Resenha: Talvez Um Dia (Maybe #1)


Título Original: Maybe Someday | Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record | Ano: 2016 | Páginas: 368
Sinopse: Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.

Sydney sempre batalhou pela sua independência, escolheu seu próprio caminho e vivia confortavelmente na companhia de sua melhor amiga, Tori, e de seu namorado, Hunter, as pessoas em que mais confiava. Até que descobriu o quanto os dois eram traidores quando se envolviam pelas suas costas, como resultado, jogou sua raiva para fora através de belos socos e saiu do apartamento onde morava sem destino certo. Ao perceber que não tinha para onde ir e nem dinheiro no momento, ela analisa como sua vida chegou a esse ponto, debaixo de uma chuva torrencial, sentada em cima de sua mala.

"Isso pode soar um pouco cruel, mas essa garota não faz ideia de como necessito dela. Agora que tenho certeza de que encontrei minha musa, preciso me esforçar para que não escape de mim." p.35

Ridge, seu vizinho, que tinha se aproximado de Sydney a pouco tempo, resolveu ceder um quarto de seu apartamento até que ela encontrasse um local para ficar, é claro que no fundo existia um porquê, Ridge não estava disposto a perder de vista a garota que compunha letras maravilhosas e poderia lhe tirar do seu bloqueio letrista, fator indiscutível para continuar o sucesso da banda que participava.

Acompanhamos a interação dos dois dia após dia, desde quando os dois se comunicavam por mensagens através da sacada do apartamento até a maneira em que Ridge ajuda Sydney a passar pelo fim de seu relacionamento, observamos o talento dos dois em compor lindas músicas juntos, e também não podemos esquecer os outros moradores da casa que também dão toda uma dinâmica a história. Warren, que é o melhor amigo de Ridge, empresário de sua banda e também viciado em pornô, e Bridgette que jorra seu mau humor para todos, inclusive para Warren, com quem tem um relacionamento no mínimo estranho.


Colleen Hoover mais uma vez nos arrebenta as estruturas com um romance intenso, devastador e pulsante. Talvez um dia tem como plano de fundo a música e nos apresenta como coadjuvantes a lealdade de uma palavra e a importância dos sentidos, e isso nunca foi tão perturbador como nessa obra. A autora consegue nos envolver nesse conflito onde o "final feliz" nos leva a analisar os caminhos que ele terá que percorrer e quem se machucará por esse caminho. Assim como também nos faz ver, o quanto os sentimentos podem mudar no decorrer da vida, e o pior é que nada é programado, ele simplesmente chega e te derruba de uma forma que você não achava possível e se manter sensato não é tão simples quanto parece.

"Como é que duas pessoas ótimas e cheias de boas intenções podem acabar tendo sentimentos despertados por tanta bondade, mas que na verdade são tão ruins?" p. 167

Sydney e Ridge são perfeitos juntos, se conectam de maneira impressionante, o leitor simplesmente vivencia cada instante desse relacionamento com todas as alegrias e tristezas. Mas isso seria ainda mais incrível se Ridge não tivesse namorada, que por sinal não é nada antipática, nada feia e nada mal humorada. Maggie é daquelas personagens que cativam de cara e só não torcemos por ela pelo simples fato de já ter se conectado com a interação entre Ridge e Sydney.

"Fecho os olhos. Com cuidado, ponho o violão de lado e respiro fundo. Já faz semanas que não fazemos isso. Desde a noite em que ela me permitiu escutá-la cantando, mudamos totalmente a dinâmica da nossa relação de trabalho. Mas não é culpa dela. Nem tenho certeza se é minha. A culpa é da natureza, porque a atração é uma coisa terrível, e estou ferrado se não conseguir lidar com isso." p.160

Mas o coração é um músculo traidor, que insiste em não acompanhar o cérebro quando o assunto é sentimento, e a partir dessa relação dos dois, acompanhamos um romance atormentador, cheio de limites, tensão, paixão, culpa e respeito. É aí que a obra ganha seu diferencial. É difícil explicar todos os sentimentos que encontramos durante a leitura, até porque Hoover montou um cenário completamente diferente para a aproximação dos dois, onde gestos e emoções se comunicam muito mais do que as palavras, o que torna tudo mais íntimo, mais febril. E levanta como engate de todo esse relacionamento o fator moral, onde o julgamento nunca deve ser acompanhado pelo "nunca" ou "jamais", pois, como é proposto pela autora, nunca sabemos realmente essas definições até passarmos pela situação.

De forma geral, Talvez um dia cativa, envolve e levanta diversos questionamentos. Emociona-nos com letras incríveis e melodias encantadoras (que será assunto para um próximo post). A narrativa é feita em primeira pessoa pelas percepções de Sydney e Ridge. A letra está confortável para a leitura com folhas amareladas e espaçamento padrão. A capa é bem simples, mas traduz muito bem a história. Com certeza indico a leitura, inclusive para aqueles que nunca leram nada sobre a autora, sinto informar, mas você está perdendo uma ótima oportunidade.

"Algumas vezes na vida a gente precisa de dias ruins para manter os bons em perspectiva." p.279

28 comentários

  1. Oie
    Adoro a Colleen, mas ainda não li esse livro.
    Gostei da sua resenha e agora estou mais ansiosa para ler Talvez um dia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá
    esse livro é mesmo maravilhoso. E é claro que adorei sua resenha, especialmente porque soube descrever bem o que eu mesma senti ao fazer essa leitura. A autora é maravilhosa e todos os seus personagens são inesquecíveis

    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Nossa que complexo, gostei da autora cololocar esse conflito, e de colocar a protagonista na mesma posição que a Maggie, uma solução facil seria o mocinho terminar com a namorada, mas nada é tão facil né? XD
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá
    adorei sua resenha. Impossível não ama esse livro né?! Sou completamente apaixonada por todos os personagens e dilemas. Seus comentários definiram bm o que eu mesma senti com a leitura.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  5. Esse é sem dúvida, o meu livro favorito da autora, embora eu adore todos. Adorei a peculiaridade do protagonista, amei o amadurecimento da Sidney e a questão musical, foi uma sacada mega inteligente da autora.
    Amei!!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oiee

    Esse livro é maravilhoso!!
    Não pensei que fosse gostar tanto quando comecei e sua resenha descreveu exatamente o que senti.
    Amei!! Excelente resenha.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Vejo tanta gente falando que ama essa autora e que ela escreve bem e (vários elogios), mas nunca peguei realmente para ver do que se trata. Fico na dúvida de se eu estou perdendo algo muito bom ou se estou deixando de lado algo que não me agradaria muito. Pretendo conhecer a autora, mas acho que começaria por outro título, "O caso perdido" se não me engano. Ótima resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Acredita que nunca li nada da Colleen Hoover?? E o pior, nunca tive muita curiosidade. Não curto muito essa capa, mas saber que é um romance estruturado me atrai um pouco. Quem sabe eu leia algo dela algum dia.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  9. Oi Tamara,
    Eu me apaixonei pela escrita da Hoover em Um caso perdido, adoro como ela brinca com os sentimentos dos leitores e tem o dom de desenvolver personagens cativantes e não convencionais. Eu já havia recebido uma recomendação espetacular desse livro e a sua resenha tão tocante veio enfatizar a minha necessidade de fazer essa leitura o mais rápido possivel.
    Sua resenha está maravilhosa.
    Beijos
    Conversas de Alcova ♥

    ResponderExcluir
  10. Ola lindona eu amo esse livro, as emoções de cada personagem chega ao leitor de maneira intensa, adoro todos eles, Sid e nosso protagonista são lindos juntos, e o que dizer de Maggie tão verdadeira, mas acredito muito em destino e cada segue o seu. Como sempre a diva conquistou meu coração com esse livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  11. Eu acho a premissa desse livro encantadora e não vejo a hora de ler. Coitadinha, o presente de aniversário foi terrível e deve ter sido muito difícil para ela. Sobre o vizinho... sem comentários, quero ler e saber tudo dessa história, estou morrendo de curiosidade para ver no que vai dar.

    ResponderExcluir
  12. Ola Tâmara,
    Esse livro é um dos favoritos da vida pois o triângulo amoroso foi tão bem construído que foi impossível torcer para um ou para outro. Adorei ver que você curtiu a leitura e isso encheu meu coração de alegria de um jeito que você não imagina.
    Ele é bem emocionante mesmo.
    Parabéns pela incrível resenha.
    Beijão,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    EU já li esse livro e adorei a trama! A autora me conquistou totalmente com essa trama, e me emocionei bastante com a história. É linda, fofa, daquelas que não quer mais que acabe.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Oiee Tâmara ^^
    Aaah, eu também amo este livro! Tinha expectativas altas para ele quando iniciei a leitura, pois gosto bastante das histórias da autora, mas ele se superou, e me surpreendeu bastante! Até hoje escuto as músicas da trilha sonora e não me canso delas nunca! É uma história linda, né? Eu queria tanto que a Maggie fosse chata....kkkk' não consegui torcer para ninguém.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Gosto bastante da escrita da autora e esse livro está na minha lista de próximas leituras.
    Acho cativante os diálogos entre os personagens que Colleen cria e as capas são sempre lindas!!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. A Colleen é uma autora ímpar que simplesmente amo.
    Sua resenha está muito linda e esse livro parece ser realente apaixonante. O adicionei a minha lista de leitura e espero muito em breve conseguir lê-lo

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  17. Ooi! Tenho visto que está autora está ficando bem conhecida :D nunca li nada dela, mas já tinha um certo interesse por esse livro. Gostei da resenha!
    Beeijos

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Vi muitas pessoas falarem bem desse livro e desde então estou bem curiosa para conhecê-lo. O problema é que fico muito apreensiva com triângulos amorosos, ainda mais quando todos os três são pessoas incríveis e carismáticas, fica difícil tomar um partido dessa forma. Sem falar que alguém acaba saindo com o coração despedaçado no meio e é algo que me deixa um pouco triste. No entanto, sei que preciso deixar esse receio de lado para conhecer a obra que tantas pessoas gostaram. Irei ler o livro um dia e espero gostar tanto quanto você.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  19. Sempre que leio alguma resenha desse livro, fico louca da vida para ler! Acompanhar a aproximação dos dois personagens dessa forma diferente com a música conectando-os deve ser mais que especial. Realmente fica difícil com a Maggie sendo legal e quero saber o que acontece mais no decorrer das páginas. Amei a resenha!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi, Tâmara

    Colleen é destruidora! Eu amo essa mulher e não vejo a hora de poder ler Maybe Someday. Só não li ainda porque ele estava caro no lançamento e agora eu estou cheia de leitura de parceria pra fazer, não faz sentido comprar e deixar esperando...vai que o preço diminui ainda mais? hahahaha
    Mas tenho certeza que vou amar, vou chorar, me irritar e, ao final, vou favoritar o livro assim como você! hahahhaha
    Essa junção com a música deve ter ficado espetacular! Eu consegui me segurar e ainda não ouvi nenhuma, quero ter o prazer de ouvir ao longo da leitura!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Você acredita que ainda não li nada da Colleen? Estou querendo começar, mas não sei qual escolher, já li tantas resenhas de livros dela... vou considerar esse, por causa de sua resenha maravilhosa!

    ResponderExcluir
  22. Sua resenha ficou maravilhosa! Eu não li essa obra ainda, mas tenho muita vontade. Depois que eu li meu primeiro livro da autora fiquei muito empolgada para conhecer outras. Essa história parece ter um grande diferencial, além de ser envolvente e cheia de sentimentos. Gosto de clichês, mas também gosto quando causam impactos do tipo, amei!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  23. Oi, não sei porque ainda não li nada da Collen. Já vi muita gente falando super bem dos livros delas e além da sua também vi outras resenhas elogiando esse livro. A cada resenha eu fico com mais vontade de ler, porém não sei porque nunca leio. Talvez sejam muitas leituras acumuladas...
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá...
    Adorei a sua resenha!
    Li recentemente um livro da Collen Hoover e simplesmente AMEI! A escrita é dela é super envolvente e intensa, onde, os personagens são bastantes reais. Acho que TALVEZ UM DIA é uma leitura que muito me agradaria e com certeza irei botá-lo na minha lista de desejados.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  25. O que falar dessa autora? Entre diversas obras ela soube nos presentear de uma forma incrível em forma de livro com "Talvez um dia"... Eu sou apaixonada pela história deles, pelo jeito que os protagonistas interagem e pelo fato de que as músicas ali presentes realmente estão disponíveis para o leitor escutar. Isso é algo que me deixou tão in love que fiquei semanas sem conseguir ler nada após o fim... Sua resenha está incrível e faz jus a essa linda história que podemos presenciar nessas poucas páginas, mas que nos marcam muito!
    Um beijo
    www.brookeebells.com

    ResponderExcluir
  26. Olá!

    É incrível como eu concordo exatamente com tudo que você disse sobre esse livro. Sério mesmo, eu não tenho palavras suficientes para definir o quanto essa obra é completa, bem escrita, inspiradora, tocante e maravilhosa. Eu fiquei no chão com tudo que a Colleen escreveu nessa trama e embora eu ache "O lado feio do amor" perfeito, acho que "Talvez um dia" é o melhor livro dela, sem dúvidas. Sou apaixonada pelo Rigde e pela Sidney. <3

    Abraço.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  27. Oie
    quero muito ler o livro, parece ser mega interessante já que amo a autora e como sempre o enredo me atraiu demais, adorei a resenha e que bom que curtiu tanto a leitura

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Mesmo não gostando de new adult eu sou louca para ler esse livro, eu nunca vi uma sequer resenha ou pessoa que não gostou dele e isso só faz reforçar a minha vontade a cada dia.Adoro livros que envolvem musicas, e quero muito ver como vai ser tratada a questão da melodia e não só das letras no livro.

    ResponderExcluir