Resenha: Ligue-me Amanhã

Título Original: Liga-me Amanhã | Autora: Luna Bravin
Editora: Bezz | Ano: 2014 | Páginas: 136
Evelyn mudou-se para os Estados Unidos aos 17 anos, no último ano de escola para fazer intercâmbio. Por causa de um garoto e da qualidade de ensino por lá, ela nunca mais voltou. Entrou para a mesma faculdade que seu peguete e acabaram por namorar sério, até noivarem três anos antes do final da faculdade -- prometendo a si mesmos que casariam após a formatura. Com 24 anos, vestida de noiva e ansiosa para a cerimônia, Evelyn é largada no altar ao que James, seu noivo (agora ex), foge com seu caso de três anos. Sem reação apropriada, Evelyn troca suas passagens de lua-de-mel para uma na classe executiva e volta para seu país. Quando chega ao aeroporto e decide beber um café para acordar, ela, sem querer, acaba trocando seu aparelho de celular com o homem que sentava ao seu lado. Numa tentativa de descobrir quem está ligando atrás dela e o que fazer agora que seu namoro e noivado de anos acabou, ela começa a importunar o estranho que, agora, está com seu celular e que, infelizmente, não vai voltar logo dos Estados Unidos. Evelyn terá que enfrentar as amizades que deixou para trás e descobrirá que perdas dolorosas podem trazer um final feliz, no fim das contas.

📚 Livro cedido pela Editora Bezz

Evelyn estava em um momento único, aquele que a maioria das mulheres sonham em estar, o seu casamento. Ela tinha escolhido o vestido perfeito para o dia, não via a hora de passar o resto de sua vida ao lado de James, por quem se apaixonará há 7 anos atrás. Só que tudo desmoronou quando ao descer do carro, na porta da igreja, foi informada que James havia fugido com a sua amante, uma amante que o dividia com ela há 3 anos. Foi um grande baque, e de forma desnorteada, Evelyn só enxergou uma saída, sair daquele local e voltar para o seu país, o Brasil.

"Eu tinha muito a prender. Quem é que largava tudo por um homem? Burrice. Eu precisava ser independente. Livre. Tinha que me livrar desse passado que começara a me corroer.
Tirei-o do bolso e apertei no botão que desbloqueava a tela. Fundo preto? Eu não me lembrava de tê-lo trocado. Chequei as ligações recentes. Nenhuma. Eu não tinha apagado meu histórico. Chequei meus contatos. Todos com nomes bizarros e desconhecidos. Virei o celular. Onde estava minha capinha florida? Mas que diabos. Onde estava meu celular?" p.12

É de se imaginar o quanto Evelyn estava arrasada e andando de modo automático, seu alívio se fez presente quando enfim, chegou na casa de seus pais, mas para a sua surpresa, o transtorno não havia acabado, assim que pegou seu celular para verificar se havia alguma chamada ou mensagem de James, Evelyn viu que aquele não era o seu aparelho, havia trocado no caminho no aeroporto até a sua casa quando parou no bar.

Em primeiro momento ela só queria seu celular de volta, mas o estranho que estava do outro lado da linha insistia em instigá-la, em falar o quanto ele a desejava, e com o tempo, Evelyn foi se sentindo bem até que viu que gostava de se sentir assim, e o pior, confiava nessa voz sedutora que ouvia todo dia. Através dele, ela conseguiu seus pertences de volta, voltou a confiar em si mesma e a sorrir, de uma forma maluca, esse estranho lhe fazia bem.

Evelyn também voltou a se reencontrar com antigas amizades, da época do seu Ensino Médio, ao qual foi embora e nem se despediu tantos anos atrás. Mas amizades verdadeiras, sempre acabam superando momentos difíceis, e foi dessa forma que Evelyn se sentiu quando foi abraçada por Isabela e Catarina, já Eduardo, o único garoto da turma por quem foi apaixonada por anos, teve um futuro incerto em meio a drogas e recaídas.


É em todo esse contexto de superação e reconciliação que a autora nos mostra a vida de Evelyn, onde destaca as atitudes e as consequências que nos afetam em algum momento da vida. É um livro que prende quando ele se propões andar por esse caminho, o crescimento da personagem, após grande abalo emocional é bem palpável. Evelyn passa por diversas fases para se reerguer novamente. Ela curte ser desejada, de vez em quando pira, faz um sexo casual e voltar para casa pensando no ex, sofre, chora e planeja um novo caminho a seguir. Traça novas metas e se joga em uma nova missão, é tudo isso faz parte do seu processo de renovação, ver isso na história foi bem legal.

"Eu sentia que as coisas estavam, mesmo se ajeitando. Eu sentia que estava começando a ficar pronta para o que desse e viesse. Ah, e claro, quanto à viagem... Eu sentia que ela seria sensacional. Eu sentia." p.72

Por todas essas fases que não achei estranho o relacionamento que Evelyn desenvolveu com o "Estranho" que estava com o seu celular. Em primeiro momento o leitor percebe a guarda baixa de Evelyn, ela gosta de ser desejada por alguém, ainda mais após ser deixada no altar. Não sei se a autora se aprofundou um pouco na psicologia para construir o emocional de Evelyn, mas por diversas vezes vi algo impresso na personagem, características nítidas de quem já ouviu algumas análises. O que eu gostei muito.

Tudo estava ótimo, o desenvolvimento da personagem foi me ganhando, até que chegei a parte final, nessa parte eu realmente não compreendi o que a autora quis ressaltar, ou que mensagem quis passar, e por esse motivo, o final não me convenceu. Toda a linha do romance estava formada, dinâmica e até empolgante, mas senti que a autora só queria resolver todos os mistérios sem explicações mais aprofundadas para todo o fuzuê que aconteceu nos capítulos finais. Correu todas as explicações de maneira superficial e bastante resumida, o que foi uma pena, pois se fosse mais bem desenvolvido, o romance seria realmente maravilhoso.

O título do livro, diz bastante sobre a história, e achei essa capa muito bela, gostei de verdade. A fonte está no padrão, só as margens que achei um pouco estreita. As folhas são amareladas, o que traz um conforto melhor a leitura. O livro é dividido em prólogo, epílogo e 23 capítulos, os capítulos não são longos, o que eu achei ótimo. A narrativa é em primeira pessoa, feita pela Evelyn, por isso nos sentimos bem próxima a personagem. Ligue-me Amanhã é um livro que tem uma mensagem a passar, fala sobre superar mágoas e erros cometidos e, apesar do seu final, que para mim, não funcionou, eu indico o livro, vai que a sua opinião se diverge com a minha.

Bjim!


21 comentários

  1. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, especialmente porque não conhecia ainda. Eu achei a capa bem bonita e a premissa realmente chamou a minha atenção. Uma pena que o final não conseguiu lhe convencer, apesar de todo o desenvolvimento anterior. Eu pretendo procurar mais informações sobre o titulo para, quem sabe, poder ler também. Obrigada pela indicação!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Também achei a capa uma graça, mas que pena que o final não te convenceu. Acho tão frustrante quando isso acontece comigo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Tâmara,
    Até hoje não conhecia o livro e a autora. A capa é realmente muito bonita e chama atenção. Não gostei muito da premissa do livro e por isso acho que não leria.
    Acho importante falar sobre essas questões de superação em livros pois acho que sempre ajuda muitas pessoas que estão passando por situações parecidas a superar.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    Não conhecia essa obra, mas amei conhecer suas impressões :)
    Deve ser muito tenso descobrir na porta da igreja que seu noivo fugiu com uma amante... Simplesmente terrível! Achei a premissa bem interessante e com certeza vou botar na meta do ano que vem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Tâmara,
    Ainda não conhecia esse livro, mas não fiquei interessada na leitura, infelizmente. É péssimo quando um livro se desenvolve bem, mas que traz um final que não é satisfatório.
    A capa é muito bonita, mas acho que a leitura não vai me agradar em quase nada, sabe? Por conta disso, vou deixar a dica passar.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá
    ouvi falar do livro mas ate entao nao havia chamado minha atenção, porem alguns pontos na sua resenha ate que me deixaram curiosa pela leitura e quem sabe eu não arrisque, bem legal a dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem por aí?

    Então, eu não conhecia a obra e nem a autora. A premissa não chamou a minha atenção, infelizmente, e por você ter dito que não compreendeu o final, me interesso menos ainda pela história. Mas enfim, parabéns pela resenha e pelo blog!

    Beijos!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Tâmara, tudo bem?
    É a primeira vez que ouço falar do livro e pela sua resenha me parece ser um romance bem leve. Imagino que não deve ter sido fácil para protagonista descobrir a verdade sobre o seu noivo, quem amava tanto, por tanto tempo. Descobrir isso perto do casamento é algo chocante. Mas achei legal a autora retratar todo o processo de superação e como a protagonista vai lidando com isso. Dica anotada!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  9. Hey, não conhecia a obra, mas posso dizer que já me interessou bastante; mesmo sabendo que o final provavelmente será algo que irá me incomodar profundamente. Realmente é bem legal a forma como a autora utiliza para tratar o baque sofrido pela protagonista de ser largada e fica meio que claro que se sentir desejada nesse momento é algo que faz bem, te faz sentir como se não fosse algo de ser descartado como seu ex noivo fez. Gostei bastante e gostaria de ler para saber como será desenvolvido e quem é o misterioso no celular, espero que pelo menos isso ela revele mesmo que de forma corrida e jogada.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  10. Sabe quanfo a pessoa le e tem a impressão de ja ter lido esse livro e não lembra? Bem assim fui eu agora. Tive a impressão que li esse livro na Amazon e gostei na época assim como achei interessante agora. Vou ver no meu Kindle se eu tenho. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Achei a premissa legal e parece ser uma boa história. Deve ser horrível ser deixada no altar. Achei diferente o jeito que os personagens se aproximam e uma pena o final ter sido superficial. Adorei conferir sua resenha!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  12. Apesar de parecer com alguma sinopse de filme *acho eu* em alguns momentos, o livro parece muito interessante e com um desenrolar gostoso de acompanhar. Não conhecia o livro, mas vou anotar pra ler ano que vem! Seu blog é muito amor <3
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Olá ♥
    Li um livro com uma premissa parecida da noiva ser abandonada no altar pelo noivo que fugiu com a amante, mas achei interessante a ideia da troca dos celulares, e fiquei curiosa por saber quem é que se encontra do outro lado da linha, e o desenrolar disso tudo que parece ser bem legal e envolvente, a leitura parece ser bem fluida para quem já curti o gênero. O que me desanimou foi saber que o fim não te cativou. Espero em breve conhecer um pouco mais da estória. Beijos .

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Amei a capa desse livro <3 E amei o fato dele ser tão curtinho <3 E também gostei muito de saber que se trata de uma história sobre se redescobrir.
    Mas ainda assim, não sei se leria. Fiquei receosa quanto a esse final, sabe? Fiquei com um pé atrás hahaha, não sei se iria curtir. Além do mais, não sei se aprovo essa estranha relação que ela criou com o cara do celular. Até que ponto isso é saudável? Ou perigoso?
    Mas só lendo mesmo para tirar minhas conclusões.
    Ótima resenha!
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Tâmara! Uma pena o final não ter convencido, já que a trama tem uma premissa muito boa. São poucos os livros que eu não gostei do final, e fiquei curiosa para saber o motivo de não ter sido legal. Acredito que vou dar uma chance ao livro! Abraços

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Tenho que concordar, essa capa é realmente muito bonita e chama a atenção. Eu não conhecia esse livro e nem sua autora, por isso adorei poder conferir suas impressões a repeito do livro. A trama me pareceu muito leve e bem construída, com muitas lições de vida e de superação, afinal, não é fácil ser largada no altar pelo amor da sua vida.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  17. Oieee, tudo bem?? Essa coisa de fugir no dia do casamento é tão antiquada né? Dá raiva toda vez que escuto sobre isso nos dias atuais kkkk a história parecia ser bem legal, mas fico muito frustrada quando o autor apressa os fatos para poder concluir o livro, acho que ficaria aborrecida também, bjossss.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oie, nunca tinha ouvido falar sobre esse livro mas gostei do que você falou a respeito dele. Gosto de obras nas quais podemos acompanhar o crescimento emocional dos personagens e que podemos ver vários aprendizados, só achei uma pena a autora ter resolvido esse final tão rápido, e creio que certamente isso acabaria me fazendo dar algumas estrelinhas para o livro.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Tâmara

    Que pena que o final não lhe convenceu. Fiquei lendo a resenha procurando um diferencial, algo que me chamasse atenção, algo original, sabe? Mas não encontrei. Achei bem clichê, o que não é ruim, pois eu gosto de um bom clichê, só que sempre procuro ler aqueles que eu acho que tem uma história diferenciada... não foi o caso com esse. Mas quem sabe um dia...

    Beijo

    ResponderExcluir
  20. Oi
    Tinha adorado a premissa e suas impressões estavam ótimas até a autora se perder. Que pena que isso aconteceu, pois tudo se encaminhava para tornar a obra incrível. De qualquer forma, acho que daria uma oportunidade.
    Ótima resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Desconhecia a obra, mas fiquei bem curiosa para saber quem é essa voz sedutora misteriosa e se a personagem no fim acaba se encontrando com ele.
    É bom saber que o amadurecimento é palpável diante de uma situação tão delicada e que a narrativa nos faz próxima a ela.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir