13 Horas: Os soldados secretos de Benghazi

Título: 13 horas: Os soldados secretos de Benghazi 
Título Original: 13 Hours : The Secret Soldiers of Benghazi 
Autor: Mitchell Zuckoff 
Editora: Bertrand Brasil 
Páginas: 350 
Ano Lançamento: 2016 

Sinopse: 13 Horas apresenta, pela primeira vez, a história real dos acontecimentos de 11 de setembro de 2012, quando terroristas atacaram o Complexo da Missão Especial do Departamento de Estado dos EUA e o Anexo, base da CIA, em Benghazi, na Líbia. Uma equipe de seis soldados lutou bravamente para repelir os agressores e proteger os americanos que lá trabalhavam, indo além de suas obrigações e realizando atos extraordinários de coragem e heroísmo para impedir uma tragédia ainda maior. Este é seu relato pessoal do que aconteceu durante as treze horas do infame atentado. Pondo em pratos limpos o ocorrido em uma noite encoberta por mistério e controvérsia, este livro instigante leva os leitores para dentro da história desses heróis que arriscaram sua vida uns pelos outros, por seus compatriotas e por seu país. Escrito por Mitchell Zuckoff, autor best-seller do New York Times, 13 Horas é uma obra atordoante que fará o leitor arregalar os olhos – e, o mais importante, é a verdade. A história sobre o que enfrentaram aqueles homens – e a grandeza do que realizaram – é inesquecível. 


Análise: 

13 horas é o relato angustiante de um ataque sofrido na embaixada dos EUA e no Anexo, base da CIA em Benghazi, transformando em um completo terror e interminável busca para sobreviver. 
“Jack tinha aterrissado em um país que a maioria dos americanos conhecia apenas por meio de manchetes perturbadoras. Pág. 29”. 
São apenas seis soldados que estão com um único objetivo, poder salvar o embaixador Christopher Stevens e outros americanos que estão encurralados e questão de tempo para serem mortos pelos inimigos.
 “À medida que os árbitros tomavam decisões questionáveis a multidão ficava agitada. Página 33." 
O autor se preocupou em relatar minuciosamente o relato do antes e depois dos ataques, trazendo informações que à mídia desconhecia, tornando um livro rico em detalhes com o depoimento dos soldados que estiveram frente à frente com os inimigos.
 “Se o desafio e o dinheiro é o Yin, o perigo era o Yang. Página 37.” 
Durante toda leitura, vemos os esforços dos seis militares americanos em salvar seus companheiros, suas únicas preocupações eram para que todos fossem salvos com vida. Os ataques são intensos e implacáveis, os inimigos estão com poder de fogo pesado, até mesmo lançador de granadas e rifles de alto impacto. 
“Atrás do Prédio C havia portas de vidro que ficavam de frente para o muro norte do Anexo. Página 53” 
Um livro que vai deixar o leitor sem folego logo no primeiro ataque contra os americanos, na rede social Skoob o livro recebeu nota de 4.2


14 comentários

  1. Olá Rafael, tudo bem?
    Eu já tinha lido alguns comentários sobre esse livro e fiquei bem curiosa sobre como o autor iria trabalhar em sua narrativa. De fato, deve ser uma trama bem angustiante, e acredito que o leitor precisa estar atento a todos os detalhes, devido a sua complexidade, estou certa? Que bom que o autor faz relatos minuciosos, principalmente para que haja uma compreensão ainda maior.
    Beijos,Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi, a historia parece ser bem densa e a escrita bem intensa, por se tratar de um fato real que está gravado na memoria de muitos. Não conhecia o livro e acho (não tenho certeza) que tem um livro sobre esse livro. Sua resenha trouxe os pontos de forma clara e fluida
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hey, putz que desejo de ler esse livro. Acho que um autor que sabe escrever uma história desses relatando um acontecimento cruel e importante merece ser lido. Acredito que o livro deixe a gente completamente sem ar, porque a história em si é interessante

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Olá Rafael
    Não sou muito de ler relatos militares, mais por falta de oportunidade do que de vontade, no final acabo escolhendo um relato de sobrevivência, mas essa história é bem interessante e até hoje existe um certo mistério por causa de informações desencontradas nas mídias, é um livro que eu leria.
    Beijo

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi ..Não conhecia o livro, estou desatualizada de lançamentos..
    Acho que a história não faz muito meu estilo, mas sei que meu marido adora e vou
    passar a dica p ele.
    abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Amei essa premissa! Eu amo livros com bastante ação mesmo! Imagino a angústia desses acontecimentos e acho que isso foi repassado para as páginas do livro. Com toda certeza irei ler. Abraços
    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Quase pedi a editora esse livro 13 horas, achei mto legal a premissa e a capa está perfeita.
    Aainda mais que tem o filme, fiquei louca pra ler antes de assistir.
    Adorei saber que o livro é intrigante e que vai nos deixar sem fôlego.
    Ainda vou ler.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei bastante curiosa para saber se os 6 soldados conseguiram salvar o embaixador. Esse livro parece ser do tipo que só largamos quando chegamos no final.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  9. Oie

    Eu gosto de livros baseados em fatos reais, ainda não tinha visto esse, mas claro que fiquei interessada.
    Com certeza deve deixar a gente sem ar!

    Bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ai, para com isso, fiquei agoniada só lendo a resenha. Isso é injusto, porque estou "pobre" e não tô podendo comprar livro novo agora! Aff.
    Eu gosto muito de livros com temáticas como essa. Acredito piamente que, embora as forças armadas não devam governar, devem ser valorizadas e gosto dos livros que assim o fazem (independente de ser a brasileira, americana, canadense... Não me importa... Acho lindo a valorização daqueles que escolhem devotar a vida a defender a população em caso de guerra).

    ResponderExcluir
  11. Oi.

    Teve a estreia do filme no cinema, vi o trailer da última vez que fui ao cinema, fiquei com muita vontade de assistir ao filmes sem saber que também era um livro. Gosto muito de livros que se passam durante alguma guerra, conflitos, etc. Vou ler e assistir o filme com certeza!

    ResponderExcluir
  12. Oi

    acho interessante esse tipo de leitura, apesar de não ser as minhas preferidas! são tão fortes e realistas né?

    estava a tempos curiosa por causa da capa, e agora que li a resenha fiquei ainda com mais vontade de ler!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Gosto muito de livros que relatam fatos reais, então esse livro despertou meu interesse. Só o fato de você falar que ele relata alguns acontecimentos que a mídia não teve acesso já é um ótimo ponto positivo.
    Adorei a dica, obrigada! Vou lê-lo com certeza.

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir