Resenha: O Exorcista

Título: O Exorcista 
Título Original: The Exorcist 
Autor: William Peter Blatty 
Editora: Agir 
Páginas: 336 
Ano Lançamento: 2013 

Sinopse: O mal toma várias formas e a literatura e o cinema parecem se desafiar a criar inúmeras personificações desse mal. Seja com monstros, formas deformadas de nós mesmos, ou demônios, a indústria do entretenimento sempre foi bem-sucedida em representar a essência do nosso lado mais reprovável. O exorcista, no entanto, conseguiu ultrapassar esse limite. Inspirado em uma matéria sobre o exorcismo de um garoto de 14 anos, o escritor William Peter Blatty publicou em 1971 a perturbadora história de Chris MacNeil, uma atriz e mãe que está filmando em Georgetown e sofre com as inesperadas mudanças de comportamento de sua filha de 11 anos, Regan. Quando a ciência não consegue descobrir o que há de errado com a menina e uma nova personalidade demoníaca parece vir à tona, Chris busca a ajuda da Igreja no que parece ser um raro caso de possessão demoníaca. Cabe a Damien Karras, um padre da universidade de Georgetown, salvar a alma de Regan, enquanto tenta restabelecer sua fé, abalada desde a morte de sua mãe. Em O exorcista, Blatty conseguiu dar ao demônio a sua face mais revoltante: a corrupção da alma de uma criança. A jovem Regan é, ao mesmo tempo, o mal e sua vítima. Ela recebe a pena e a revolta dos leitores e espectadores em doses equivalentes e, mesmo quarenta anos depois, seu sofrimento e o abismo entre o que ela era e o que se torna continuam nos atormentando a cada página, a cada cena. Até, enfim, descobrirmos que não se trata apenas de uma simples história sobre o bem contra o mal, ou sobre Deus contra o demônio, mas sobre a renovação da fé. 


Análise: 

Esse é um livro aterrorizante e muito envolvente, deixa o leitor divido entre a razão do ser humano e a fé do qual nós seguimos e acreditamos. O que parceria ser um simples problema psiquiátrico, abala totamente a vida da atriz de Hollywood Chris MacNeil, sua filha está no ponto de vista religioso, possuída por um demônio. 

A pequena Regan começa a ficar doente e sua situação começa a se complicar, sua mãe pede ajuda de diversos médicos renomados e a única conclusão é que ela sofre de problemas de cabeça e sem nenhuma solução para cura, tornando assim o seu quadro ainda pior. 

A forma e enredo do livro é aterrorizante, o autor possui uma escrita que deixa o leitor angustiado e ao mesmo tempo em total terror e querendo não largar o livro, pois cada capitulo se torna mais envolvente em procurar uma solução para o estado em que se encontra Regan. Toda história passa na década em torno dos anos 70 e 80, aproximadamente, sem uma solução e uma provável cura completamente desacreditadas, a mãe de Regan busca ajuda espiritual, mesmo ela sendo incrédula sobre esse assunto, ela decide pedir ajuda para um padre. 

São diversos personagens, durante o decorrer da história passamos a conhecer outras pessoas e sua importância para esclarecer o caso da garota, mas o personagem principal é o Padre Karras, que é procurado para ajudar no caso da Regan. O Padre Karras é colocado em diversas situação que acaba atormentando todo o seu ser, são coisas do passado que vem à tona para mudar toda sua vida. Um livro de arrepiar e para ficar com mais medo é muito melhor ler na parte da noite, na rede social Skoob, o livro recebeu nota de 4.4


11 comentários

  1. sempre quis ler o livro O Exorcista. O filme é um clássico do terror e acredito que essa discussão de fé e medicina vai longe.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. eu não tenho coragem de ler esse livro não. Se perturbou o padre que narra, imagina uma menininha como eu? haha.
    Beijooo, Mari

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rafael. Tudo bom?
    Infelizmente eu já vi o filme por pura e espontânea pressão dos amigos, porque eu sou a maior cagona, tenho pavor de filme de terror e obviamente, não leio e nunca vou ler rsrsrs. Sério, essas paradas de espírito, Jesus amado hahaha to fora! :P
    Mas pra quem curte, claro, deve ser um livro e tanto. XD
    Abraço!
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  4. Tenho pavor de histórias de terror, seja livro ou filme sempre passo longe. Assisti o exorcista quando era adolescente e até hoje tenho medo... rsrs

    Beijo
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu até gosto de livros de terror, mas este definitivamente é um que eu não leria. Tem coisas com as quais prefiro não "brincar" e essa temática é uma delas. Anjos caídos, ok... Uma série Supernatural da vida, até rola, às vezes, mas O Exorcista é definitivamente demais para o meu psicológico.

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu nunca li esse livro, assim como nunca assistir os filmes relacionado ao O Exorcista, rs. COnfesso que sempre tive medo sobre o tema, e acabo optando por não procurar mais sobre o assunto. A história mostrou-se interessante, mas vou deixar para outra hora.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Hello!

    Nossa, esse titulo O Exorcista ja me deixa tensa, com certeza nao seria um livor que eu pagaria para ler, pq eu morro de medo e evito mesmo.
    Ainda bem q teve resenha aqui e pude conhecer mais do livro. Infelizmente nao é uma historia para mim, so de ler a sinopse ja vi que tem cenas fortes e eu morro de medo mesmo.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  8. Oiie
    nossa, eu necessito ler esse livro, gente, só vejo resenhas positivas e é um gênero que curto muito então eu preciso ter na estante sabe? haha adorei a dica e que bom que foi boa a leitura para ti

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    A resenha ficou ótima, mas infelizmente não tenho coragem para ler esse tipo de livro, só de pensar já fico com medo!!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  10. Oiee

    Eu adoro livros assim!! E já fiquei interessada nesse.
    Sua resenha ficou ótima e para os fãs uma grande dica.
    Vai para minha lista.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu assisti ao filme faz um tempo, até hoje eu lembro de algumas cenas que me marcaram!
    Tenho vontade de ler o livro, ele deve ser melhor e mais intrigante que o filme, né?
    Ainda mais por ele ter sido favoritado pelo Rafael, fico mais curiosa ainda.

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir