[Crônicas de Domingo] Vencer a si mesmo


“É melhor conquistar a si mesmo
Do que vencer mil batalhas”
(buda)

Enfrentamos diariamente muitos confrontos. A vida também é uma batalha. A iniciamos numa disputa entre muitos espermatozoides; vestibular; primeiro emprego... Fora os conflitos do cotidiano, problemas na família, crise financeira. Tudo! Exatamente tudo é uma luta constante.

Mas a principal batalha é a interna que travamos dia após dia; que refleti diretamente na nossa forma de encarar a vida e as outras batalhas por vir. Eis o duelo mais difícil que enfrentaremos! Nosso maior inimigo somos nós mesmos.

Não há nada mais letal que a apatia perante uma dificuldade, ou a entrega mediante a dor. Quando dizemos que tudo depende do nosso olhar, na verdade estamos dizendo que tudo depende da nossa posição diante do combate interno.

Se desesperar? Ou esperar? Desistir? Ou insistir? Abandonar? Ou acolher? TUDO ESTÁ EM NÓS! A resiliência, a persistência, o medo, a angustia, numa constante peleja. E vence aquele que não deixa de lutar. Aquele que não se conforma com o revés e persevera em trocar o mal pelo bem; aquele, que alimenta o “cão do bem” o mantendo nutrido e forte.
Vencer a si mesmo também consiste em lutar sem perder sua essência, seus valores, superando sua ignorância, seu apego... Seu ódio! Numa constante, buscando se melhorar para si e para o mundo.

Por tanto deixe de lutar com o que te cerca, com seus pares... seus irmãos. Lute contra os seus desejos perversos, sua sede de vingança e sua falta de perdão, assumindo uma posição vigorosa contra ao que te faz errar, tropeçar  e retroceder.


Mariane Helena


Nenhum comentário :

Postar um comentário