Resenha: O Destruidor de Corações (MMA Fighter #1)

Título Original: Worth The Fight | Autora: Vi Keeland
Editora: Charme | Ano: 2014 | Páginas: 310

Sinopse: Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo. Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata... e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle. Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda... para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.

Olá seus lindos! Hoje trago uma resenha de um livro que até demorei um pouco para começar a ler por ter outras prioridades com datas marcadas referente as minhas leituras, mas encontrei um tempo vago e resolvi conferir essa série que me deixou bem curiosa devido as várias resenhas que li a respeito dele, então, hoje chegou a vez do Livreando!!!

"Minha vida é honesta e organizada e minha frequência cardíaca permanece constante. Gosto das coisas assim na maior parte do tempo. Eu deveria ter orgulho da forma como conduzo minha vida. Mas a verdade é que, muitas vezes, sinto como se eu estivesse sufocando na minha vidinha superficial."

Elle leva um relacionamento sem muito comprometimento com William, um amigo que conheceu no último ano da Faculdade de Direito e o termo "Amigo" só não ficou fixo pelo fato de acrescentarem o sexo entre eles. Ela sabia que não o amava, não havia possibilidade para isso depois de todo bloqueio emocional que criou em torno de si após os acontecimentos de seu passado. Elle se segurava no fato de não se abrir o suficiente para os sentimentos, e estava tranquila assim, pelo menos por um tempo. Até que certa manhã entra em seu escritório um homem completamente atraente, sedutor e com um olhar que lhe arrepiou por tanta intensidade, a partir desse instante ela sabia que Nico Hunter não passaria desapercebido de suas emoções.

Nico é um lutador de MMA que está afastado do octógono pelo incidente de sua última luta, seus fantasmas internos tinham um grande presença em sua vida, o fazendo não ter forças para ir contra. Na manhã em que entrou no escritório de Elle, sabia que ela tinha algo a mais e que com ela não seria somente mais uma curtição. Ele daria um passo de cada vez e antes que tudo se tornasse algo mais profundo, era preciso ser sincero com ela sobre o que havia acontecido um ano antes. Apesar da culpa que afeta a ambos, o relacionamento dos dois deu início e o leitor observa camada por camada de Elle sendo desfeita e a paixão de Nico sendo despertada de forma libertadora.

O Destruidor de Corações está no comprido hall de livros do gênero onde há um bad boy poderoso que se apaixona por uma mulher afetada que cairá aos seus encantos, certo? Nem tanto! E acho que é aqui que o livro traz o seu diferencial que o faz ser destaque dos demais. Claro que podemos encontrar tópicos típicos de um romance hot, como o alto envolvimento sexual e o frisson em estarem um ao lado do outro. Elle é afetada emocionalmente, mas não se faz de coitada por isso, nem tão pouco se desespera de maneira louca quando se percebe apaixonada por Nico.

"Ele é uma contradição ambulante, tudo o que não parece ser. Suave, gentil, doce e brincalhão, nada parecido com o lutador bad boy que vi pela primeira vez há mais de um ano em uma luta sem sentido, que eu não tinha que estar."

Já Nico, apesar de todo os seus músculos e tatuagens, olhar típico macho alpha, em nenhum momento me pareceu o bad boy que temos como impressão ao início da leitura, pelo contrário, é ele que é a parte emocional da história. É o que se paixona primeiro, o que ver um futuro juntos primeiro e o que expressa o seu amor primeiro. E isso é bem legal, deu uma dinâmica diferente para a história em si, e por esse fato é bem difícil o leitor não se encantar por esse personagem.

Por outro lado, houveram alguns fatores que não me deixaram dar cinco corujinhas para esse livro. Primeiro, Elle é uma mulher que tem como objetivo controlar seus sentimentos para não sair da linha, ela sempre os limita, e de repente, em apenas um olhar, todos esses emaranhados de emoções a invade e ela se ver "caidinha" por Nico. Tá vamos lá, eu sei muito bem que sentimentos são confusos mas uma coisa é você ter um bloqueio emocional e caminhar lentamente para fora desse buraco, outra é você simplesmente se deparar no seu dia dia com alguém que lhe tira dos trilhos, e isso foi o que aconteceu com Elle, o que não me convenceu. Conheço diversas pessoas que sobrem com esse tipo de bloqueio e sei muito bem que não é exatamente assim que a pessoa sai de suas amarras e se mete de corpo e alma em uma paixão.

O outro ponto é que apesar de Nico ter voz no livro, aparentemente o conhecemos bem pouco, não entramos em seu mundo por completo, somo aproximados de sua forma de ser, de agir e de como são seus pensamentos, mas faltou aquela ligação mais profunda onde poderíamos sentir muito mais do personagem, acho que isso se dar pela falta de descrição mais detalhada desses sentimentos.

"Quando nos conhecemos, éramos duas almas feridas. Ambos mantendo os fantasmas de nossas vidas escondidas, por medo do que poderíamos encontrar. Mas nada poderia ter nos mantido à parte. Eu nunca acreditei em destino. Pensei que era um monte de porcaria que as pessoas leem nos livros."

O casal tem uma super química, são intensos, envolventes, apaixonados e completamente expansivos em seus sentimentos. Apesar da figura imponente que Elle demonstra por ser uma mulher decidida, que tem sua vida própria e uma carreira em ascensão, ela não tem medo em se submeter ao domínio de Nico, que não esconde que ela é exclusivamente sua. Em primeiro momento isso pode até não parecer bom os olhos por achar que ele é extremamente possessivo, mas não é o caso, ele se expõe de forma tão emocional e segura que é possível enxergar a cumplicidade e o respeito entre os dois

A obra tem narrativa em primeira pessoa pelas percepções de Elle e Nico, Como li em e-book não tem como falar da diagramação de forma mais detalhada, mais possui cerca de quarenta e nove capítulos mais o epílogo que são curtos e interligados. A revisão está de parabéns, pelo menos durante a minha leitura, não encontrei nenhum erro.

"Você preencheu todas as rachaduras do meu coração e me fez melhor."

23 comentários

  1. Olá
    Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas pela premissa e por seus comentários acho que gostaria de conhecer a história sim. Fiquei bem curiosa quanto aos personagens e suas características, especialmente pelos diferenciais no próprio enredo. Dica mais do que anotada!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu não tenho muita vontade de emergência embarcar nessa série, pois não sou muito fã de livros nesse gênero. Mas em contra partida eu gosto de acompanhar as resenha sua mesma, pois sempre acabo descobrindo algo novo rsrs. Gosto muito quando o livro e narrado em primeira pessoa, flui mais a leitura. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Apesar do modelo da capa ser totalmente lanchável, eu ainda acho esse tipo de capa muito apelativa.
    Achei a protagonista um pouco inconsistente porque é uma mulher forte e tal, mas sem muita coisa, já está rendida de amor pelo Nico. Enfim, é um livro que eu não leria.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    já conhecia o livro, mas confesso que estou fugindo do gênero faz algum tempo, não ando muito com paciência rs
    quem sabe em outro momento

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá more...
    Já conheci o livro pelas andanças nos blogs, e já está na lista de desejos!
    Ai queria ter a paciência pra ler e-book... mais não rola... amooo livros!!!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Bom tenho visto algumas pessoas falando desse livro e são opiniões bem controversas uns amaram e outros odiavam.Como eu amo um hot sei que vou amar a leitura. Percebi que você gostou bastante do livro, mas que em algumas partes deixou a desejar, mas em livros hot muitas coisas acontecem rápido que você acha que até perdeu alguma coisa do livro.Amei sua resenha está bem completa estava procurando uma resenha assim.Parabéns .

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Já vi algumas resenhas também positivas acerca da obra por aí. É legal ver que o rapaz demonstra primeiro suas emoções e que eles apresentam uma química intensa.
    Quero muito saber quais os fantasmas que assombram o passado do lutador e se Elle irá conseguir mandá-los embora.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei cada um dos capítulos. Inclusive essa trilogia é incrível! Adorei a química do casal, daquelas que te conquista da primeira página e não consegue mais parar de ler. Eu adorei a narrativa dessa autora é ótima, sem contar que a capa é daquelas que inspiram.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi Tâmara
    Eu já conhecia o livro de vista pelos blogs, mas nunca me animei em buscar pra fazer a leitura, não. Acho que essa capa é meio repelente, até curto hot e tal, mas acho essas capas que expoem corpos muito apelativas. Mesmo assim curti a tua resenha, acho que não compraria o livro, mas o leria sim se tivesse a oportunidade.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Confesso que o enredo não chamou minha atenção nas acho que é porque não sou muito fã do gênero e são poucos os livros Bessa pegada que né atrai. Fica para a próxima dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Olá Tâmara,
    Esse livro não chamou minha atenção e não fiquei curiosa em relação a ele, mas consigo entender você ter gostado da obra. Achei legal o personagem não fazer o estilo bad boy, mas, ainda assim, não consigo me convencer a ler.
    Vou deixar a dica passar pra mim, mas indicarei para uma amiga.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Quando esse livro foi lançado eu fiquei louca para o ler mas a vontade oi esfriando a ponto de eu nem lembrar que ele existia. Na verdade a sua resenha é a primeira que vejo dele e também a primeira opinião que vejo. Gosto muito do gênero mas essa premissa não me anima em iniciar a leitura, pois me pareceu uma trama sem tempero nenhum.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Tâmara, tudo bem?
    Essa é a primeira vez que ouço falar desse livro e apesar de ter achado a capa bonita, só de vê-la já sei que não vou curtir a história, pois atualmente existem centenas de capas parecidas com essa e com quase a mesma premissa, um romance entre uma mocinha e um mocinho 'bad boy' e a pegada sexual. Eu até leria se a parte erótica fosse deixada de lado, mas só pela capa dá para saber que esse gênero está presente e infelizmente ele não consegue me agradar. Para quem gosta e está acostumado pode ser bom, uma vez que o livro tem um diferencial onde o moço se apaixona primeiro.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Já vi várias resenhas sobre esse livro, mas percebi que não faz muito meu estilo.
    Mas sempre fico feliz quando vejo resenha de um livro nacional, mesmo que não faça meu gênero. E achei interessante essa introdução do MMA.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olha, se tem um gênero pro qual torço o nariz de cara é esse. Eu sei que existe um público muito grande, mas não consigo me enquadrar nele. Já li 2 ou três do gênero, mas não rolo de jeito nenhum. Eu fico feliz por ti e pela pessoas que gostam, mas pra mim infelizmente não rola.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  16. Oi, eu tenho relutancia no gênero do livro. Já tentei ler, mas nunca flui, sempre trava. Apesar de você ter gostado, não acho que seja uma leitura proveitosa para mim. Infelizmente, dessa vez, deixo passar. Sem falar que, na minha impressão, é sempre a mesma forma de bolo. Ai fica uma leitura bem repetitiva. :/

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá, Tâmara! Não conhecia o livro. Fico feliz por ser um título nacional e por ganhar uma boa resenha como a sua! Que seja um sucesso!

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá =) Não é um livro que me desperta o interesse. Capa linda, nome forte,porem já se espera umas enas hot eu não curto ler isso. Mas gostei da sua resenha, e que sabe eu não mude de ideia um dia e acabo lendo. Beijos'

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Confesso que esse não é um livro que chama muito a minha atenção, sabe? A premissa é até que interessante, mas não me senti muito animada. No entanto, eu achei interessante o personagem masculino não ser o bad boy que aparenta e também não fui convencida com esse bloqueio emocional da protagonista. Enfim, parece ser uma boa leitura, mas no momento não é uma aue eu faria.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Oie
    Então eu tento ler pelo menos um livro hot de vez em quando para abranger todos os gêneros mais não ta dando amiga eu odeio essa historia de olhei me apaixonei não estou dizendo que não pode acontecer só que tem que ser assim em tdos os livros? Eu li poucos ou nenhum livro da Editora charme não me recordo agora e parece ser a editora com os melhores hots vou me aventurar em algum quem sabe não dá certo se tiver uma dica para mim eu agradeço. Amwi sua resenha muito sincera já tinha visto o livro em outros momentos mais não me interressei você trouxe alguns pontos positivos qe acenderam uma chama quem sabe não o leio.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  21. Olá...
    Fico feliz que você tenha gostado do livro, porém, essa é uma leitura que nenhum pouco me atrai, pois, não curto livros hots, logo, não pretendo ler essa obra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Não gosto de livros hot, não curto ler cenas de sexo, e só por isso já não me interessaria pela leitura. Mas acho ainda pior essa questão da protagonista superar todo seu bloqueio emocional de uma forma meio mágica, isso é algo que realmente demora e ficaria bem incomodada por não conseguir acreditar no enredo, já que algo assim dificilmente me convenceria.

    ResponderExcluir
  23. Ola Tamara lindona já li a Trilogia dessa autora e confesso que Nico é o meu queridinho, gosto muito dos protagonistas e ambos me convenceram, uma pena que não aconteceu o mesmo com você, o que deixa a sensação de superficialidade.
    beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir