Top 5: Livros para se chorar litros

Livros tem a capacidade de mexer com nossas emoções, autores através de suas palavras conseguem tocar nossos corações e eu, uma verdadeira manteiga derretida, vivo chorando pelos cantos por causa de livros, então resolvi listar pra vocês os 5 livros que me fizeram chorar litros e, não duvido nada que vocês tenham alguns livros em comum comigo.



1 - Um Dia - David Nicholls
Se tem um livro nesse mundo que eu chorei horrores, este livro é Um Dia. No início da leitura nunca imaginei que o fim da história me surpreenderia, simplesmente não haviam indícios de que ocorreria até que veio aquela surpresinha no final que me fez "desabar", a história vai decorrendo cheia de altos e baixos, Dex e Emma (os protagonistas) passam por milhões de desencontros e quando finalmente as coisas se acertam, tcharam! Tudo desaba. É meio complicado falar sobre os motivos que me mataram de chorar sem dar um baita spoiler, mas quem leu a história sabe bem do que estou falando e quem não leu que se prepare, difícil não se emocionar nem um pouquinho com Um Dia, até os corações de pedra doem com o desfecho da história, então, quem for ler, já deixe os lenços de papel do lado, ok?


2 - A Culpa é das Estrelas - John Green
Acho que se fosse feita um enquete e que todas as leitoras (sim, no feminino, mas não estou excluindo os leitores do sexo masculino, mas é um livro que tende a "mexer" mais com o publico feminino, garotos que se emocionaram com ACÉDE: não me odeiem) a maior parte que leu este livro chorou e chorou muito. Como o livro acabou ficando famoso (MUITO FAMOSO) acredito que a maior parte das pessoas aqui sabe qual é o fato que destrói os coraçõezinhos, mas eu não vou contar aqui, vai que alguém por ai passou os últimos 3 anos em marte e ainda não viu ou leu ACÉDE, mas o que posso dizer é que além de triste é surpreendente. Sempre que converso com minhas amigas leitoras de plantão a resposta é a mesma quando pergunto se esperavam por isso. Sempre escuto "Meu Deus, não, era pra ser o contrário, eu esperava que acontecesse com a "outra pessoa"", então o que posso dizer é que o nosso querido João Verde foi muito mau e surpreendeu todos partindo cada coração que sentiu a dor junto com nossa protagonista. E deixa eu me calar, porque isso aqui já tá cheio de "mini spoilers".


3 - Como Eu Era Antes de Você - JoJo Moyes
Quando disse pra uma amiga que iria ler Como Eu Era Antes de Você ouvi a bela resposta "você vai chorar e muito, se prepara" e realmente o contexto da história parecia triste, mas ainda piorou. O que mais me faz chorar na vida são essas coisas tristes que surpreendem a gente bem quando tava tudo dando certo. Afinal, se já tá dando tudo errado mesmo, ok, é apenas mais uma coisa dando errado, mas quando tá dando certo? Aí eu acho maldade. E nesse livro acontece isso. A história retrata a dor de Will Traynor, que no auge de sua vida, ficou paraplégico após um acidente. Will é amargurado e triste, e quando finalmente a mágica acontece e ele começa a aceitar Lou em sua vida, uma decisão dele toma uma decisão que te deixa os leitores arrasados e aí vem a angústia de várias páginas de tentativas de convencê-lo a mudar de ideia. Preciso dizer que li correndo pra saber logo o que ele decidiu e o quanto eu chorei? Não né? Mas vale ser lido e repito, para quem vai lê-lo, o que minha amiga disse: "você vai chorar e muito, se prepara".

4 - P.S. Eu Te Amo - Cecilia Ahern
Já pensou se o amor da sua vida de repente descobre um tumor no cérebro e parte te dando pouco tempo para se despedir? E se ele te deixa cartas te mostrando como seguir em frente sem ele? Não dá um nó na garganta só de pensar? Imagina ler isso e se sentir na pele da personagem. E a narrativa é tão boa que é como se Gerry fosse o seu marido e tivesse deixado as cartas pra você. É muito emocionante, ao ponto de me fazer soluçar de tanto chorar, mas este, ao contrário dos outros citados, traz as lágrimas no começo da história, uma o outra no fim e bom, você já começa a ler ciente da morte de Gerry, afinal, o livro já começa após seu funeral, é mais fácil aceitar. Mas ainda assim, é bem triste. 

5 - A Última Música - Nicholas Spaks
A Última Música foi um dos primeiros romances que li e, assumo, só li porque estava prestes a ser lançado o filme baseado no livro e quem protagonizava era a Miley Cyrus e eu era "fã" dela, mas, deixando de lado esses detalhezinhos, vamos ao porquê este livro me matou de chorar. Primeiro que, ao contrário do que pensam, o foco do livro não é o amor de Ronnie e Will. Não, o livro fala sobre os problemas dela com seu pai que, um dia, após voltar de uma turnê simplesmente "abandona" sua família. Ronnie odeia o pai, que tenta reconquistá-la de toda forma, abrindo mão, inclusive, da música. E após inúmeros atritos entre os dois, algo maior que eles traz a dor, a verdade vem a tona e Ronnie tem pouco tempo para se desculpar por não ter compreendido seu pai e isso, claro, me arrancou milhões de lágrimas. Afinal, existe amor mais bonito que o amor paternal? Então, se você é uma pessoa ligada a família, provavelmente este livro vai te fazer pensar melhor na sua relação com seus pais, além de, claro, te fazer chorar litros!

Nossa, quase chorei só fazer essa post, haha. Brincadeiras a parte, me digam, vocês também choram com livros? Choraram com algum que eu disse? Me contem!


4 comentários

  1. SOS, que post mais perfeito!! Super me identifiquei com a parte de sempre estar chorando...
    Eu tenho Um Dia aqui em casa, já iniciei a leitura duas vezes, mas nunca concretizei... Agora estou pensando seriamente em tentar lê-lo novamente! Comprei como eu era antes de você semana passada e já estou me preparando psicologicamente pra iniciar o choro, digo, a leitura.

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com
    PS: te vejo lá no meu cantinho, né?

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol, tudo bem? Eu por incrível que pareça quase não choro com livros, chorei com pouquíssimos e o único que eu lembro é "A Máquina de Contar Histórias" do Maurício Gomyde, e mesmo assim foi quase no final e foi mais um olho marejado do que choro na verdade.

    Já assistindo a filmes, eu choro mais. Chorei bastante com o filme de "A Culpa é das Estrelas" o que não aconteceu no livro. E definitivamente chorei horrores assistindo a "A Última Música". Comecei a ler "Um Dia" mas não gostei, e o filme achei meio ruinzinho. E com certeza não gostei do filme "P.S. Eu te Amo" e não tenho a menor vontade de ler o livro.

    Achei o post bem legal!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  3. Concordo muito com a sua escolha do top#5, viu?!
    O único deles que não li, mas me debulhei ao assistir ao filme foi A Última Música... então acho que da pra ter uma ideia!

    Adorei saber que não sou a única que me mato de chorar lendo!!! :)

    Não sei se esses são os que me fizeram chorar mais, mas definitivamente me fizeram chorar muito!!!

    Bjs
    MaH
    *.*

    @oquedissealice
    http://oquedissealice,blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Li três: A culpa é dos livros, A última música e P.S eu te amo, e realmente são livros para se chorar litros! ;---; Muito lindos. <3
    Quero ler esses outros dois que você indicou!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir