Resenha: Os Miseráveis

Título Original: Les Misérables 
Autor: Victor Hugo 
Editora: Cosac Naify 
Páginas: 1288 
Ano Lançamento: 2002 

Sinopse:Edição comemorativa do bicentenário de Victor Hugo (1802-1885), em tradução inteiramente revista e adequada à leitura contemporânea. Esse tratamento e a edição com 816 notas de pé de página, elucidativas do contexto histórico e cultural da França no século XIX, fazem desta a versão definitiva da obra em português. Hugo narrou seu romance magistral numa linguagem que representou para a literatura "o mesmo que a Revolução Francesa na História", segundo o crítico Sérgio Paulo Rouanet. O fio condutor é o personagem de Jean Valjean, que, por roubar um pão para alimentar a família, é preso e passa dezenove anos encarcerado. Solto, mas repudiado socialmente, é acolhido por um bispo. O encontro transforma radicalmente sua vida e, após mudar de nome, Valjean prospera como negociante de vidrilhos, até que novos acontecimentos o reconduzem ao calabouço.
Análise: 

Em uma única resenha é impossível falar desse maravilhoso e espetacular livro, do qual já está na minha lista dos tops 10. “Os Miseráveis” é a essência da literatura mundial, em suas mais de mil páginas que levam o leitor para França do Século 19 e vemos o lado do luxo e o lado da miséria. Antes mesmo de falar sobre essa obra, vou me esforçar ao máximo em falar sobre a escrita do autor. 

Victor Hugo possui uma genialidade que prende o leitor logo no inicio do livro, uma coisa do qual eu notei foi que ele procurar detalhar todas as coisas que estão entre os personagens, cenários, lugares, paisagens é tudo minimamente descrito. Um ponto em questão que levo aos leitores é o narrador que interagem com nós, tornando assim uma leitura bem fluida e dinâmica. 

O personagem principal de toda história é chamado de Jean Valjean, ele é preso por uma questão de sobrevivência e com isso passa em uma gáles por cerca de 19 anos. A vida de Valjean se torna um inferno, no fundo do poço e sem perspectiva de vida, Jean passa por muitas dificuldades e provações. São inúmeros personagens do qual acaba tendo um fator que sempre vai acabar encontrando com Jean, uma ligação direta e indiretamente. 

O livro como um todo te leva ao amor e ódio, deixando qualquer um que ler perplexo com as mais diversas situações. Em poucas palavras, esse livro é essencial para ser lido o mais depressa possível, sei que muitos vão se assustar pelo tamanho do livro, são quase 1.300 páginas! Uma leitura agradável e fluida, mostrando todas questões sociais da luxuria e da extrema miséria. Na rede social Skoob o livro recebeu avaliação 4.4


18 comentários

  1. Olá Rafael!
    Tenho muita vontade de ler esse livro. Pretendo encarar um dia, mais para a frente.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  2. A obra é simplesmente espetacular! (E enorme), tem uma genialidade eximia, e é impecável. A maneira como o autor construiu os personagens, que fez com que seus sentimentos cruzassem com os nossos é absolutamente incrível.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu ainda não conhecia o livro, mas a história me pareceu bem legal. Sua paixão ao escrever mostra o quanto você gostou. Não me assusto com o número de páginas por que se a história for boa eu leio sem parar.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Os Miseráveis é incrível, é um dos poucos clássicos que todos deveriam ler um dia ♥
    Jean Valjean é um protagonista excelente. Embora eu prefira outros livros do autor.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafael, tudo bem?
    Eu li a versão em quadrinho (ou infantil, não sei bem direito) quando estava na oitava série. Foi para um trabalho do colégio, era uma versão reduzida da história. O livro mesmo eu não li, mas tenho vontade.
    Eu adoro o filme <3 Espero que possar ler completo um dia.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  6. Sou simplesmente apaixonada por esse livro. Li há mts anos a versão resumida para colégio e cai de amores.
    Ano passado comprei a versão completo e pretendo lê-la em breve, pois é simplesmente maravilhoso!!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  7. Olá Rafael
    Tenho muita vontade de terminar de ler esse livro, eu comecei a ler ele há uns três anos, mas tive que parar, a edição que peguei na biblioteca era bem velha e o papel era mais poroso e eu tenho uma alergia terrível então fui obrigada a parar, quero muito pega-lo de novo quem sabe esse ano leio nem que seja em formato digital.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Tenho uma versão dele em francês (de bolso) e sei de sua importância para a literatura. Não é um livro que eu leria, mas eu sei de sua importância para a literatura mundial.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Rafael,
    Tenho muita vontade de ler Os Miseráveis, mas, como você mesmo disse, ler 1300 páginas é assustador.
    Gostei muito da sua análise do livro e fiquei animada em saber que a leitura é fluída.
    Espero ler em breve, pois acho indispensável.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Esse livro é praticamente um clássico já! Tenho muita vontade de lê-lo, mas estou indo devagar: primeiro meus parceiros, depois Dostoiévsky! rsrs...
    A postagem ficou sucinta, mas informativa! Um show!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  11. Li esse livro faz uns 10 anos e nunca esqueci.. Uma das minhas melhores leituras.
    abraços.

    ResponderExcluir
  12. Oiee, nunca li esse livros, e confesso que fiquei curiosa após sua resenha. Claro que as mais de 1000 páginas me deixa meio sem coragem, mas um dia quero tentar

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  13. Hello!

    Sempre quis esse livro de Victor Hugo!!
    Um classico mundial que é muito recomendado. Realmente 1.300 páginas é de assustar, acho que nunca li algo assim, mas ainda quero muito conhecer a vida de Jean Valjean.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. Olá! Tenho esse livro aqui em casa é realmente maravilhoso. Gosto bastante da escrita de Victor Hugo, meu primeiro contato com uma obra do autor foi O Corcunda de Notre Dame...outro livro top. Gosto bastante o modo como ele analisava a sociedade na época, e as reflexões que tomamos a partir disso. Parabéns pela resenha, abraços!
    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi! Livro grande até pode assustar a maioria das pessoas, mas eu não me importo muito. Quando a leitura é boa a gente nem percebe. Beijos.
    www.eicarolleia.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi!!!


    Gostei da sua resenha; curta porém eficaz, e agora falando do livro: é um clássico. Eu já li há muito tempo e a desigualdade e injustiça retratada na obra é a mesma dos dias atuais, embora anos separem uma história da outra. Como você mesmo ressaltou: "Victor Hugo possui genialidade" e isso é retratado em suas obras. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi

    tá aí um livro que eu tenho vontade de ler, mas não tenho coragem...nunca tinha lido nenhuma resenha dele até hoje e gostei do que li aqui, acho que vou arriscar!!!

    abraços...

    ResponderExcluir
  18. Oie
    esse é um dos clássicos que tenho bastanate vontade de ler mas não acho o momento certo e quero muuuito ver o filme, o tema é bem legal e sua resenha só me deioxu mais curiosa pela história, bela dica e que bom que gostou tanto

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir