Resenha: Machado de Assis um gênio brasileiro

Título: Machado de Assis 
Autor: Daniel Piza 
Editora: Imprensa Oficial 
Páginas: 416 
Ano Lançamento: 2008
Sinopse: Machado de Assis - Ninguém sabe o que sou quando rumino , esta frase de Machado de Assis, inspirou Daniel Piza a escrever esta obra que, com absoluta certeza não é apenas mais um livro machadiano. Ao contrário, trata-se de um trabalho que demonstra, ao mesmo tempo, a imprevisibilidade e o universalismo de Machado de Assis e o talento do autor que se transporta como leitor para o Rio de Janeiro do 2º Reinado e do início da República e se apresenta a Machado a ponto de vislumbrar até mesmo os fios embranquecidos de sua barba. Até agora todas as biografias de Machado de Assis separaram o biógrafo, o biografado e o leitor no tempo e no espaço. Este livro é uma nova abordagem da vida, da morte, da obra e, sobretudo do quotidiano de Machado de Assis numa perspectiva histórico-jornalística. 


Análise: 

Machado de Assis é um gênio, mestre das palavras, escritor do século e por aí vai, é infinitos os adjetivos que cabem ao grande autor brasileiro. Na minha adolescência tive a honra de ler o seu maior sucesso “Dom Casmurro”, foi paixão logo nas primeiras páginas e a partir daquele momento busquei em conhecer mais sobre Machado de Assis. 

O foco da resenha é falar dessa preciosa biografia que li e pude conhecer ainda mais este notável escritor. Machado de Assis teve uma infância bem pobre, sendo negro em um país que a sociedade empregava os negros para serem escravos em fazendas e mansões da aristocracia no período imperial. 

Todos esses pontos que seriam grandes obstáculos para o futuro mestre das letras do Brasil foi superado com muita luta e determinação e chegou ao topo em sua carreira de escritor. O livro contem uma boa diagramação, contem boa fonte e espaçamentos bem adequados, fazendo assim um livro para todos os públicos e dando um bom conforto para ler. 

O leitor também vai encontrar diversas imagens do Machado de Assis e também do Rio de Janeiro na época do império. Encontramos na biografia o inicio da carreira de tipografo, seu amor pela literatura e seu talento em ser autodidata, vemos um Machado de Assis frequentando a nata intelectual e se tornando um gênio da literatura. A leitura desse livro é uma viagem no tempo, o autor soube mostrar toda a transformação do Brasil monárquico. Na rede social Skoob o livro recebeu nota de 4.2


Nenhum comentário :

Postar um comentário