[Descomplicando] Desenvolvimento do conto


"Naquele amor cheio de historia,existe um pesadelo!"

(Autor desconhecido)


desenvolvimento  (ou a complicação) – É nessa parte da história é que começa a se instaurar o conflito do conto; o climax! 


O clímax – É momento culminante da narrativa. Obrigatório em todos os contos, e é importante ressaltar que é apenas um conflito!  É no climax que (como leitor) nos encontramos com aquele momento de maior tensão, no qual o conflito atinge seu ponto máximo. 


Existe também o climax psicológico! No climax psicológico é voltado para os elementos de ordem sentimental dos personagens, revelado pelas emoções, pela imaginação e pelas lembranças do passado. Notamos que neste tipo de climax, a tendência dos acontecimentos é fugir da ordem natural em que muito se aplica uma técnica denominada de flashback, a qual consiste num fluxo de consciência em voltar ao tempo, de acordo com as experiências antes vividas. 

Como um contador iniciante é legal começar com um conflito físico, ir treinando e depois ir para o psicológico que já exige um pouco mais do escritor; como: Domínio da história, frases ou trechos de impacto, não se perder cronologicamente, não deixar o leitor se perder... Enfim, uma bom desafio!




Mariane Helena.

24 comentários

  1. Algumas pessoas acham que porque lemos muito, obrigatoriamente, temos que querer escrever um livro ou algo do gênero.
    Sou muito feliz apenas lendo porém admiro muito quem escreve. Meio obvio isso não é mesmo? =)
    Pra quem tem essa vontade de passar para o outro lado, de começar a escrever, começar por um conto, talvez, seja mais descomplicado.
    E seu post auxilia muito nisso. Parabéns!

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado LiteraKaos! Com cordo com vc... e fico feliz em auxiliar de alguma forma :)

      Excluir
  2. Escrever um conto é sempre complicado.. rs... eu tento me preocupar sempre com essas voltas todas que são necessárias. Ótimas dicas!

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho sempre complicado Raissa... Principalmente pra quem é poeta, mas as dicas são pra auxiliar mesmo! Q bom que vc gostou delas ^^ <3

      Excluir
  3. Olá,

    Gostei muito das informações, concordo plenamente que ter um controle da história é um requisito inicial para depois evoluir para o aspecto psicológico.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Vivianne! A ideia é descomplicar mesmo, e dar as dicas que geralmente não recebemos quando pesquisamos na internet ;)

      Excluir
  4. Oi!
    Ótimo post! Eu sempre quis escrever e tal, mas sempre acabo desistindo, minha paciência é bem curta, porém de vez em quando vem umas ideias e inspirações que eu não deixo passar e acaba saindo algo haha'
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana Vitor! Continue assim, sempre que a ideia vier, (seja ela qual for... como for) escreva! joga tudo no papel! depois vc organiza... por exemplo se quiser escrever um conto. PEga tudo o que veio na sua cabeça, depois que jogar tudo no papel, volta aki no blog e pega essas dicas... Assim vc vai saber organizar e aproveitar melhor "suas ideias soltas"

      bju bju

      Excluir
  5. Oi, adorei a postagem, ótima dica para quem pretende escrever um conto, ver que não é tão simples, que existe tecnicas e metodos e deve-se ter um controle da historia para depois evoluir para o aspecto psicológico.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Thatyane! A literatura apesar de ser essencialmente inspiração, existem essas "regrinhas" para nortear, e as vezes até facilitar a vida do autor.

      bjus querida!

      Excluir
  6. Bem eu não tenho pretensão de escrever, leio muito mais acho escrever um dom e este não foi me dado. Contos são bem dificies de escrever pois o autor tem que enredar o leitor com um numero reduzido de paginas e ainda conseguir finalizar sem deixar de agradar ou seja não é para mim.
    Adorei as dicas
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade Mary! O conto é tudo isso mesmo... Mas essa coluna foi criada também para quem não pretende escrever, mas tem curiosidade... amor pela literatura... Então espero te ver sempre por aki! bju bju

      Excluir
  7. Oie!
    Eu já tentei algumas vezes escrever, e muitas vezes o climax fica ótimo na minha cabeça, mas não consigo colocar no papel. Claro que faltou eu tentar mais vezes, mas sempre acabei deixando de lado a minha escrita por causa disso kkk
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei bem o que é isso Carla! Bom porque não tenta escrever usando o passo-a-passo que deixei aqui? Te faça perguntas antes de começar o texto, por exemplo: quem são meus personagens? onde ocorre a história? Qual é o climax? qual é o desfecho?... e dai através dessas respostas curtas e objetivas, vc ficará mais segura da sua história, com menos chances de se perder!

      Bons escritos pra ti! ;)

      Excluir
  8. Olá!
    Acho que escrever um conto é muito mais complicado do que escrever um livro, porque tem que ser pequeno, não se consegue aprofundar muito bem no assunto. Achei muito legal isso que você escreveu para clarear as ideias.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carolina! já deixei muito claro que também acho muito dificil escrever contos, tentei deixar o mais simples possivel para que todos consigam! Admiro os grandes mestres contistas, pois escrever um conto é realmente uma linda arte.

      Que bom que ajudei em algo.... bju!

      Excluir
  9. Olá.
    Ameiiii essa coluna.
    O clímax é definitivamente a melhor parte de uma história né, que nos prende de uma forma maravilhosa. Mas não sabia a diferença entre o clímax psicológico e o físico. Adorei o esclarecimento... Descomplicou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou!
      Me deixou muito feliz em saber ^^
      Espero te ver sempre por aki <3
      bju bju

      Excluir
  10. Olá, tudo bem.

    Postagem muito boa. Com certeza ajudou muito a esclarecer dúvidas. Gosto de contos, mas sinto que alguns não me envolvem como eu queria, mas as vezes acho que cobramos demais. Quando eu como escritora, vem umas ideias, mas não anoto e deixo passar. aff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tudo bem Ana Lícia!

      Que bom que gostou do post! A ideia aki é descomplicar mesmo, mas eu acho que todo texto tem valor. Alguém nesse mundo vai gostar! Por tanto não desista de seus textos, tem alguém no mundo esperando por ele e mais é com os erros que vamos aprimorando nossas letrinhas... ^^

      bju!

      Excluir
  11. Oie
    que legal a coluna, e bem diferente também, adorei como vc esclareceu as coisas

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Catharina! fico mto mto mto mais mto feliz mesmo... volte sempre! <3

      Excluir
  12. Quando a gente lê sempre parece mais fácil, mas quando a gente vai escrever a coisa não é tão simples assim. estes conflitos quando são tramados exigem muita atenção para que não se perca o foco.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isso mesmo Greice! é bom conhecermos como é feito para valorizar quem faz ne?! bju

      Excluir