Resenha: O Retrato de Dorian Gray

Titulo: O Retrato de Dorian Gray 
Titulo Original: The Picture of Dorian 
Autor: Oscar Wilde 
Editora: Publifolha 
Ano Lançamento: 1998 
Páginas: 220 
Sinopse: O Retrato de Dorian Gray - Dorian Gray é um jovem belíssimo que tem seu retrato pintado por Basil Hallward. O pintor, que apresenta Dorian ao lorde Henry Wotton, que o faz tomar consciência de sua beleza e do valor de sua juventude, e o inicia em um mundo de vícios e desregramento. Apaixonado pela própria imagem e influenciado pelas palavras de lorde Henry, Dorian deseja permanecer eternamente belo, como no retrato. Misteriosamente, seu desejo é atendido. Conserva sua imagem jovem e inocente, enquanto o retrato muda, refletindo seu estado real de degeneração. 


Análise: 

Um dos maiores livros da literatura mundial, escrito pelo Oscar Wilde. O livro leva o leitor para uma Londres da alta sociedade em meio aos nobres, aristocratas e pessoas ligadas a Rainha. Oscar Wilde procurou mostrar a cultura, sociedade e o modo de vida dos Londrinos do século 19. 

O autor mantem uma escrita fina e bem dinâmica com personagens primários e secundários, detalhista nos cenários de Londres e tudo em volta. O livro foi publicado inicialmente em uma revista chamada Lippincott's Monthly Magazine em 1890, inicialmente os editores acharam muitos trechos do livro ofensivos para época e sem Oscar Wilde saber eles retiraram esses trechos e publicaram normalmente. 

Os personagens principais da história são eles: 

Dorian Gray: jovem atraente, narcisista e vaidoso. 
Basil Hallward: pintor e responsável por fazer o retrato de Dorian Gray, sendo sua obra prima. 
Lorde Henry Harry Wotton: um aristocrata arrogante e de ideias fortes, ele fica encantado pela extrema beleza de Dorian. 

A leitura desse livro levanta muitas questões éticas e morais dos seres humanos como por exemplo o narcisismo, padrões de beleza e fatores culturais. Na rede social Skoob o livro recebeu nota de 4.2


Um comentário

  1. Oi Rafa tdo bem?
    Eu assisti o filme homônimo, fiquei encantada, e fui saber da existência do livro há pouco tempo. Comecei a lê-lo em e-book, mas acabei abandonando-o por falta de tempo. Claro que irei retomar assim que der.
    Beijos
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir