Resenha: Sempre haverá você

Título Original: Us minus mum Autora: Heather Butler Editora: Novo Conceito 
Páginas: 254 Ano Lançamento: 2017 

A mãe do George e do Theo é genial. Ela conta histórias incríveis, acena mais rápido do que qualquer pessoa do planeta e, o mais importante, foi ela que sugeriu que eles adotassem um cachorro porcalhão chamado Goffo. Os meninos acham que ela é invencível. Mas eles estão errados. Porque a mamãe está doente. E cabe ao George e ao Theo fazer a mamãe continuar sorrindo. O que, muito provavelmente, vai envolver galochas, tortas de carne e a participação do Goffo no Concurso de Talento Animal. 



Esse livro é um mix de emoção, nele encontramos momentos de alegria, tristeza e emoção em altas doses, preparem os lenços! Fica minha dica. A história é narrada por George de onze anos, e logo percebemos aquela sintonia de aventuras e diversões de uma criança, além de conhecermos o seu irmão caçula, o Theo, que acabam fazendo maior bagunça pelas páginas e capítulos.
 “O Goffo quer visitar o jardim da Sra. Shardini para ver o que tem lá, então, ele começa a cavar buracos como se estivesse fazendo um túnel.” Pág 27. 
George narra de uma forma bem divertida sua vida e de sua família, sempre com bom humor e muitas travessuras. Ah! Não podemos esquecer outro personagem de muita importância na história, o cachorro porcalhão, Goffo. 

Heather Butler tem uma escrita voltada para o público infantil, sendo narrado pelo pequeno George, nos deparamos com algo bem leve e descontraído, deixando um rio de emoções para os leitores.
 “A Elise senta na cadeira do papai e nós mostramos os elefantes Elmer e Usain para ela.” Pág 41.
 A família do pequeno George e Theo sofrem um grande abalo quando descobrem que sua mãe tem um câncer na cabeça, e mesmo com essa situação tão delicada, os irmãos não perdem o encanto e fazem de tudo para que sua mãe não deixe de sorrir, até mesmo colocar o desastrado e porcalhão Goffo em um concurso de talentos de animais.
 “Hoje, o Dermo precisa de alguma coisa para animá-lo, porque ele nem pôde ver o seu pai antes dele ir embora.” Pág 59. 
Queremos agradecer o envio do livro da nossa editora parceria, valeu pessoal da Novo Conceito! A obra possuí uma excelente diagramação, os espaçamentos são enormes e a fonte grande, sendo um livro que pode ser lido durante a noite sem nenhum problema. 

A capa lembra um cartaz de filme, quem sabe em breve não veremos essa linda história nos cinemas? O choro é livre! Não se esqueçam dos lenços.


2 comentários

  1. Oie!
    Eu ainda não li o livro, mas achei a trama bem interessante, e com certeza vou me emocionar bastante.
    Adorei a capa do livro, e a trama tem tudo para conquistar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rafael!
    Esse livro parece ser lindo! Só pela sua resenha já fiquei encantado com George e Theo. Parecem crianças adoráveis. <3
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir