Resenha: Quando Eu Te Beijar - Ward #2

Autora: Lucy Vargas
Ano: 2015
*E-book cedido pela autora
Sinopse: A cada dia o fim fica mais próximo e eles sabem que essa é sua última chance. Sean quer Beatrice de volta a qualquer custo, mas vai descobrir que seu amor e seus erros não são nada contra o perigo que nunca deixou sua vida. E se ele não pode protegê-la… não pode mais tê-la. No final, todos os segredos e barreiras vão desmoronar junto com sua chance de consertar tudo que fizeram em quatro anos de mentiras e fingimentos. O tempo está acabando e os escândalos aumentando. Agora é tudo ou nada. Mas será que vale arriscar tanto para terminarem juntos? Prepare-se para o fim da trilogia dos Ward. Eles voltam mais errados, sensuais e perigosos do que nunca.

Chegamos ao final da história de Beatrice e Sean, nossa! Como aguardei esse desfecho! Nesse livro eu já esperava um envolvimento maior entre o casal, afinal, eles estavam tentando salvar o casamento depois de tantas atitudes orgulhosas das duas partes, e também, esperava descobrir mais sobre o passado de Sean. Mas o que eu não imaginava era sofre momentos torturantes, de respirar fundo com pausa para analisar a situação. Lucy colocou nesse desfecho todos os elementos necessários para amarrar as pontas soltas e saindo até dos momentos clichês.

"Eu sei que há algo de podre em mim. Eu sou traumatizado, errado e um filho da mãe problemático. Mas eu me sinto completo quando você me abraça. Eu posso ser o que você precisa, se eu tiver mais uma chance e puder te beijar todos os dias, prometo que esses malditos demônios não nos alcançarão." p.124

Após anos vivendo de aparência, Sean e Bea resolvem investir pela última vez em seu relacionamento, isso seria um longo caminho, mas eles estavam dispostos a trilhar. Para começar, teriam muitos momentos românticos e íntimos para tentar diminuir o tempo perdido, eles tentaram, e como tentaram. Sean com toda a sua sensualidade aos poucos foi derrubando os muros que Bea criou e foram se entregando um ao outro sem reservas ou indecisões. Finalmente eles poderiam ter um vislumbre do que poderia ser um casamento feliz e, justamente quando estão no melhor momento de suas vidas, estoura a maior fofoca nos tabloides fazendo com que os Ward estampem diariamente os blogs e revistas de fofocas, agora, é aturar os corvos e as inúmeras opiniões alheias ao seu respeito.

"Eu te amo tanto que nem sou decente nessa parte. E não me importo, eu vou continuar te amando errado do jeito mais certo. E sem limite nenhum." p.320

Apesar de todas as perseguições eles queriam viver o presente e assim fizeram. Passaram a se encontrar mais, reservar mais tempo para os momentos a sós e até festas familiares entrou na agenda. Sean se sentia imensamente feliz por finalmente viver seu casamento e Bea não ficava atrás. Mas como dizem por aí, quando a esmola é demais o santo desconfia, e com certeza meus caros leitores, tínhamos que desconfiar que o mar da tranquilidade não fosse durar muito tempo.

"Voltar ao passado era doloroso, mas ele não tinha opção, o passado viera lhe buscar." p.267

O passado de Sean começou a retornar do inferno e agora Beatrice era também o alvo. O que mais Sean temia, era que Beatrice passasse por tudo o que ele passou na época de sua adolescência, quando ele foi sequestrado e seria totalmente altruísta se fosse preciso para manter Beatrice salva, mas será que só a sua vontade seria o suficiente?

Quando Eu Te Beijar traz o ápice da história com muitos momentos quentes, românticos e tensos. Mostra o abalo de uma sanidade apegado há um grande amor para se manter longe da loucura. Todas as dúvidas e medos sendo colocados em cheque para poder libertar o passado e seguir em frente. A leitura flui com facilidade e te prende até o final da história. Lucy conduziu com brilhantismo a obra para o seu grande final, o que vale falar que valeu a espera.

Os momentos divertidos mais uma vez são entregues a Hertie e os seguranças de Sean, com tiradas hilárias e inteligentes que te faz parecer uma louca rindo sozinha. E o que falar de Bea toda felina defendendo o seu amado? Colocou as mangas de fora. Amei a citação ao meu amado Dante Alighieri para a explicação sincera dos sentimentos de Sean, e para a alegria geral, pode ter mais Ward pela frente e torço para que possamos descobrir mais sobre Jared, e ver pelo seu ponto de vista os anos de vida dupla que levou ao lado do seu primo.

O livro acaba de ser lançado e você pode adquirir em: Amazon, Google Play, Kabo, Nook e iTunes.

Trilogia dos Ward




6 comentários

  1. Olá :)

    Não conhecia essa trilogia, mas fiquei bem interessado com a sua resenha. parece-me que é um livro bem romântico.

    Abraços,
    Rafael

    www.livrosvsseries.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tâmara!
    Ain, que capa (e título) mais fofinha 💛 Adorei a premissa, é bem interessante falar sobre segundas chances. Todos nós merecemos. Não conhecia a trilogia :\

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    não conhecia o livro, mas parece ser muito fofo.
    Pena que é uma trilogia

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oh adoro livro que fala sobre casamento e recomeços, a autora parece ter mesclado bem os problema individual do personagem ao trama centra do livro.
    Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  5. Oi Tammy!!

    Amei a trilogia! E as capas são lindas!! Estou com muita vontade de ler! Me derreti nas duas primeiras quotes!! rsrsrs Estou precisando de uma dose mais romântica, porque ainda não saí das leituras de halloween! rsrsrs

    Beijinhos
    Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

    ResponderExcluir
  6. Não li a resenha toda porque fiquei com medo de pegar um spoiler já que não conheço o livro! Mas parecer ser bem legal e a capa é linda!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir