Resenha: Carlos Drummond de Andrade – Antologia Poética

Titulo Original: Antologia Poética 
Autor: Carlos Drummond de Andrade 
Editora: Record 
Páginas: 414 
Ano Lançamento: 2010 
Sinopse: Ao organizar este volume, o autor não teve em mira, propriamente, selecionar poemas pela qualidade, nem pelas fases que acaso se observem em sua carreira poética. Cuidou antes de localizar, na obra publicada, certas características, preocupações e tendências que a condicionam ou definem em conjunto. A Antologia lhe pareceu assim mais vertebrada e, por outro lado, espelho mais fiel. Escolhidos e agrupados os poemas sob esse critério, resultou uma Antologia que não segue a divisão por livros nem obedece a cronologia rigorosa. O texto foi distribuído em nove seções, cada uma contendo material extraído de diferentes obras, e, disposto segundo uma ordem interna. 


Análise: 

Uma missão difícil poder falar de um grande livro de poesias e mais difícil ainda poder falar sobre o gênio da literatura Brasileira, Carlos Drummond de Andrade. O livro foi organizado pelo próprio autor e publicado em 1962, dividido em nove partes o livro reúne uma ordem temática, uma viagem incrível no mundo da poesia. 

Impossível falar a forma exata do qual Drummond escreve, ele se torna impecável em cada linha escrita dotado de um sentimento profundo e intenso, misturado com boas doses de realismo e brandura, até mesmo se auto questionando. 

A edição do livro não possui orelhas e torna-se frágil a capa, porem a diagramação está impecável com boa fonte e espaçamento proporcional. 

O leitor vai conhecer mais sobre esse grande escritor e ir por dentro de suas poesias, na rede social Skoob o livro recebeu nota de 4.4

Nenhum comentário :

Postar um comentário