Resenha: Não queira saber

Título: Não queira saber 
Título Original: You don't want to know 
Autora: Lisa Jackson 
Editora: Bertrand Brasil 
Páginas: 462 
Ano Lançamento: 2016 

Sinopse: Todas as noites, em seus sonhos, Ava vê o filho, Noah. Porém, quando ela acorda, é novamente arrebatada pela verdade aterradora: Noah desapareceu há dois anos, e seu corpo nunca foi encontrado. Quase todos, inclusive Wyatt, o marido meio ausente, supõem que o menino tenha se afogado após cair do cais próximo a sua casa, na Ilha Church. Ao longo desse período, Ava passou a maior parte do tempo internada em hospitais psiquiátricos de Seattle, arrasada pelo luto e incapaz de recordar os detalhes do desaparecimento do filho. Contudo, à medida que suas faculdades mentais voltam ao normal, as suspeitas aumentam. Apesar da preocupação que os outros demonstram, ela não consegue se livrar da sensação de que a família e a psiquiatra sabem mais do que dizem. Será apenas preocupação com o seu bem-estar? Ou medo de que Ava descubra alguma coisa? Estará enlouquecendo? Será que Noah ainda está vivo? Ava não irá desistir enquanto não obtiver respostas; a verdade, contudo, é mais perigosa do que ela imagina — e o preço talvez seja mais alto do que espera pagar. 


Análise: 

Sinistro! Primeiramente é a única coisa que posso falar de um livro que deixa todos os personagens como suspeitos. O livro vai contar o dilema de uma mãe do qual seu filho sumiu e quem sabe ele não esteja morto. 
 “Ela estava mesmo com cara de preocupação. Ava quase acreditou. Quase. Pág 115”. 
Ava Garrison é uma mulher rica e bem sucedida, com uma família protetora e um bom casamento. O pesadelo começa quando Ava acorda e não encontra mais o seu filho, tudo acaba desmoronando em sua vida e todos ao seu redor. 
“Ava aumentou um pouco o ritmo. Olhava fixamente para a luz fraca da lanterna. Pág 223”. 
Dois anos se passaram sem nenhuma pista e o que é pior, sem encontrar o corpo do menino, ninguém sabe o que motivou o sumiço inesperado do filho de Ava, qualquer um pode se tornar suspeito. A autora soube trabalhar com um enredo bem fechado, não deixando espaço para tentarmos descobrir quem e porque de ter sumido com o garoto. 
 “A boneca caiu da mao de Ava e se estatelou no chão. O olho semiaberto parecia encarar a mulher de um jeito incriminador. Pág 253”. 
Tudo ao redor de Ava acaba entrando em colapso, sua família acha que ela está com sérios problemas mentais por culpa do sumiço do seu filho, seu casamento com o bem sucedido advogado Wyatt está totalmente abalado e ele tenta fazer de tudo para manter a sanidade da sua esposa. 
“Levantando-se da cama, Ava, mais uma vez, cometeu o ato ridículo de fingir que engolia os remédios antes de joga-los no vaso sanitário. Pag 363”. 
 Deixo uma dica super importante para todos os leitores, não tente se descabelar tentando descobrir quem são os verdadeiros culpados, a escritora deixou bem construído os personagens e fica bem difícil de achar algum suspeito, mas é uma leitura bem angustiante. Na rede social Skoob o livro recebeu nota de 4.5


9 comentários

  1. Se não fosse uma mulher que escreveu diria que esse livro é de Harlan Coben só pelo mistério do sumiço do corpo do menino.
    Uma história que com certeza iria ler, sem medo.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Esse livro já conseguiu chamar minha atenção, adoro um bom mistério e esse parece ótimo, mesmo o tema 'filho sumido' ser já bem explorado, acho super instigante e aflitivo.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, que livro angustiante. Nossa. A sinopse me passou uma angustia e um ar sinistro ficou no ar. Já quero ler,kkkkk.
    E como você mesmo disse é uma leitura angustiante, mas que vale a pena. Eu fico imaginando a angustia da Ava e também quero saber a verdade como ela. Gente, quero muito ler esse livro agora. Fiquei super curiosa.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Nossa, esse será um livro que vou ler e vou ficar roendo as unhas para saber o que está acontecendo na trama. Eu não conheço a narrativa da autora, mas sempre leio bons comentários sobre suas tramas. Fiquei curiosa.
    Bjks!
    Histórias Sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Se a história não tivesse me cativado e todo o suspense me volta do corpo do garoto, não fosse meu gênero preferido. Ainda sim, leria por causa da capa. Resenha curta e direta, adorei.

    Abraços,
    www.isaaczedecc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi
    onde eu posso comprar esse livro mesmo? Sério eu preciso desse livro agora!! Preciso de dinheiro pra comprar ele é preciso dele. ADOREI a sua resenha parabéns!!

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Vi essa resenha em outro blog e me apaixonei pela história! Quero muito saber como será o desfecho de Ava e se o filho realmente está morto... Angústia do começo ao fim!

    ResponderExcluir
  8. Esse é o meu tipo de livro
    Adoro esses enredos de deixar de cabelo em pé e que nos prende até o final.
    Não conhecia o livro, nem a autora, mas diante das suas impressões sei que preciso ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  9. Nem uma dica de o que aconteceu com a criança???? caramba que maldade...fiquei curiosa e vou ter que ler, pois adorei a tua resenha e a dica é maravilhosa!!!!

    parabéns!

    bjs

    ResponderExcluir