[Literatura, Sua linda!] Pedro Bandeira

O sorriso inocente de criança


Eu acredito que minha profissão seja de plantador de esperança.
Eu acredito nisso.
É por isso que eu escrevo.
É por isso que eu vivo.

(Pedro Bandeira) 

Pedro Bandeira nasceu na cidade de Santos, no estado de São Paulo, no dia 9 de março de 1942, é considerado um dos principais autores da literatura infanto-juvenil da língua portuguesa. Pedro começou a se envolver no teatro amador, no qual atuou até 1967 como intérprete, encenador, cenógrafo e até mesmo teve passagem pelo teatro de bonecos.

Em 1962, começou trabalhar dentro da área de Comunicação, no jornalismo e na publicidade, trabalhando no periódico jornal Última Hora e posteriormente na Editora Abril, na qual circulou por várias revistas. Suas experiências dentro do jornalismo deram a Pedro Bandeira, grande impulso a sua carreira literária.

Pedro passou a se dedicar a escrever de forma distinta conforme seu público alvo, que era de adolescentes até a profissionais especializados, também buscou recursos dentro da psicologia e na educação para compreender questões delicadas que envolvem o leitor infantil, tais como a idade em que as crianças enxergam o pai como um herói, ou até mesmo o momento em que esta imagem se desconstrói e a figura paterna é criticada e colocada em dúvida.

Pedro Bandeira então recebe a proposta de criar uma coleção de livros para crianças, sua primeira publicação é “O dinossauro que fazia au-au”, de 1983, já aclamado pelo público infantil, no entanto seu grande sucesso foi a obra “A Droga da Obediência”, de 1984, direcionado ao leitor adolescente, fazendo com que Pedro se especializasse neste tipo de público.

A série conhecida como “Os Karas”, integra também os livros: “A Droga da Obediência”, “Pântano de Sangue”, “Anjo da Morte”, “A Droga do Amor” e “Droga de Americana!”. Seus personagens são detetives, um grupo clandestino que investiga eventos misteriosos. Pedro encontra como influência para suas obras, inúmeros livros pelos quais já navegou, sua própria experiência existencial, e até mesmo as cartas e mensagens de seu público.

Atualmente Pedro Bandeira se tornou o autor que mais vende livros na faixa adolescente, também realiza conferências em todo o país, especialmente para professores, sobre leitura e alfabetização.

Até agora, foram mais de 50 obras, entre as quais podemos destacar: “A marca de uma lágrima”; “A hora da verdade”; “Descanse em paz, meu amor”; “Prova de Fogo”; entre outros. Pedro Bandeira é altamente premiado, recebeu prémios como APCA e o Prêmio Jabuti, atualmente vive em São Roque, com sua família.


2 comentários

  1. Pedro Bandeira foi um dos autores que me fez ter essa paixão por livros, justamente pela coleção Os Karas!

    Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir