Resenha: Ben-Hur

Título Original: Ben-Hur - a tale of the Christ | Autor: Lew Wallace
Editora: Jangada | Ano: 2016 | Páginas: 536
Sinopse: Ben-Hur, considerado um dos maiores livros de todos os tempos, se tornou um best-seller desde o seu lançamento, em 1880. A história se passa nos tempos de Jesus Cristo, e começa com uma traição, quando a família de Judá Ben-Hur é injustamente acusada por um crime, sendo o acusador o melhor amigo de Ben-Hur. Com o objetivo de limpar o nome de sua família, Ben-Hur procura a redenção através das corridas de quadrigas – bigas puxadas por quatro cavalos, usadas em competições esportivas. A jornada de Ben-Hur é uma metáfora para a história do próprio Cristo, ao propagar sua mensagem através de ambientes similares, fazendo deste livro um poderoso e inspirador romance histórico.

📚Cedido pela Editora Jangada

O livro conta a história de Judá Ben-Hur, um judeu, de origem nobre que é visto como um homem integro, com fortes valores familiares e religiosos, mas tem sua vida mudada completamente quando ele é acusado a atentar contra a vida de um cônsul, sendo acusado por traição a Roma pelo até então "amigo", Messala. Sua vida muda completamente após esse episódio, Ben-Hur vira escravo, sua mãe e irma tem paradeiro inserto e todos os bens adquiridos ao longo dos anos são tomados e entregues àquele que o traiu.

A partir desse momento, acompanhamos a trajetória do protagonista entre os anos de escravidão e a força interior que nutria para que um único objetivo fosse alcançado futuramente, o da vingança. Ben-Hur lutaria para tirar sua casa da grande desmoralização que sofreu. E em meio esse caminho, acompanhamos o paralelo entre a sua história e a história de Cristo, onde por diversos momentos o caminho dos dois se encontram e dão ao leitor um paralelo entre a trajetória desses dois personagens.

Após anos sendo escravo, Ben-Hur agora terá a chance de recontar a sua própria história através da vingança que tanto almejou, estará no mesmo ambiente que Messala, mas dessa vez, eles serão iguais dentro da arena disputando uma corrida de bigas de tirar o fôlego na narrativa, diga-se de passagem.


A narrativa de Ben-Hur não é fácil, principalmente na hora de se encontrar no fator histórico, mas para aqueles que já tiveram a curiosidade de ler a Bíblia, principalmente o Novo Testamento, não encontrarão tanta dificuldade dentro dessa ambientação. Isso se dar pelo fato de Lew Wallace detalhar com maestria os acontecimentos reais da época.

A leitura traz muita reflexão, é carregada de momentos emocionantes e cheios de ensinamentos. Não tem como não se envolver pela saga que Ben-Hur se propõe a fazer, o acompanhamos em sua glória, queda, redenção e ascensão, tudo isso, vivenciando junto ao personagem cada sentimento exposto durante essa trajetória. 

A capa traduz muito bem o ápice da história, não tem como olhá-la da mesma forma após a leitura. A letra e o espaçamentos estão em tamanhos comuns. O livro contém prefácio e oito partes subdivididas por capítulos internos. Pela minha leitura não encontrei erros de digitação, Editora Jangada está de parabéns!

Para quem só conhece a história pelo clássico do cinema, vale a pena conferir a história completa dessa obra, e para aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer essa história, indico com toda a certeza e ainda reafirmo que vale a pena. São mais de 500 páginas, completamente envolventes e com grandes ensinamentos. Uma grande obra que merece ser apreciada por todos.


25 comentários

  1. Olá
    Essa deve ser uma leitura interessante, e adorei poder conferir suas impressões a respeito. Imagino que deve ser complicado o estilo por conta da questão histórica mesmo, ao mesmo tempo que deve ser interessante compreender as reflexões.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada a respeito e nao me vejo lendo por hora, mas gostei de ler seu parecer na resenha. Bem interessante. Mas como disse, não le vejo lendo por hora. Então deixarei a dica passar. Parabéns pela resenha.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu estou louca para ler esse livro, tenho receio de que fique um pouco parado no começo mas mesmo assim eu tenho certeza que a leitura será maravilhosa. Gostei bastante da sua resenha.

    ResponderExcluir
  4. Eu já ia dizer que tinha visto o filme e que ia ver esta nova versão no cinema quando você disse que o livro tem bem mais informações do que o filme ali naslinhas finais. Não sabia que tinha a questão da saga de Jesus no meio, lembro de ver alguma coisa mas faz bastante tempo e não sou leitora da Bíblia então acho que o livro seria uma jogada mais legal mesmo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro mas a história me interessou. Só não começo a ler agora pela observação que você fez de não ser uma leitura fácil e não estou muito para esse tipo de leitura no momento. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tâmara! Eu conheço a história pelo que vi do filme, porém, tenho certeza que a obra escrita é muito mais rica em conteúdos e detalhes. Adoro obras com muitos ensinamentos, mas acredito que eu teria certa dificuldade em fazer a leitura de "Ben Hur". Fico feliz que tenha tido uma boa experiência com esse livro. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tâmara.
    Adorei a empolgação da sua resenha!
    Vou anotar a dica!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu já li o livro, e gostei bastante da história. Foi uma grnade surpresa, pois só conhecia a trama do filme, e sabia que tinham mais detalhes. Foi uma leitura bem interessante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Essa história é incrível!
    E eu tenho certo carinho por ela.
    Fico feliz que tenha gostado também.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Oi Tamara!
    Eu ja tinha visto algumas resenhas desse livro, todas positivas, mas confesso que não me senti atraido. Tem uma pegada meio histórica que foge ao que eu gosto de ler, então, nem me arrisco. Sei que provavelmente abandonaria. Mas a edição está linda sim. Jangada é sempre impecavel.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Tâmara, tudo bem?
    Já tinha ouvido falar do livro antes e fiquei intrigada com a premissa dele, visto que o autor pesquisou bastante e utilizou as passagens da bíblia como referência, motivo pelo qual imagino que o livro te proporcionou tantas reflexões. Porém, por ter como base a religião, creio que não irei realizar a leitura tão cedo, já que não sou uma pessoa religiosa.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Sua resenha está muito legal, é notável o quanto você gostou do livro.
    Tenho que confessar que não sabia da existência desse livro, só reconheci o nome por causa do filme, esse livro não me atraiu e não faz meu gênero, por isso deixo a dica passar.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Tâmara! Eu vi a versão do Charlton Heston há um tempo e me lembro de alguns detalhes. O engraçado é que, até este ano, eu nunca havia atinado que o filme foi inspirado em um livro. Ele possui elementos de que eu gosto. Depois do seu texto esclarecedor de algumas curiosidades que eu tinha, espero ter a chance de ler algum dia! Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Nunca tinha ouvido falar no livro antes, mas achei a premissa muito boa, embora seja um livro que eu não leria por não ser meu gênero, mas meu marido iria pirar COM CERTEZA nessa história. Vou indicar para ele.
    Bom saber que é uma história de muita reflexão adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  15. Quero ler esse livro!!!
    Adorei conhecê-lo. Nada sabia sobre ele, mas nossa... parece muito bom, com bons valores a inspirar. Gosto de personagens fortes, que caem, mas sabem se levantar. Espero ter a chance de adquirir em breve.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi. Não conheço muito bem essa história, até gostaria de ver o filme que foi lançado recentemente. Se quando assistir, eu gostar, posso até pensar em ler o livro. Vamos ver!

    ResponderExcluir
  17. Eu acho essa história bem interessante, mas pra falar a verdade, não sei se eu me envolveria tanto com a escrita, justamente pelo que você pontuou. Eu não sou religiosa, então nunca tive curiosidade de ler a bíblia e não estou habituada a escrita. Se tiver a oportunidade, eu com certeza vou tentar ler.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  18. Olá Tâmara,
    Já li muitos elogios para essa obra, mas nunca fiquei realmente animada para ler. Achei legal o autor explorar bem o que, de fato, aconteceu na época, e o livro ter essa pegada um pouco mais bíblica, além de trazer reflexões. Mas, ainda assim, não consigo me ver lendo esse livro e curtindo a leitura.
    Adorei sua resenha, mas vou deixar a dica passar por enquanto.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem? Eu adoro histórias que são baseadas em vingança mas não gostei muito da premissa desse livro oir conta das passagens religiosas inseridas nele. Vou deixar a dica passar no momento.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem? Confesso que não conhecia bem a história. Acho difícil eu conseguir ler algo como isto no momento, mas sua resenha foi importante para despertar uma leve curiosidade a respeito dessa trama. Todo esse lance de busca pela vingança e ensinamentos e lições no meio do caminho me chamaram a atenção. Quem sabe um dia, não é? Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que esse livro não chamou muito a minha atenção, pois não é um gênero que costumo ler e é um livro bem "gordinho", logo fico receosa de não ser envolvida, sabe? Mas parece mesmo ser uma boa história e um livro muito bem desenvolvido, por isso vou marcar a dica para algum dia.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Olá, esse é um clássico mundial. Ben-Hur consegue envolver fatos históricos, momentos emocionantes e um personagem forte e cheio de reviravoltas. Estou louco pra ver a nova adaptação para o cinema, espero que tenham sido fieis.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda mas já ouvi falar do filme sim, e para ser sincera eu não me agradei muito com ele, então acredito que eu não leria no momento. Talvez pelo gênero que não estou muito acostumada, mas gostei muito da sua resenha e de ver a sua opinião. Talvez um dia dou uma chance a ele e quem sabe mudo de ideia né?

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    eu não li nenhum livro e nem vi o filme. Mas pela sua resenha deu para ver que a história é intensa e com mensagens bem reflexivas. Acho que demoraria a ler o livro por ser uma linguagem diferente da que estou acostumada, mas isso não me desmotivaria a ler.
    Adorei a sua resenha e se tiver oportunidade lerei o livro.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  25. Olá. Estou totalmente encantada pelo livro e fiquei com vontade de ler, ainda mais em saber que ele trabalha bem os fatos reais dá época, afinal, todo bom cristão, já ouviu falar das aventuras, assim como o livro, estou querendo ver o filme, não tive oportunidade ainda, mas com certeza farei as duas coisas.
    Adorei sua resenha.
    Bjks

    ResponderExcluir