridade sua “miudeza” humana, humildemente compartilhando o seu ser em detrimento do outro, sentir-se muito pelas suas franquezas e ser grato acima de tudo... Que essa seja a sua glória!


 Mariane Helena

4 comentários

  1. Que texto maravilhoso! Uma importante reflexão para todos os dias! Confesso que ultimamente não tenho pensado muito na minha Glória, pelo contrário... Só penso no 'ainda' ... Obrigada por compartilhar conosco a delicadeza desse texto! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço Mayara! Esse é o meu maior desejo: Criar texto que traga a reflexão e se possivel a melhora individual.

      bju bju

      Excluir
    2. Eu que agradeço Mayara! Esse é o meu maior desejo: Criar texto que traga a reflexão e se possivel a melhora individual.

      bju bju

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Adorei o texto, nos faz refletir diversas coisas do dia a dia. Precisamos agradecer mais e reclamar menos. Muito bom!

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir