Resenha: Impulso

Título original: Impulso
Autora: Gisele Souza
Ano: 2014
Páginas: 361


Sinopse: Lucas Bonatti nasceu para ser brilhante. Criado pela irmã, sua vida foi regada de responsabilidades, amor e companheirismo. Contudo, sempre escondeu a ânsia de amar incondicionalmente. Quando, enfim, acreditou ter encontrado a mulher da sua vida, seu coração foi despedaçado. Então, Lucas não via mais motivos para ser o bom moço da família. Sabrina Petri, a caçula de quatro irmãos, sempre foi cercada de cuidados e amor. Uma garota alegre e extrovertida que teve a vida virada pelo avesso subitamente. Quando conheceu o homem que poderia fazê-la feliz, ela já não podia se entregar. Um romance tórrido e intenso. Uma atitude movida por impulso pode fazer a vida dos dois mudar completamente.
 O amor será capaz de consertar dois corações feitos em pedaços?
É, pois é... Esse livro é completo de confusão, reconquistas e revelações que me deixaram de boca aberta. Sério!

A estória se passa alguns nos depois do livro anterior, onde os capítulos são as versões de Sabrina, irmã do Bruno, e Lucas, irmão da Layla. Há alguns capítulos de outros personagens mas a maioria são deles.

Se o livro anterior era hot, imagina esse onde os personagens são mais jovens e fogosos rsrsrs ~brincadeirinha~

Não sei se é porque há um certo conflito entre eles, mas a relação dos dois é muito interessante!
Sabrina é uma moça não tão mimada, mas que também não deixa de ser, que sofreu muito quando mais nova e tem receio de relacionamentos.
Sabe quando seu coração parece ser quebrado em pedaços? Quando alguém pisoteia e ainda ri da sua desgraça? Era assim que eu me sentia. Eu o amei desde o primeiro momento em que o vi. Lucas me encantou como nenhum outro foi capaz. Mas depois do fiasco que provoquei, ele nunca mais me procurou. Tratou-me como uma amiga-irmã. Jamais tocou no assunto. Parecia que havia passado uma borracha em tudo.
Lucas é um médico ortopedista que depois de sofrer uma desilusão amorosa se torna o maior pegador do pedaço.
Merda, porque eu tinha que ser um idiota? Mas o que eu iria fazer? Tornar-me um ermitão, sozinho esperando sua boa vontade em me querer?
O envolvimento dos dois não é recente e há muita mágoa entre eles. Mas quando tudo jorra e as cartas ficam sobre a mesa, sai da frente que o tranco é grande! 


É tanto sentimento guardado que só lendo para me entender. Com muitas cenas quentes e explosões de emoções, é o tipo de livro que completa a série maravilhosamente. Aqueles que gostam de um romance quente, pode ler sem pensar duas vezes que não vão se arrepender.

E é isso ai...

Um Beijo e um queijo.


Um comentário

  1. Oi Thaysa, tudo bom?
    Bom, ainda não li o primeiro livro da série, mas até que me interessei pelo fato de ter cenas hots e aquele romance de sempre. haha

    Gostei da resenha e a capa é bem bonita! :)

    Bjos!
    Blog|Twitter|Instagram|Sorteios

    ResponderExcluir