Lançamentos Mês Janeiro: Editoras Rocco, Arqueiro e Sextante

Editora Rocco

Hotelles – Quarto 1, Emma Mars
Um quarto de hotel no meio da tarde, na sempre sedutora Paris, é o cenário escolhido pela escritora francesa Emma Mars para contar a história de Annabelle, jovem jornalista que trabalha esporadicamente como acompanhante de luxo. É no Hôtel des Charmes que ela conhece o atraente David Barlet, um magnata da mídia com quem engrena um relacionamento, sem deixar de manter encontros com outros clientes. Presa a um arriscado e excitante jogo sexual, Annabelle protagoniza uma história rica em detalhes picantes, sem cair na vulgaridade. Espécie de versão contemporânea do clássico Bela da tarde, Hotelles – Quarto 1 é o primeiro de um a trilogia que mistura romance, mistério e intrigas, temperada com uma boa dose de sensualidade.

Reze Pelas Mulheres Roubadas, Jennifer Clement
Contundente retrato do México atual, Reze pelas mulheres roubadas mostra a dura vida das mulheres na região de Guerrero, a mesma onde mais de 40 estudantes foram mortos em 2014. Narrativa ficcional escrita a partir de mais de 10 anos de pesquisas da autora, o livro acompanha a história da menina Ladydi, que aos 11 anos vê sua melhor amiga ser roubada para o harém de jovens escravas de um chefe do narcotráfico. É para evitar esse destino que as mulheres da região, e de outros recantos esquecidos pelos governos, deixam de frequentar a escola, cortam os cabelos ou até mesmo se mutilam, a fim de ficarem menos femininas e passarem despercebidas aos olhos da elite do tráfico. Escrito em tom de observação antropológica, sem qualquer julgamento moral sobre as atitudes dos personagens, Reze pelas mulheres roubadas foi aclamado pela crítica no México e nos Estados Unidos.

Cem Verões, Beatriz Williams
Ambientando na elegante Seaview, em Rhode Island, destino de veraneio favorito dos abastados da costa leste americana, na década de 1930, Cem verões acompanha a conturbada história de dois jovens casais de namorados que se reencontram numa temporada de verão sete anos depois de um afastamento brusco. Com uma bela reconstituição histórica que capta com perfeição a idílica atmosfera do verão pós-crise de 1929, o romance conta uma delicada história sobre amizade, amor, traição e tradições familiares em que feridas mal cicatrizadas vão aos poucos revelando antigos segredos capazes de alterar os rumos do presente.

Com Você – Fixed #2, Laurelin Paige
No segundo livro da trilogia Fixed, iniciada com Por você, Laurelin Paige mostra a evolução do explosivo relacionamento entre Alayna Whiters e o bilionário Hudson Pierce numa trama que envolve sexo, desejo e superações. Em Com você, a jovem Alayna precisa novamente lidar com suas obsessões. Afinal, ela não se acha capaz e nem merecedora de dividir o mesmo teto com alguém como Hudson Pierce – um homem bilionário e sedutor disposto a realizar todos os seus sonhos, inclusive sexuais – e vive atormentada por dúvidas, culpa e desconfianças. Mesmo ligados por uma conexão física vital, a relação dos dois é posta à prova quando segredos do passado vêm à tona.

Uma Colher de Terra e Mar, Diana Nayeri
Quando a menina Saba, de 11 anos, se vê em um carro rumo ao aeroporto de Teerã sem sua inseparável irmã gêmea, Mahtab, ela entende que há algo muito errado acontecendo. O ano é 1981. O Irã sente as transformações que a revolução islâmica trouxe, refletidas nos novos comportamentos e na rigidez do cotidiano. Decidida a descobrir o que está acontecendo e a não sair do país sem a irmã, Saba foge pelo saguão lotado do aeroporto, procurando respostas. Este é o ponto de partida de Uma colher de terra e mar, romance de estreia da escritora iraniana Diana Nayeri. Dona de uma narrativa cheia de nuances, a autora costura com habilidade a emocionante trajetória das duas irmãs que, separadas não importa por quantas colheres de terra e mar, permanecem unidas pelo coração.


Dançando com o Inimigo, Paul GlaserDurante uma visita ao campo de concentração de Auschwitz, na Polônia, o holandês Paul Glaser ficou intrigado com uma mala contendo o sobrenome de sua família e, a despeito de sua formação católica, iniciou uma investigação que o levou a descobrir sua herança judia e a incrível história de sua tia Rosie Glaser. Em Dançando com o inimigo, ele relata a trajetória dessa mulher intensa e apaixonada que viu sua vida virar de cabeça para baixo quando foi denunciada pelo ex-marido, dono da escola de dança onde ela dava aulas e simpatizante antissemita que não suportava ver Rosie fora de seu controle, para a temida SS. Levada para uma série de campos de concentração, Rosie usou de seu charme, astúcia e de seu profundo carisma para sobreviver e ajudar outros condenados em meio à hostilidade dos nazistas.

Pura Dinamite, Janet EvanovichEm mais um capítulo de suas tresloucadas aventuras, as sonhadas férias no Havaí acabam se tornando um verdadeiro pesadelo para Stephanie Plum, a atrapalhada caçadora de recompensas criada por Janet Evanovich. Se Joe Morelli, o policial mais cobiçado da cidade de Trenton, havia assumido o status de namorado durante as férias, depois de muitas confusões e agora que Stephanie resolveu voltar sozinha para casa , ela não sabe mais em que pé está a situação. Mas é a ele que ela tem que recorrer quando começa a ser perseguida por agentes do FBI e por um bando de malucos depois que seu vizinho de assento no voo é encontrado morto. Para completar, as coisas no trabalho não andam nada bem, assim como o bolso de Stephanie. Personagens divertidos, situações inusitadas e um triângulo amoroso sensual fazem de Pura dinamite mais um excelente entretenimento da bestseller Janet Evanovich.


A Arte de Mentir, Cícero Sandroni
Reunindo mais de cem crônicas publicadas ao longo de uma fértil carreira, o jornalista e escritor Cícero Sandroni apresenta em A arte de mentir “memórias de amigos que já partiram, uma ou outra alusão aos malfeitos da vida, sem vontade de ser a palmatória do mundo. Pequenos textos, talvez para serem lidos em uma noite de chuva”. Das guerras à economia, da cozinha à arte, passando por personagens como Clarice Lispector, Fernando Sabino, John Lennon, Dom Helder Câmara e Gabriel Garcia Marques, para citar alguns, nada escapa do crivo do cronista, esse sensível observador do mundo. Salpicados por referências curiosas, pelo bom humor e pela escrita leve e inteligente, os textos, como toda boa crônica, merecem ser (re)lidos com a calma de que a leitura do jornal nem sempre usufrui.

As Últimas Cartas de Jacopo Ortis – Coleção Memórias do Futuro, Ugo FoscoloCarregado de tintas autobiográficas, As últimas cartas de Jacopo Ortis é tido como o primeiro romance epistolar da literatura italiana. Inspirado no clássico alemão Os sofrimentos do jovem Werther, de Goethe, o livro marca também a estreia, pelo selo Rocco Jovens Leitores, da coleção Memórias do Futuro, organizada pelo tradutor, poeta e acadêmico Marco Lucchesi, que reunirá clássicos inéditos ou pouco conhecidos no Brasil, mas que mantêm o frescor estético e a atualidade. No romance, o jovem Jacopo Ortis, desiludido com o naufrágio do sonho de uma Itália unificada sob Napoleão Bonaparte e com um amor impossível, viaja pelo país e, através de cartas escritas a um amigo, reflete sobre a natureza, a História e a vida que parece sempre lhe escapar.


Batalhas nas Ruas – Gladiador #2, Simon ScarrowO escritor Simon Scarrow, que antes de se dedicar à literatura foi professor de História, retoma a aventura do jovem aprendiz de gladiador Marcus Cornelius Primus com o segundo volume da série Gladiador: Batalhas nas ruas . Na trama, o jovem, vendido como escravo quando tentava vingar a morte do pai e libertar a mãe, também escravizada, acaba sendo comprado por ninguém menos que o imperador Gaius Julius Caesar e tem que conciliar o treinamento de gladiador e as tarefas impostas por Caesar com o plano de salvar sua mãe. Enquanto compõe uma rica descrição do cenário de intrigas políticas e brutalidade da vida na Roma Antiga, o autor põe à prova tanto as habilidades físicas quanto a coragem, lealdade e inteligência de Marcus, numa estimulante e enriquecedora aventura para jovens.

Os Segredos de Ali, Sara Shepard
Em Os segredos de Ali , Sara Shepard volta no tempo para mostrar como era a vida de Alison DiLaurentis, a garota mais popular do colégio Rosewood Day, e sua relação com Aria, Hanna, Emily e Spencer , muito antes de ser assassinada e de suas amigas começarem a ser perseguidas pela misteriosa A. Na trama, que funciona como uma espécie de prólogo da coleção Pretty Little Liars, a autora dá voz a Courtney, a irmã gêmea de Alison cuja existência era desconhecida em Rosewood, adicionando ainda mais mistério, segredos e intrigas à história das cinco adolescentes. Um livro imperdível para os fãs da série de sucesso internacional.

Véu da Morte – Os Segredos de Wintercraft #3, Jenna Burtenshaw
Depois de Livro perdido e Guardiões sombrios , Véu da morte é o final grandioso e explosivo para a saga Os Segredos de Wintercraft. Em sua estreia literária, a inglesa Jenna Burtenshaw criou um universo magnífico, recheado de mistério, e apresentou aos leitores Kate Winters e Silas Dane, dois heróis relutantes que conquistaram a garotada com suas incríveis trajetórias. Na nova e última aventura da dupla, o véu que marca o limite entre vida e morte está se esfacelando, as almas perdidas estão nas ruas de Fume, a cidade cemitério, e repará-lo não será uma missão simples. A chave para o sucesso está no Wintercraft, um livro misterioso que promete aos dotados um novo nível de poder, e nas ha bilidades de Kate, último membro de uma linhagem poderosa dos dotados.


Editora Arqueiro


Simples Perfeição, Abbi GlinesWoods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro. A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade. Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama. Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro? Concluindo a sedutora história de Woods e Della, Simples perfeição é o romance mais surpreendente de Abbi Glines e mostra que encontrar alguém pode ser um golpe do destino, mas descobrir a perfeição ao lado dessa pessoa requer aceitar a si mesmo e superar os piores obstáculos a dois.

A Música do Silêncio, Patrick RothfussDebaixo da Universidade, bem lá no fundo, há um lugar escuro. Poucas pessoas sabem de sua existência, uma rede descontínua de antigas passagens e cômodos abandonados. Ali, bem no meio desse local esquecido, situado no coração dos Subterrâneos, vive uma jovem. Seu nome é Auri, e ela é cheia de mistérios. A música do silêncio é um recorte breve e agridoce de sua vida, uma pequena aventura só dela. Ao mesmo tempo alegre e inquietante, esta história nos oferece a oportunidade de enxergar o mundo pelos olhos de Auri. E nos dá a chance de conhecer algumas coisas que só ela sabe... Neste livro, Patrick Rothfuss nos leva ao mundo de uma das personagens mais enigmáticas da série A Crônica do Matador do Rei. Repleto de segredos e mistérios, A música do silêncio é uma narrativa sobre uma jovem ferida em um mundo devastado.

Paixão ao Entardecer, Lisa KleypasMesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

Morte Invisível, Lene Kaaberbøl e Agnete FriisEm meio às ruínas de um hospital militar soviético no norte da Hungria, Pitkin e Tamás procuram antigos suprimentos e armas que possam vender no mercado negro, até que acabam encontrando algo mais valioso do que poderiam imaginar. Ali está a esperança dos meninos ciganos de deixar a pobreza, de quitar as dívidas da família, quem sabe de se livrar um pouco do preconceito que sofre o seu povo. Porém, suas boas intenções podem provocar a morte de um número alarmante de pessoas. Na Dinamarca, a enfermeira Nina Borg também se preocupa com o bem-estar dos desfavorecidos, e por isso colocará sua vida em risco mais uma vez. Chamada às pressas para cuidar de um grupo de ciganos húngaros, ela descobre uma doença misteriosa que se espalha de forma implacável. Ao investigar o caso, percebe que há algo de podre em toda aquela história, um segredo perigoso, guardado a sete chaves pelos imigrantes, que pode envolver terrorismo e fanatismo. Nesta continuação de O menino da mala, Nina acabará colocando sua família na mira de criminosos e se verá diante de uma crise sem precedentes que mobilizará o país.

Amaldiçoado, Joe HillIgnatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Além disso, descobre algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim.

A linguagem das flores - Vanessa DiffenbaughVictoria Jones sempre foi uma menina arredia e temperamental. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção. Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder. Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram.


Editora Sextante


Uma casa no meio do caminho, Barry Martin e Philip LermanUm enorme shopping estava prestes a ser construído na cidade americana de Seattle, mas no meio do terreno havia a casinha de Edith Wilson Macefield, uma velhinha durona que estava decidida a não arredar pé dali. Quando o responsável pela obra, Barry Martin, foi conversar com ela, todos acreditaram que iria convencê-la a mudar de ideia. Mas estavam redondamente enganados. Nesta emocionante e singela história real — que serviu de inspiração para uma campanha de divulgação do filme Up: Altas aventuras —, Barry conta como nasceu a inusitada amizade entre ele e Edith, e as lições de vida que aprendeu com ela.

Como enfrentar a violência Verbal, Patrícia EvansA violência verbal pode ser tão sutil que às vezes nem percebemos que somos alvo de um agressor. A tristeza, o incômodo e o mal-estar nos fazem sentir que há algo errado, mas acabamos achando que a culpa é nossa. As agressões podem se apresentar de diversas formas: menosprezo ou ataque de raiva, indiferença ou demonstração de superioridade, sarcasmo ou distanciamento, coerção manipulativa ou exigência irracional. Afirmações como “Você está gorda”, “Você nunca entende nada”, “Não pedi sua opinião” e “Você só fala besteira” são exemplos de utilização das palavras como armas – e, em geral, são bastante ouvidas pelas vítimas de abuso. O primeiro passo para se libertar dessa situação é se conscientizar de que você não merece ouvir isso. Portanto, atenção: se você se relaciona com alguém que costuma fazer comentários ofensivos a seu respeito, mas alega que está brincando, você está com um agressor. Se essa pessoa não se dispõe a escutar seus sentimentos e o trata como inferior, você está sendo vítima de agressão. Este livro foi o primeiro a descrever os relacionamentos com violência verbal, ainda na década de 1990. Desde então, milhares de pessoas que sofriam caladas puderam reconhecer que a angústia a que eram submetidas não era “normal”, e sim um reflexo de um comportamento abusivo que deve ser enfrentado e combatido. Apresentando histórias reais, estratégias objetivas e questionários de autoavaliação, Patricia Evans traz informações essenciais para ajudar você a enfrentar o agressor de forma segura e a proteger sua família dos efeitos negativos desses relacionamentos problemáticos.

Um comentário

  1. Reze pelas mulheres roubadas me interessou muito!
    Agora o "amaldiçoado" do Joe Hill me intriga. Entendo que as editoras façam uma edição "inspirada" no filme para melhor divulgação, embora não curta nenhum pouco. Mas agora alterar o título do livro por causa do filme é um absurdo! O LIVRO é o material original que deve influenciar o filme, que é uma ADAPTAÇÃO, o contrário jamais deveria acontecer. Li o livro na primeira edição, com o título O PACTO, e d fato, se trata de um bom livro. Só estou aqui questionando as escolhas editoriais e não o livro em si, que eu recomendo aliás.

    ResponderExcluir