Resenha: A Teoria de Tudo

Título Original: Traveling to Infinity
Autora: Jane Hawking
Editóra: Única
Ano: 2014
Páginas: 448


Sinopse: A Teoria de Tudo - A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen. Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único. Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.


A Teoria de Tudo traz a história de Stephen Hawking, um jovem de 21 anos de idade, estudante de ciências, que tinha um grande interesse em descobrir uma equação que explicasse o Universo. Como qualquer jovem estudante, Hawking também sabia aproveitar os momentos divertidos que essa idade lhe proporcionava. Foi em momentos como esse que ele conheceu Jane, e quando tudo parecia maravilhoso, Stephen descobre que tem uma doença degenerativa chamada Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), e apenas dois anos de vida.

Ao descobri sua atual condição Hawking se afasta dos amigos e de Jane, passando dias em estado depressivo, mas enquanto tentava afastar todos para não apreciarem a sua atual condição, Jane foi incisiva em permanecer ao seu lado, mesmo contra a sua vontade, colocando sobre si toda a responsabilidade do que viria pela frente.

Após o casamento, com três filhos e um marido com muitas limitações, era compreensível que Jane perdesse o animo em breve, mas ela era forte e determinada, e durante toda a narrativa é perceptível o quanto ela se dedicava a essa relação e contribuía o máximo de si para que Hawking não se considerasse um peso sobre ela. Sempre presente e principal apoiadora dos planos dele, viu o nome do seu marido alcançando o sucesso pelo excelente trabalho que realizava.

“A culpa, disse ele, é o risco que se corre esforçando-se sempre para o mais e o melhor; o amor é a única resposta para a culpa. Somente no amor podemos sustentar uns aos outros.” p.374

Apesar de ser acusada inúmeras vezes pelo relacionamento que tinha com Hawking, Jane mostrou através de suas atitudes ao longo dos anos que realmente amou e cuidou com esse amor. Claro que nem tudo foi mágico, ouve momentos em que foi insultada e até humilhada por aquele que tanto amou, me fazendo pensar em alguns momentos se realmente valeu a pena ela se abdicar de tantas coisas e momentos, para trocar por toda essa situação que tomou para si.


O livro é cheio de detalhes minuciosos de como foi o relacionamento deles e a carreira de Hawking ao longo dos anos, e por tantos detalhes, a leitura em alguns momentos fica cansativa e menos empolgante, o que me fez pensar se era necessário tantos detalhes e descrições que poderiam ficar subjetivas. Mas o romance como o todo tem o seu destaque e sua importância, e por se tratar de uma biografia, coloca em evidencia o força e a perseverança em vencer batalhas diárias e conseguir seguir em frente, mesmo que o final não seja o feliz esperado.

Tenho certeza que a leitura não agradará a todos, mas vale a pena abrir um espaço no "momento leitura" a acrescentá-lo na estante, principalmente para aqueles que têm a curiosidade de saber sobre esse romance da vida real pela perspectiva de Jane Hawking.




3 comentários

  1. Saudações Lady Tâmara,
    Estou num dilema há alguns meses se pego ou não esse livro na Editora... Agora ficou pior huahauhauah porque destacastes pontos positivos como negativos. Mas acho que não tenho lá grandes chances e escapar e o lerei em breve

    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛

    The Queens Castle

    A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison

    A Chave do Mundo –Livro I: As Torres de Phart Halor

    Tudo que você queria saber sobre Mitologia

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro, mas vi o filme, e tenho certeza de que a história fez jus ao amor que eles tiveram. Que seja eterno enquanto dure, posto que é chama!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tammy.
    Eu quero muito mesmo ler esse livro e até já comecei, mas eu ouvi muitas críticas e dizem que o filme é melhor.Você é a primeira que vejo defendendo a Jane, muita gente a criticou muito e o excesso de detalhes parece um destaque.
    Mas me reanimou para a leitura.

    ResponderExcluir