Resenha: Meu coração alguém entende

Título Original: Meu coração alguém entende | Autora: Renata Martins
Editora: Halieus | Ano: 2016 | Páginas: 120

Sinopse: Dentro de você existe um lindo e valioso tesouro. Mas talvez ainda não tenha se dado conta dessa preciosidade e acredita inclusive que ele tenha se perdido pelo caminho. A vida nem sempre é fácil. E em meio a tantos sentimentos contraditórios fica difícil enxergar esse tesouro. Nem tudo está perdido! Existe alguém capaz de entender o seu coração e te ajudar a limpar tudo o que está te impedindo de vislumbrar esse lindo e valioso tesouro. O caminho que te levará a ele nem sempre será tranquilo. Mas no final vai valer a pena. E então, preparado para encontrar o seu tesouro?
📚Livro cedido pela autora.

Meu Coração Alguém Entende conta a história da autora Renata Martins perante suas escolhas, consequências e sua estadia em meio a depressão e síndrome do pânico. Ela compartilha sua experiência e luta para conseguir sair dessa situação, onde amigos e familiares já não podiam ajudá-la e sua única Fortaleza foi crer e renovar a sua fé em Deus. 

Com enfoque no tema religioso, Renata compartilha com seus leitores diversos momentos e situações que a levaram a reconhecer que somente em Deus poderia sair do tormento que sua vida se transformou. Desde muito nova observou situações no meio familiar que por não perceber ou saber lidar da melhor forma e, também pela pouca idade e falta de orientação necessária, acabou tendo consequência em seu futuro. Se tornou uma pessoa mais reservada, escondendo seus sentimentos e se iludindo por uma falsa força que pensava que possuía.

"Não há quem possa arrumar esse baú bagucado
Muito menos consertar o que nele está quebrado
É não há quem compreenda o que se está vivendo
É o coração apertado de entulhos vai morrendo. " p. 10

Todos esses sentimentos guardados saíram da caixa em um momento que deveria ser especial e de felicidade pela nova fase que passava. Como consequência adquiriu crise de ansiedade, se tornou uma pessoa depressiva, e depois de algumas situações que passou em sua vida, veio a crise de pânico. Em meio a todo esses infortúnios, Renata tentava acertar, criar forças para sair da situação que se encontrava, até perceber que só havia uma maneira, se apegar na fé e acreditar no seu Criador.


Sei que muitos irão ler essa resenha e não se identificar, tenho plena consciência disso, mas o motivo de compartilhar essa leitura é perceber que em algum momento, independentemente de fé ou religião, o conteúdo desse livro pode te levar a reflexão sobre como se sentem as pessoas que se encontram na mesma situação e o pensamento que elas têm sobre si, e com um olhar mais atento, o leitor consegue perceber que posição tomar e atitudes a ter ao se deparar com alguém que se encontra com alguns desses distúrbios.

Renata escolheu sua fé, depois de tentar e ter esperanças nas pessoas, mas quem sabe, você pode ser uma pessoa a levar essa esperança no momento necessário? Isso não é ter uma atitude religiosa, e sim, ser humano. Por esse motivo acho válido indicar essa leitura. Claro que cada pessoa tem seu ponto de vista, e ainda assim, não se identificarão com a leitura, mas guarde a indicação para alguém que precise, algum dia, perto de você. 


Achei a capa linda, traz uma certa esperança na imagem. A edição está bem caprichada, principalmente pelos detalhes em cada início de capítulo. As folhas são brancas, mas a fonte deixa a leitura mais agradável.


22 comentários

  1. Oi Tâmara! Em momentos como esse, nossa única salvação é nos apegar à Deus e à nossa fé, porque só Ele pode nos entender, mesmo que as vezes nem mesmo nós nos entendamos. A capa está mesmo muito bonita, mas quando a vi pensei que se tratasse de um romance, um chick lit, algo assim. rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu não conhecia a autora e acho interessante a história do livro mas não é uma obra que eu compraria para ler, para dar de presente talvez.

    ResponderExcluir
  3. Apesar de não ser muito religiosa, gostei bastante da premissa. Parece ser uma leitura válida para todas as pessoas. Dica anotada! A capa está um amor e sua resenha ótima!

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  4. Já pela capa me encantei com o livro. Certamente após ler seu post já incluí na lista de leituras futuras.

    ResponderExcluir
  5. A capa e a diagramação são lindas ♥
    O tema é intenso também, não é o tipo de leitura que faria, não por falta de identificação... pq eu não me prendo a essas coisas religiosas e tal, mas por não estar mt na vibe para livros assim. Amei a resenha!

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  6. Ola Tamara lindona amei essa capa tão linda e delicada, mesmo seguindo para o lado religioso o que nem sempre me agrada em um livro, o que me chamou atenção foi os temas do livro, problemas vivenciado por muitas pessoas hoje em dia e toda gama de informação e experiência vivida deve ser repassada da melhor maneira possível. Não conhecia o livro e já deixo como uma ótima dica de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tâmara.
    Muito bacana a sua resenha, mas livros com temas religiosos não são para mim.
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  8. Menina, esse ano de 2016 foi tão horrível para mim e aconteceram tantas coisas tristes e difíceis que consigo me identificar com essa personagem e apesar de nunca ter dado muito valor a livros com uma certo foco religioso, estou tentada a lê-lo. Obrigada pela dica!
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Olá, Tâmara. Parece ser uma leitura bem triste, ainda mais por ser baseada na vida da autora.
    Não me identifiquei com o livro por questão da religiosidade, mas adorei a capa e a diagramação. Se em algum momento eu sentir que necessito lê-lo, o irei fazer, mas esse momento não é agora.

    ResponderExcluir
  10. Oie, Tamara. E verdade o que vc diz que muitos já descartam o livro pelo gênero, mas não se pode generalizar. O enredo traz muitos assuntos importantes e realmente só quem passa ou conhece alguém que vive um drama assim poderá ver a grandiosidade da obra. Tomara que outros se surpreendam e gostem como você gostou.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  11. Oi Tamara, gostwi mt da sua resenha! Acho mt legal quando os autores tem a coragem de trazer assuntos tao fortes, mas tao presentes no dia a dia quanto a sindrome do panico! Ja coloquei na minha lista :)

    Bjs, Tiago Valente ( http://avidalida.blogspot.com )

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    acho legal que o livro leve à reflexões, porém não é uma leitura do meu interesse.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. A capa está perfeita e realmente carrega uma sensação de esperança! Ficou muito significativa! <3
    Me surpreendi pelo conteúdo do livro, ao ver a capa estava esperando um romance ou uma história de chick lit, claro que essa primeira impressão não faz a minha curiosidade diminuir em relação a história. Sempre é necessário ler livros que nos façam ver a vida com outros olhos. <3

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Acho o tema muito pertinente, já passei por um período de sindrome do pânico, e é terrivel. Acho que o livro pode sim ajudar as pessoas que estão nessa situação, principalmente aquelas mais receptivas a uma abordagem religiosa.

    ResponderExcluir
  15. Olá =) Amei a capa desse livro! E a edição dele parece está realmente linda. Acredito que todo mundo já passou um tempo que não se sentia muito bem, e eu gosto de história que través reflexão e superação. Dica super anotada! Beijos'

    ResponderExcluir
  16. OIii!!

    A capa está muito amor!!! EU não conhecia a obra e nem a autora! Achei interessante a forma que ela abordou o tema... EU não curto muito livros com teor religioso mas fiquei curiosa!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem? Eu gostei muito da sua resenha e achei a capa do livro linda. A premissa não me convenceu, e por isso irei passar a dica, mas desejo todo sucesso a autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Tamara
    Estou muito curiosa para ler este livro também!
    Achei a capa linda, linda e parece mesmo que a diagramação está linda.
    Como psicóloga procuro sempre que possível ler livros com estas temáticas, síndrome do pânico e depressão. Independente da religião, estes temas sempre me atraem.
    Adorei seu post
    Bjs

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir
  19. Nossa, que capa liiiinda! Amei!! Parece uma graça a história e eu me lembrei dos livros da Tatiana Brazil. Não sei se vc conhece.
    Fiquei com vontade de ler. ^^
    Bj

    ResponderExcluir
  20. Olá! Entendo a Renata porque já passei por um processo semelhante, embora menos grave que o dela. A fé também me ajudou. Mas cada pessoa precisa encontrar o seu caminho para atravessar o período ruim e se recuperar. O seu texto ficou muito bom! Abraços!

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem? De fato, por se tratar de um livro religioso, não cairia tanto no meu gosto, mas eu entendi o que sua resenha e a proposta do livro quer passar. Pelos temas abordados, nada impede de indicar essa leitura para pessoas que passam por isso, porque mal não irá fazer e até pode ajudar. Dica super anotada!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oie,
    Esse livro tem uma capa linda. te te confesso que não conhecia a autora mas achei um amorzinho a premissa. Mesmo contendo temáticas religiosas, eu confesso que leria sim!

    ResponderExcluir