Lançamento Mês Outubro: Editora Rocco

Rocco

Estreia da escritora e ensaísta Lúcia Bettencourt na Rocco, O regresso é o encontro da ficção com a poesia. O romance trata do retorno do poeta Arthur Rimbaud (1854-1881) à França, em seus últimos meses de vida, depois do longo e misterioso período em que passou na África, trabalhando como comerciante de café, traficante de armas e mercador de escravos, entre outras ocupações. Ousado e poético, o romance mostra a trajetória repleta de angústia e rebeldia de um gênio precoce cuja influência na literatura e nas artes perdura até hoje a partir de uma dupla perspectiva: a narrativa do próprio artista, já no limiar da loucura e sofrendo as dores de um câncer ósseo na perna, e a de um leitor apaixonado que folheia os versos do poeta, como quem os reescrevesse, e refaz a sua biografia.

Imenso, poderoso, frágil, atônito, surpreendente, mentor, castrador, pecador, um homem maior que todos, ou um homem como qualquer um. O fio condutor do romance de Donald Barthelme, publicado originalmente em 1975 e lançado agora pela primeira vez no Brasil, é a saga dos filhos para enterrar o Pai Morto, uma figura gigantesca, que não está totalmente convencida sobre o fim de sua existência. Revelado nos anos 1960 nas páginas da revista New Yorker, Barthelme (1931–1989) se tornou um dos expoentes do que a crítica viria a chamar de pós-modernismo. No livro, o autor, ganhador do National Book Award, exercita com maestria o senso de humor inconfundível que influenciou gerações de escritores dentro e fora dos Estados Unidos, de Salman Rushdie e David Foster Wallace a Dave Eggers.

Olivia Rönning é uma jovem estudante da Academia de Polícia. Filha de um policial do departamento de homicídios, seu faro para juntar pistas e resolver mistérios é posto à prova quando resolve investigar um caso não concluído, prestes a parar no arquivo morto da polícia, como trabalho de faculdade. Trata-se do assassinato de uma mulher grávida, ocorrido na gelada e chuvosa ilha de Nordkoster, em 1987. O que Olivia não imagina é que a investigação trará muito mais perguntas do que soluções, a começar pelo misterioso desaparecimento do policial responsável pelo caso, entre outras descobertas surpreendentes. Dois dos principais nomes por trás das séries de TV policiais na Suécia, o casal Cilla e Rolf Börjlind apresenta em, Maré viva, um thriller que faz jus à badalada literatura policial escandinava contemporânea.

Depois de O Executivo Sincero, em que aborda as relações humanas no mundo corporativo – uma metáfora da própria vida, com sua balança cotidiana de erros e acertos, sucessos e fracassos –, Adriano Silva oferece, em seu novo livro, um testemunho franco sobre temas considerados tabu no universo do trabalho e compartilha com o leitor suas experiências sobre como enfrentar sentimentos como ansiedade, depressão, medo e melancolia, dentro e fora do escritório. Jornalista e executivo com passagens por grandes empresas, atualmente sócio da The Factory, que publica o elogiado Projeto Draft, o autor mostra que uma carreira bem-sucedida não se faz somente de competências técnicas; brilho no olhar, coragem para superar (não encobrir) os medos e um sorriso sincero no rosto são essenciais.


Fábrica231

Aos 16 anos, Paige Mckenzie criou, produziu e estrelou uma série no YouTube que virou um hit na internet e ganhou milhões de seguidores em seu canal The Haunting of Sunshine Girl. Primeiro livro da websérie de sucesso, que também será adaptada para o cinema, Sobrenatural – The Haunting of Sunshine Girl chega ao Brasil pelo selo Fábrica231. Escrito em parceria com Alyssa Sheinmel, o livro conta a história de Sunshine, uma garota de 16 anos que se muda com a mãe da ensolarada Austin, no Texas, para a chuvosa Ridgemont, no estado de Washington. Mas a poeira e o aspecto sombrio do lugar logo se tornam os menores dos problemas de Sunshine. Vozes no meio da noite, portas se fechando sozinhas, risadas... aos poucos a garota percebe que ela e sua mãe correm sérios riscos ali. E ela terá que encarar seus maiores medos antes que seja tarde demais.


Bicicleta Amarela

Considerado pela revista Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo e palestrante assíduo das prestigiadas conferências TED mundo afora, o chef nova-iorquino Dan Barber é o grande nome da culinária sustentável nos EUA. Em O terceiro prato, ele redefine os conceitos de nutrição, sabor e sustentabilidade para o século XXI. Barber, que pesquisou fazendas e comunidades rurais em todo o mundo, propõe uma mudança de paradigma da clássica refeição ocidental, baseada num bom pedaço de carne e poucos vegetais, para um mix integrado de proteínas, grãos e vegetais que valorizem os ingredientes locais, numa combinação inovadora para paladares exigentes. O livro foi aclamado pela crítica e recebeu elogios de personalidades como Malcolm Gladwell e do ex-vice- -presidente Al Gore, entre outras.


