Resenha + Sorteio: Sorte ou Azar?

Título Original: Sorte ou Azar? | Autor: Filipe Salomão
Editora: Chiado | Ano: 2016 | Páginas: 302

Sinopse: Nesse livro, você será apresentado a Pedro: um garoto que nasceu na família errada, no momento errado e com as influências erradas. Durante a narrativa de sua infância e juventude vivenciaremos com ele experiências como a morte prematura do pai, drogas, uma amizade um tanto quanto questionável com uma prostituta e um amigo com, digamos, mais sorte do que ele. Todas essas experiências mostrarão que sorte ou azar são apenas questão de ponto de vista. Sorte, sorte é você ter um bom livro numa tarde chuvosa para ler. Azar, azar é ser esse o livro.

📚Livro cedido pelo autor.

Se teve uma coisa que não fez muito parte da vida de Pedro foi sorte. Sim, vamos ser claros e declarar que durante sua vida, Pedro só se ferrou. Isso significa que ele se tornou um personagem motivador, que nos causa empatia e nos faz torcer por ele? Com certeza, NÃO!

"Sorte, sorte é ter um exemplo dentro de casa.
Azar, azar é seguir o exemplo errado." p.20

Desde o seu nascimento Pedro já não foi bem aceito. Nasceu de uma esquecida de camisinha e dia após dia, era jogando em sua cara o quanto foi indesejado. Cresceu em um lar completamente abusivo, com um pai machista e alcoólatra e uma mãe que já tinha se anulado há tempos e não tinha forças para mudar sua situação.

"Não gostava de ver brigas, mas me acostumei, não gostava de ver minha mãe triste, mas me acostumei. Eu não gostava de muitas coisas, mas me acostumei com todas." p.22

Como referência, absorveu os piores exemplos possíveis e a situação não melhorou em nada após a marte do pai. Em uma adolescência regada a drogas, mulheres e ser popular, Pedro demonstra ao leitor o resultado de uma criação relapsa, sem referencia entre o que é certo e errado e sem a moldura de um caráter de bem.

"A vida me deu alguns golpes. Mas, não sei o que há comigo, sempre os aceitei, nunca entrei em depressão. Vai ver, nasci pra me foder e aceitei isso, ou vai ver, meus sentimentos são superficiais. Como disse anteriormente, me acostumo com as adversidades." p.29

Após a morte de seu pai, Pedro começa a se redescobri e compreender como funciona o mundo pela sua percepção. Se alia a Ricardo e juntos, tornam-se insuperáveis no quesito popularidade. Sempre com garotas disponíveis e uma "viagem" da hora, os dois seguem juntos. Até que vêm as responsabilidades do futuro e o primeiro amor, o que seria o start motivador, acaba se tornando o estopim para perceber o quanto a sua vida era uma droga.


Sorte ou Azar? é um livro que com certeza não irá te emocionar, na verdade, Pedro mexe com todas as suas emoções negativas durante a narrativa, ele é um personagem sem compaixão, mesquinho, machista e que sendo o mais sincera possível, mereceu todo o "azar" de sua vida. Nossa, Tammy! Não está exagerando. Não!

"A procura pela felicidade é um caminho sem fim, onde mesmo acertando o caminho, o fim não é o certo. E se errar, pode se deparar com alguns monstros bem conhecidos pela sociedade." p.279

Pedro por diversas vezes nos deixa em agonia durante a narrativa pela sua maneira de ver o mundo ao seu redor, pela falta de respeito que tem pelas mulheres e pela família, no caso, sua mãe. Não tem como você gostar desse personagem, ele simplesmente traz de maneira crua e bem verdadeira o que um ser humano é capaz. Sim, em suas atitudes é possível perceber que esse personagem é simplesmente uma personificação de muitas pessoas que convivem conosco e se cobrem por máscaras para manter a ética, mais que no íntimo, queriam ter algumas atitudes de Pedro.

Seu pensamento é correto, então? Nem um pouco. Ele realmente mostra o pior lado do pensamento humano. Seria só culpa de sua criação? Não aposto nisso. Para mim, Pedro se deixou dominar pelos sentimentos ruins que ajudaram a criar seu caráter e a distorcer certas convicções. Ou seja, foi uma mistura dos dois.

"É uma estranha relação humana, onde quem mais está perto de você é quem mais corre o risco de ser extremamente magoado por você." p. 143

Sorte ou Azar? te trará sentimentos de revolta e incredulidade. Você irá observar uma mente perturbada pelos traumas de infância e mesmo assim, não irá se solidarizar com ele. Pela capa, com certeza não pensava encontrar o que encontrei nas páginas desse livro, mas o aviso na contracapa foi bem sincero. É preciso se atentar as dicas 😉.

Esse é um livro indicado para maiores de 18 anos, não somente pela descrição das cenas sexuais, mas pelo linguajar forte e bruto que encontramos durante a narrativa. As folhas são amareladas e a fonte é bem agradável para a leitura. Encontrei alguns erros de digitação e falta de coerências em algumas passagens, o que me fez voltar a leitura para compreender melhor. Apesar da capa ser uma fofura, é bem significativa com a história.

Para quem procura uma leitura um tanto reflexiva, sem grandes emoções e sem um final feliz. Com certeza te indico esse livro sem medo. Mas ouso dizer, que todos deveriam ler, é tipo um mal necessário e esse livro tem conteúdo para isso.

Bjim!

E para quem está curioso sobre essa obra, não deixe de participar do sorteio de um exemplar de Sorte ou Azar? + diversos marcadores.

Para participar basta:

  • Residir no Brasil;
  • Seguir corretamente as entradas principais do formulário;
  • Não participar de perfil fake;
Onde está informando Visit no Formulário, é para seguir a página. Fiquem ligados para não perder a oportunidade.
Lembrando que não nos responsabilizamos por extravios dos Correios ou endereço informado de maneira incorreta.

a Rafflecopter giveaway


35 comentários

  1. Oi Tammy, que cara meio difícil de engolir hem. Achei o livro bem intenso pela forma como você descreveu a história. E sim, eu vou participar do sorteio!
    Beijokas
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Realmente imagino que a capa só quer nos enganar com esse coelhinho fofo, porque a história em si me pareceu forte, e intensa, principalmente pela forma como a trama e narrada, com um linguajar sem rodeios direto ao ponto. Fiquei bastante curiosa para ler o livro e entender a premissa dessa história que nos faz refletir.
    Participando.
    lannawesley@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Tammy!
    Acredito que o livro mostra muito a realidade de muitas famílias e não é apenas o fato de uma criação abusiva do pai e omissa da mãe que vai demarcar a personalidade de uma pessoa, é também seu instinto e sua relação social.
    Realmente a capa dá uma impressão totalmente errada do que encontraremos no livro.
    Ainda assim, gostaria de ler, porque quero conhecer mais um autor nacional e ver tudo que aconteceu com Pedro.

    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    Desejo uma ótima semana!
    “Na juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dele.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Pela resenha, já percebi que não teria estômago pra ler. Não consigo não me revoltar com pessoas ruins de caráter. A capa me deixou bem triste tbm, porque me remeteu a maus tratos :/ mas a sua resenha está muito bem escrita, parabéns!

    Nuvem de Novembro

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Olha, não consigo ler um livro onde não consigo gostar do protagonista ou do cenário. Cenários desse tipo me causam repulsa, como quando li Morte Súbita. Me dava agonia só de imaginar aquilo. Entrei no sorteio porque fiquei curiosa, não resisto a um! Haha

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tâmara!
    Nossa! Esse livro parece ter tudo o que nós não deveríamos fazer com a nossa vida. Certeza que eu ia odiar o Pedro, mas ainda assim me sentir sortuda por ter uma boa família. Acredito também que não só vivemos de influência e tenho certeza teve chances de mudar suas atitudes mesquinhas e não mudou.
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Não conhecia a obra. Mas, confesso não senti um pingo de vontade em ler este livro. Seus comentários sobre os protagonistas não foi dos melhores, e sendo sincera não curto personagens assim. Tenho uma queda por personagens problemáticos, no entanto o que me faz gostar deles é o fato de que aprendem algo com as situações ruins, o que não me pareceu ser o caso do protagonista, sendo assim deixo a dica passar.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor! Tenho enorme curiosidade por ler esse livro, então é claro que estou torcendo para ter a sorte que o Pedro não teve e ganhar esse exemplar (rs). Eu já fiz até uma divulgação no blog sobre essa leitura, porque realmente me intriga como o autor conseguiu trazer ao centro dessa história um personagem que não desperta empatia no leitor. Isso é ousado e bastante real, como um soco no estômago. Infelizmente, há pessoas que são como Pedro... Não as vemos como vítimas, mas entendemos que seu contexto influenciou seu desenvolvimento e falta de valores éticos. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda de ter minha própria opinião (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a obra e essa coisa do personagem não ter te agradado só me mostra que eu não conseguiria nem ao menos terminar o livro. A vida é mt curta pra perder tempo com um livro que só te estressa, além do mais o conteúdo, por mais verossímil que seja não me agrada... Gosto de ler pra escapar da realidade quando leio, a vida já é ruim o suficiente na realidade qnd temos de lidar com caras como esse protagonista, então prefiro me refugir num livro onde o protagonistas seja o oposto do que vemos por aí.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o autor nem o livro, confesso que quando vi a capa achei que séria uma historia leve mas depois de ler a resenha vi que é uma historia mais densa eu até achei interessante fiquei curiosa para ler.

    Milena Moreira - milenasantana11@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu fico imaginando tudo o que esse rapaz passou. Nossa que história diferente, fiquei bastante curiosa para conferir. E gostei da capa, achei bem diferente dos livros que tenho.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!!
    Nossa que livro diferente. É para se pensar, conheço muitas pessoas que pensam tão negativo e são tão ruins com os outros, que não conseguem conquistar nada na vida, mas sim perder. É um livro que vale a pena ler para refletir um pouco. Eu também concordo com você, a pessoa faz e fala tanta coisa ruim, que merece o azar que tem. Coisas ruins atraem coisas ruins.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Tâmara, tudo bem?
    Esse livro parece mesmo ter um conteúdo meio pesado, tendo em vista que desde o nascimento o Pedro não teve uma vida feliz. Deve ser complicado ver alguns lados ruins do ser humano em um único personagem, mas infelizmente é o que mais tem por aí na vida real, não é? Porém, por não conter final feliz ou grandes acontecimentos, deixarei passar a leitura por enquanto. Não estou com muita paciência no momento para aturar personagens machistas, haha. Mas com certeza lerei um dia, num momento mais propício.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Sua resenha me chamou atenção a respeito da obra. Pedro parece realmente não ter tido muita sorte na vida, mas fiquei curiosa para acompanhar sua jornada, apesar de achar que sua personalidade me incomodaria um pouco, mas ainda sim leria o livro. Participando do sorteio e espero ter sorte para ganhar heheh.

    http://www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Nossa é um livro para quebrar a cabeça. Confesso que sou totalmente contra esse tipo de leitura, afinal negatividade deixo para trás, mas em alguns momentos se faz necessário. Vemos também o outro lado do que uma pessoa sofrida pode ser. Não sei se neste momento leria, mas quem sabe futuramente ocorra?! De fato a capa não tem NADA a ver.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oie! Tudo bem?

    Esse livro com certeza dificilmente se encontrará na minha estante, ou eu irei realizar a leitura, pois quando leio procuro algo diferente da realidade e leve para descansar a cabeça de todos os problemas, e esse livro com certeza não é indicado para isso, por isso passo a dica! Mas espero que quem goste desse tipo de livro, faça uma "boa" leitura!

    Bjss

    ResponderExcluir
  17. Oiii!

    Eu não conhecia essa obra e me confudiria com a tematica pela capa. Não curti muito o enredo, então não sei se daria chance ao autor, porém, achei interessante os sentimentos que a obra desperta.
    Gostei bastante da sua resenha e da sincertidade!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Não conhecia o livro, achei a premissa interessante, até estou participando do sorteio hahahah, embora não curto linguajar forte e muita descrição se cenas sexuais, na verdade não curto, mas posso tentar ler e se não curtir e ganhar vou presentear alguém hahaha.
    Amei a resenha

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem? Ual, que livro é esse? Pela capa e título não tive como imaginar que o conteúdo seria assim tão revoltante. É uma história diferente e aparentemente original, mas não é o tipo de leitura que preciso agora com um personagem tão ruim assim que vai me deixar cheia de incredulidade. Sua resenha tá ótima e bem sincera, beijos.

    ResponderExcluir
  20. Dizer que fiquei com zero vontade de ler é pouco, acho que está mais para uma vontade negativa... Rs... Para mim é muito importante me afeiçoar aos personagens ou pelo menos me solidarizar com eles, mas com certeza odiaria esse Pedro completamente. Fora que não curto a presença de sexo nem de linguagem forte e bruta. E olha, esses problemas de revisão me deixariam louca, principalmente essas passagens sem coerência.

    ResponderExcluir
  21. Oie, não é o tipo de livro que me atrairia. A realidade já anda triste e sem "final feliz" demais pra eu recorrer a uma história semelhante no livro, que é justamente quando quero relaxar. No entanto, devo enaltecer a opção corajosa do autor em buscar um ponto de vista oposto ao habitual para contar a história. Espero que encontre pessoas mais preparadas que eu para desfrutar da experiência. Abraços.

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Nossa pela capa não pensei que seria esse o tema da história! Mesmo o personagem tendo uma má criação ele poderia ser uma pessoa melhor não é mesmo? Só com esse pequeno contato com a obra já senti uma vontade de bater no personagem (sorry, mas é verdade). Deixarei a dica passar pois não gosto de histórias do gênero e desejo boa sorte a quem for participar do sorteio.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro ou a autor, mas confesso que a historia me chamou muito a atenção, principalmente por trazer a tona o lado mais ruim do ser humano. Com certeza o livro está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  24. Penso que nada justifica a atitude de Pedro!! Mas acho que a forma como ele foi criado, sendo rejeitado pelo pai e, inércia da mãe, colaborou e muito para aquilo que ele decidiu se tornar!! Uma leitura necessária para conhecermos melhor o ser humano!! Participando e torcendo para ganhar!!
    Francisca Elizabete
    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  25. Oie
    eu já conhecia o livro mas ainda não sabia bem do que se tratava e sua resenha me convenceu, principalmente por saber que é tocante e cheia de emoções, aliás, leituras se finais felizes me atraiem haha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Quando você não tem força de vontade e amor próprio, acaba se acostumando realmente a tudo, seja bom ou ruim. A vontade de lutar para mudar certas situações tem que vir de dentro, caso contrário, a acomodação toma conta. Sorte ou azar a gente que faz. Fiquei super curiosa pelo livro, apesar de saber que em certos trechos não vou gostar muito da leitura.

    ResponderExcluir
  27. Oi, Tâmara!
    Ainda não conhecia o livro, mas o Pedro é um personagem que gostaria de conhecer, gosto quando o autor, torna o personagem assim bem real, e com situações bem realistas, isso traz muitas reflexões. Traumas de infância, sempre deixa a história mais envolvente, tenho certeza que é um livro que traz um misto de emoções para o leitor.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oie, nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas sinceramente não me interessei, principalmente com o autor nos causando tantos sentimentos de indignação por suas ações. Também certamente me irritariam esses pontos incoerentes e com erros.

    ResponderExcluir
  29. Hello!
    Não conhecia esse livro Sorte ou Azar, mas achei ate interessante a premissa.
    Não é o tipo que costumo ler, mas achei legal o modo que vc apresentou o livro.
    Espero poder ganhar o livro e conhecer.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  30. Que capa fofinha!!! <3

    E que enredo mais... contraditório com a capa! Pela sinopse achei que ia ser diferente, mas por sua resenha, é a verdade nua e crua de muitas pessoas! Nossa personaldiade é uma junção de tudo o que absovermos ao nosso redor e como nos sentimos em relação a isso. Acho que o livro deve ser bem real... Gostei, mas acho que não leria por conta de toda negatividade que você descreveu!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Já tinha ouvido falar desse livro mas não tenho vontade de ler principalmente por causa desse protagonista totalmente desnecessário hahaah Acho que ficaria muito nervosa com ele e a leitura não fluiria.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Me parece uma boa história, as vezes temos que deixar a fantasia de lado e ler algo mais próximo da realidade. Sempre tem alguém que conhecemos que já passou por isso ou vive ago parecido.
    Participando! ^^
    maiiira04@gmail.com

    ResponderExcluir
  33. Oi, Tâmara
    Quem diria que esse livro de capa fofa contém a história de uma pessoa nada exemplar e que transmite ódio mortal. kkk
    É até trágico, mas vejo como um livro mesmo necessário para estarmos atentos as pessoas ao nosso redor. Também é uma boa para refletirmos antes de julgar alguém. Com certeza você não acharia que o Pedro é assim porque nasceu assim, a criação dos pais é o fator principal que molda a personalidade de uma criança, se ela não tem contato com outras pessoas vai seguir o que os pais mandam e como agem, isso é claro.
    Espero poder ler essa e já estou participando do sorteio. Vai que eu ganhe. :D
    Até

    ResponderExcluir
  34. Olá!

    Eu já vi uma resenha desse livro antes e da mesma forma, digo que essa capa é muito bonita mesmo. Mas essa trama não me atrai em nada. Não consiguiu me deixar instigada e curiosa, mas valeu a pena ler a matéria. Obrigada!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  35. Olá Tamara...

    Eu adoro livro cujo os personagens principais são odiáveis e a história ainda assim não perde o brilho. O autor tem que ser muito bom para conseguir isso. Tipo Lolita do Nabokov.
    Adorei a dica e já acrescentei o livro na minha TBR...

    Beijos e obrigada pela resenha...

    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir