Resenha: The Kiss of Deception (As Crônicas de Amor e Ódio #1)


Título Original: The Kiss of Deception | Autora: Mary E. Pearson
Editora: DarkSide Books | Páginas: 406 | Ano: 2016
Sinopse: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas – menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?



"Pode-se levar anos para moldar um sonho, mas é preciso apenas um segundo para despedaçá-lo."

Olá pessoas!!!

Hoje vou resenhar para vocês The Kiss of Deception, da autora Mary E. Pearson. Esse livro é o primeiro da trilogia Crônicas de Amor e Ódio. O segundo titulo da serie é The Heart of Betrayal, foi lançado 2016 e o terceiro The Beauty In Darkness esta em pré-venda no Brasil.


Pensei em resenhar sobre os dois primeiros títulos nesse post aproveitando o lançamento do terceiro no pais, mas como a resenha do segundo livro pode conter spoilers, irei fazer um post separado dos títulos.

Esse livro tem VÁRIAS coisas que eu amo, além de ser uma obra da DarkSide a qual eu sou muiiittoooo fã, ele é uma fantasia que mescla romance e aventura e a autora utilizar elementos previsíveis para criar uma trama inteligente, mágica, cheia de manipulações políticas - outra coisa que eu amo - e focada no amadurecimento de seus protagonistas. A trama toda é apaixonante e intrigante e foi escrita de uma forma inovadora. Desde seu primeiro capitulo ficamos envolvidos pelo mistério ao redor da história, criando teorias que vão sendo fortalecidas e colocadas em duvida a cada nova linha lida, o que nos deixa com um enorme desejo de chegar ao desfecho da história.

Meu vestido flutuava atrás de mim, agora cansado-me com uma vida de incertezas, mas que assustava bem menos que a vida de certezas que eu tinha encarado. Agora, essa vida era um sonho criado por mim mesma, na qual o único limite era minha imaginação. Era uma vida comandada por mim, apenas por mim."

A obra gira em torno da princesa do reino de Morrighan, Lia. A garota é descendente de uma forte linhagem de primeiras filhas. Na cultura desse povo todas as primeiras filhas possuem um dom especial, um tipo de visão que as permite pressentir o perigo – o que faz com que muitas delas sejam transformadas em poderosas armas de guerra. E por isso, o rei e nas oras vagas pai de Lia arranja um casamento para a filha, como manobra política, com o "velho e rabugento" príncipe do reino de Dalbreck tentando assim criar uma aliança entre os dois reinos. Mas, Lia que é uma jovem que não gosta de seguir aquilo ao qual não concorda e/ou não acredita, não quer ser um pião nas mãos do pai e, cansada do peso que ser uma princesa e primeira filha trás, decidi fugir do destino e descobrir por conta própria que tipo de mulher ela quer se tornar. Enquanto traça seu novo futuro, Lia não percebe o perigo que estar a cercando: um príncipe rejeitado que quer conhecer aquela que teve a audácia de pensar em fugir – ou fugir mesmo- antes dele e um assassino contratado para dar sua cabeça de brinde ao reino de Venda – o reino dos malvadões inimigos. Ambos são homens focados em sua missão e nenhum deles está disposto a deixar Lia seguir seus planos de liberdade sozinha. E a parti do momento que seus caminhos se cruzarem a vida desse três jovens vão mudar completamente.

A verdade é que achei ambos atraentes, cada um à sua maneira. Ora, eu não estava morta.

Algo que me atraiu muito em todo o enredo foi a narrativa intercalada entre Lia, o Príncipe e o Assassino. Você deve esta se perguntando o que isso tem de inovador, se é tão comum em livros hoje em dia? Então deixa eu explicar meu fascínio: Em determinado momento esses dois personagens entram na vida de Lia sob a personificação de dois rapazes belos e misteriosos: Rafe e Kaden. E a partir desse encontro o príncipe e o assassino recebem nomes, o único problema é que não sabemos quem é quem. Quem seria o príncipe e quem seria o assassino? Rafe ou Kaden? Quem é o bonzinho e quem e o malvado?

Algumas narrativas vem como o nome de "Rafe" e "Kaden" e outras como "Assassino" e "Príncipe", então juntando o que sabemos deles através das narrativas de Lia e de suas próprias narrativas criamos nossas teorias. E confesso que no inicio eu gostava mais do assassino do que do príncipe achando que um era o outro. ¯ \ _ (ツ) _ / ¯

Essa dúvida fica presente em boa parte da trama, o que torna impossível interromper a leitura enquanto não descobrimos quem é quem na história, principalmente quando Lia começa se envolver com eles. E nesse início pode parecer uma leitura um pouco lenta, porque vamos, junto com Lia, nos acostumando àquela rotina, mas logo quando nossas perguntas sobre bonzinho e malvado começam a ser esclarecidas, a história dá uma guinada e conseguimos ver realmente para o que o livro veio, somos tirados daquela vida pacata que a protagonista estava vivendo e colocados em um cenário onde não sabemos o que pode acontecer, para o bem ou para o mal.

"Durante minha vida toda sonhei com alguém me amando pelo que eu era. Por quem eu era. Não por ser a filha de um rei. Não por ser a Primeira Filha. Apenas por mim. E, com certeza, não porque um pedaço de papel ordenava isso. "

Outros dos pontos positivos na obra são o segredo que as gerações carregam e que está relacionado com o dom que Lia acredita não ter, a protagonista e sua incrível força e amadurecimento, o romance misterioso e a apaixonante - que quase chega a um triângulo amoroso mas, que não é tão chatinho quanto aos normais -, a trama política por trás da guerra que separa os reinos de Morrighan e Dalbreck e o desfecho grandioso e surpreendente.

O ritmo que a narrativa segue e como a autora guia seus personagens para aventuras paralelas é algo muito interessante . Através disso vemos a transformação de Lia em uma verdadeira guerreira em uma líder digna. Tudo pelo o que ela passa, todas as dores e momentos felizes fizeram de Lia uma mulher pronta para acolher e enfrentar o seu destino, que você vai percebendo que é bem maior do que ser uma primeira filha que faz a união de dois reinos. Ela se desenvolveu bastante ao longo do livro, e olha que desde o início ela já é bem afiada e destemida. Ela era apenas uma princesa fugitiva que queria viver uma vida simples, onde ela poderia se apaixonar e não ser forçada a nada que não quisesse. Por acreditar fortemente que conseguiria viver essa vida, Lia pode até parecer um pouco ingênua e na minha opinião ela tem algumas atitudes de menina mimada. Mas depois de algumas reviravoltas, muitas coisas acontecem com ela, fazendo com que não tenha alternativas a não ser se tornar quem for preciso para alcançar êxito em seus planos.

Isso não é o bastante para disfarçar o que tem dentro de você. Você sempre será você Lia. Não há como fugir disso."

A mensagem por trás da protagonista, das suas escolhas e da sua luta por respeito e individualidade, por mais que seja em um universo distópico, retrata a luta que as mulheres vem travando durante anos. Lia, ao mesmo tempo que é uma guerreira é também uma jovem com um coração enorme ansiando e distribuindo amor, ela é a personificação da força feminina em todos os seus lados.

Essa edição é toda maravilhosa! - É um livro da DarkSide, Suene. Não diga o obvio ... A capa é linda, a diagramação mais ainda, com mapas e detalhes especiais nos início de capítulos, além de possuir um marcador de cetim que dá um charme a mais. A escrita da autora é muito deliciosa e fluida, daquelas que você começa a ler e não quer mais largar .

Então concluo reafirmando que The Kiss of Deception une tudo o que mais amo em livros de fantasia: Paixões, segredos esquecidos no passado, guerras territoriais, luto e recomeços. E se você também gosta disso, garanto que também vai se apaixonar por essa obra.



Beijos & abraços e até semana que vem com a resenha de The Heart of Betrayal ...
Deste momento em diante, para o bem ou para o mal, este é o destino com que terei de viver.

19 comentários

  1. Ola
    Eu morro de vontade de conhecer essa série, especialmente porque só leio bons comentários a respeito. Os elementos que você destacou me deixaram ainda mais curiosa, se é que isso é possível. Sua resenha ficou maravilhosa e quero ler o quanto antes possível!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não tinha muito interesse na história, até ganhar o segundo livro da série e achar a edição tão linda, que agora quero a trilogia toda. Que bom que você gostou e espero gostar também.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!! :)

    Eu já conhecia o livro e tenho cada vez mais vontade de fazer esta leitura!! :) Adoro fantasia e a tua resenha aguçou a curiosidade..

    Acho ótimo que tenha tudo o que procuras num livro do género, com segredos, paixões e tudo o mais! E uma capa maravilhosa mesmo!!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Nossa, o que dizer das edições da Darkside, né? Concordo com você que falar que são maravilhosas é dizer o óbvio.
    Sou apaixonada por essa trilogia e, se tem uma coisa que admiro nesses livros, é a forma como a Lia amadurece ao longo da história. Aliás, outro ponto positivo do livro é o fato de trazer muitas personagens femininas fortes, e não só a protagonista.
    Concordo com você que a dúvida sobre quem é o assassino e quem é o príncipe torna impossível largar o livro. Ela mexeu tanto com a minha curiosidade que terminei de ler em menos de dois dias haha.
    Adorei sua resenha e fico feliz de saber que você também gostou do livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Também sou grande fã de fantasia e fiquei curiosa para conferir essa mescla com romance e aventura.
    Lia parece ser uma personagem forte e cativante. O que também me agrada é saber sobre essa narrativa intercalada entre os três personagens, afinal dá para ter uma ideia melhor de tudo o que se passa na cabeça deles e seus sentimentos.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, estou bem curiosa e ansiosa para realizar essa leitura, estou com os dois exemplares na estante e só no aguardo do terceiro, que ainda não sei quando vou comprar, para poder começar a série.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oi Suene, poxa, esse era um dos poucos livros da editora que não tinha muita curiosidade de ler, mas com sua resenha tudo mudou. Fiquei encantada com o enredo criado pela autora, gostei do jogo político e da personagem principal. Pena ser uma trilogia, tenho preguiça de esperar os outros livros saírem kkkk. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Menina, o último livro da trilogia acabou de ser lançado para alegria dos fãs.
      Também não gosto de esperar lançamentos, minha curiosidade me corrói.
      Espero que anime a ler, tenho quase certeza que vai gostar.
      Bjus

      Excluir
  8. Olá! Li The kiss of deception e já estou com o segundo aqui! Eu amei demais esse livro. Amo fantasia e essa mescla com romance e aventura medieval ficou maravilhosa! ainda bem que o terceiro já está lançado. Parabéns pela resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oiee Suene ^^
    OMG mais uma pessoa favoritando esse livro *-* eu quero ler essa trilogia desde que o primeiro foi lançado, mas queria esperar até todos serem lançados antes de lê-lo....hehe' já foram e eu ainda nem os comprei...kkkk' A edição parece ser maravilhosa, assim como todas da Darkside, mas a história parece ser ainda mais.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  10. Olá Suene,
    Ainda não consegui terminar esse livro, estou lendo há três meses, acho.
    Gostei de conhecer suas impressões e fiquei contente por saber que a leitura tenha te agradado. Não percebi essa mudança entre capítulos narrador por assassino e príncipe ou por Kaden e Rafe com exceção do começo. Tenho minhas apostas sobre quem e quem, mas não consigo ficar curiosa para saber, pois sinto que ando, ando, ando e não saio do lugar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Que trama mais envolvente é essa ?? Sou apaixonado por essa capa e pela Darkside! Eles sempre arrasam nas edições. Quanto ao livro eu estou louco pra ler! (Já quero o último) Toda essa Áurea fantástica e aventureira me agrada muito , amei saber sobre esse mistério entre príncipe e assassino. Tomara que consiga ler em breve, antes que a ansiedade me consuma! Rsrsrs Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  12. Gosto de personagens femininas fortes e decididas, mesmo que decidam errado. Lia me parece ser assim (não a parte do errado! rsrs). Também achei interessante isso da narrativa alternar entre personagens sem deixar que o leitor descubra quem é quem logo de cara. Esse suspense foi sagaz, mantém o leitor preso à trama. Estou esperando a coleção toda ter um box daí eu compro ;)

    ResponderExcluir
  13. Oi, Suene

    Eu tenho esse livro, mas ainda não li. O que mais me agraca é o fato de não sabermos quem é o assassino e quem é o príncipe. Do jeito que eu sou lerda vou torcer pro cara errado! Hahaha
    E falar bem da edição é até chover no molhado, porque a DS sempre arrasa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia essa trilogia ainda, não gosto muito de histórias de época, mas sua resenha me deixou interessada, parece um romance, intenso, com reviravoltas, mistério, uma pitadinha de suspense, gostei bastante, parabéns pela resenha beijos.
    http://fonte-da-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Acho que esse é um dos livros mais hypado dos últimos tempos! Ainda não tive a oportunidade de ler e espero te-lo em breve. Amo romance com fantasia, e que tem incluso uma mulher forte. Fiquei bem curiosa em saber quem é quem nessa história e como o caminho de todos se entrelaçam. Parece ser mesmo uma história de se tirar o fôlego!
    Beijos, Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. OOi!
    Não vejo a horaaa de realizar essa leitura!
    Assim como para você, une tudo que eu gosto. Parece ser uma leitura mais que envolvente, principalmente por conta da duvida entre os dois rapazes. QUEM É QUEMMM?
    Preciso lê-lo, espero que seja muito em breve.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  17. Suene, olha eu aqui festejando o primeiro livro que lerei da editora que fico babando com as capas, mas como só conheci livros que emanam o meu medo, nunca os li.
    Sua resenha está espetacular e com certeza me instigou a investir nesta trilogia.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Minha irmã leu esse livro e não gostou. Uma amiga leu e amou e agora que li sua resenha fiquei mais intrigada, pois você amou também.
    Amo fantasia e saber que tem uma discussão, mesmo que velada, sobre o feminismo encheu meus olhos.
    Sobre a edição, chega a ser pleonasmo falar que a edição é maravilhosa e é da Darkside haha
    Abs e obrigada por me fazer decidir ler a obra ^^

    ResponderExcluir