Resenha: Boa noite a todos

Titulo: Boa noite a todos 
Autor: Edney Silvestre 
Editora: Record 
Páginas: 208 
Ano Lançamento: 2014
Sinopse: Maggie, a protagonista da novela e da peça que compõem 'Boa noite a todos', é uma dessas personagens que ganham vida a partir das páginas do livro. A convivência com seu drama - o de uma mulher cuja memória começa rapidamente a se esfacelar - é um profundo e emocionante aprendizado sobre a alma humana. Maggie conheceu na Europa dos anos 1960 e 70 a liberdade que os anos de chumbo tolhiam no Brasil de então. Essa liberdade teve, no entanto, como revés, a ausência de uma terra firme à qual se prender. Marcada pelo destino dos expatriados, ela enfrenta agora a perda do pouco que lhe resta de identidade - a lembrança dos deleites e dos infortúnios de uma existência intensa. Boa noite a todos representa mais um patamar no edifício literário em que Silvestre abriga e situa a geração que se formou sob as grandes transformações políticas e sociais da segunda metade do século XX. 

Análise:

Mais um grandioso livro escrito pelo jornalista e apresentador Edney Silvestre. O livro vai contar a história da personagem principal, Maggie, que já no inicio do livro notamos suas divagações. Maggie sofre de um sério problema com falta de memória levando a sérios pensamentos suicidas e um estado profundo de depressão. 

O personagem principal tinha tudo de bom que a vida pode presentear, três maridos e a possibilidade de morar em diversos Países. Edney Silvestre se consagra como sendo um destaque na literatura Brasileira, com sua forma de construir personagens envolventes e até mesmo pensamos em certos momentos se eles realmente existem de tão bem escritos no enredo. 

O leitor vai perceber que o livro é divido em dois, na primeira parte o livro é apresentado em forma de novela e na segunda parte temos uma história em forma de um monologo teatral. Dispensam comentários o trabalho feito na capa do livro, uma imagem bem vertiginosa da visão da personagem principal na beirada da sacada do seu prédio. 

Trabalho excelente para diagramação e toda parte interna do livro. Um livro com uma história forte e dramática que leva uma pessoa a cometer atos completamente fora de si. Na rede social Skoob o livro recebeu nota de 3.6


2 comentários

  1. Oi Rafael ;)
    Que capa linda a desse livro *-*
    O fato da personagem principal ter esses problemas me chamou a atenção, e literatura brasileira com certeza chama mais ainda a minha atenção hahaha

    Beijos
    http://julianamoreire.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive vontade de ler algum livro do Edney e esse foi o que mais me chamou a atenção, principalmente a personagem principal e de como o livro é dividido, bem interessante. A capa é fascinante!

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com

    ResponderExcluir