Anfiteatro

Renomado professor de História na Universidade de Yale, John Merriman é autor de diversos livros sobre a sociedade e a vida política na Europa moderna. Em A Comuna de Paris, que chega ao Brasil pelo novo selo de ideias e debates da Rocco, Anfiteatro, ele reconstrói, com riqueza inédita de detalhes, os 64 dias de março a maio de 1871 em que Paris foi tomada por um conflito feroz entre o exército da Terceira República e um movimento revolucionário radical, que transformaria para sempre a capital francesa e os rumos da política moderna. Aclamado pela crítica, o livro mergulha na história de homens e mulheres que terminaram massacrados pelo governo, mas cujos ideais de justiça e igualdade até hoje influenciam movimentos políticos em nossa sociedade.


Rocco jovens Leitores

Primeiro livro da trilogia Never Sky, Sob o céu do nunca segue a tradição dos romances ambientados num futuro distópico – no caso 300 anos após uma catástrofe que devastou a Terra – dominado por um governo autoritário disposto a manter o poder a qualquer pre- ço. E Veronica Rossi, escritora brasileira radicada nos Estados Unidos, criou um universo apaixonante, um mundo perigoso e cruel, mas ao mesmo tempo belo e digno da tradição de Jogos Vorazes e Divergente. A trama acompanha a saga da jovem Aria, ex-moradora de Quimera, um núcleo de civilização protegido por um domo e sem qualquer contato com o mundo exterior, e Perry, um Forasteiro. Opostos em tudo, seus destinos se cruzam numa improvável aliança pela sobrevivência.

Depois de Cinder e Scarlet, que alcançaram a cobiçada lista dos mais vendidos do The New York Times e projetaram o nome da jovem escritora Marissa Meyer no concorrido segmento da literatura jovem e young adult, a Rocco Jovens Leitores traz para o Brasil o terceiro volume da série Crônicas Lunares. Cress é um conto de fadas futurista com referências à história de Rapunzel. Neste terceiro livro da saga que mistura ficção científica e contos clássicos, a jovem Cress – que vive aprisionada em um satélite desde a infância e é uma excelente hacker – se junta à ciborgue Cinder, a Scarlet, Lobo e outros personagens, numa aventura eletrizante contra o exército da rainha Levana.

Theodore Boone está de volta e terá que enfrentar o caso mais perigoso de sua vida em O ativista, quarto livro da série juvenil protagonizada pelo aprendiz de advogado criado pelo bestseller John Grisham. Na trama, a cidade de Strattenburg está dividida por uma inflamada e controversa questão política e ambiental. Com seu faro de investigador e senso de justiça, Theo não se exime de defender a lei, mesmo sabendo dos riscos que irá enfrentar, ao encontrar indícios de corrupção em um projeto de construção de uma grande estrada. Mais uma vez, o mestre dos thrillers de tribunal mostra que ação, suspense e o universo jurídico não são somente assunto de gente grande.


Fantástica Rocco

Mal pisou em Londres, Rory Deveaux percebeu qual era o assunto do momento na cidade: uma série de assassinatos seguindo os moldes dos praticados por Jack, o Estripador, quase um século atrás. Por uma sinistra coincidência, o internato onde a garota foi morar fica bem na área de atuação do serial killer. Para piorar as coisas, Rory é a única pessoa que vê o principal suspeito no terreno da escola; na verdade, a única que consegue vê-lo. Uma das autoras mais queridas do público jovem na Inglaterra e nos Estados Unidos e celebridade no Twitter, Maureen Johnson – que assina um dos contos do bestseller Deixe a neve cair, ao lado de John Green e Lauren Myracle – apresenta, em O nome da estrela, um thriller sobrenatural envolvente, com pitadas de romance e bom humor. Indicado ao Edgar, prêmio máximo da literatura de mistério nos EUA, o romance é o primeiro da trilogia Sombras de Londres.

2 comentários

  1. "Sob o Céu do nunca" é o início de uma trilogia que promete, já estou ansiosa para ler!

    http://estantedorefugio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Os que mais me chamaram a atenção foram Sob o Céu do Nunca e O Nome da Estrela. O livro de Veronica Rossi,inclusive, já havia me chamado a atenção desde quando foi lançado pela primeira vez aqui no Brasil, mas acabei não lendo até hoje. Mas dessas vez, de capa nova e tudo, não vou deixar passar!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir