Resenha: O Assassinato e Outras Histórias

Titulo: O Assassinato e outras histórias
Autor: Anton Tchekhov
Editora: Cosac Naify
Páginas: 276
Ano Lançamento: 2011

Sinopse: Traduzido e organizado pelo romancista Rubens Figueiredo, este livro traz seis contos longos escritos por Anton Tchekhov (1860-1904) na última fase de sua obra. Neles, o tema é o cotidiano da amesquinhada vida russa no final do século XIX. Tchekhov revela-se um profundo conhecedor da vida rural e urbana, dos costumes de mujiques, de comerciantes, de proprietários de terra e de jovens intelectuais. Suas narrativas captam um universo amplo, contraditório, tenso, em que o leitor não pode nunca permanecer impassível. A edição traz algumas cartas de Tchekhov, escritas durante os anos mais produtivos de sua vida. 


Análise: 

Esse é o primeiro livro da literatura Russa que leio, confesso que fiquei encantado com a forma que o autor através das paginas escreve os seus seis contos. 

O livro foi lançado pela editora Cosac Naify, muito bem diagramado e letras e espaçamentos muito bem adequados para uma bola leitura. Capa do livro dispensa comentários, uma bela imagem dando a impressão que estamos vendo uma obra de arte. 

Anton Tchekhov usa uma simplicidade com as palavras e boas descrições de lugares, pessoas e situações do qual torna a leitura fluida e bem prazerosa, em certo momento chega a serem próximos os personagens com os leitores. 

São diversos personagens do qual vemos o dia a dia deles em seus trabalhos e outros afazeres domésticos e através do livro passamos a conhecer mais sobre a cultura Russa no final do século XIX e o modo de vida dos personagens. 

Uma boa leitura para aqueles que querem conhecer mais sobre a história da Rússia e toda sua cultura. Na rede social Skoob o livro recebeu nota de 4.0



Um comentário

  1. Já deu vontade de ler só por ser literatura Russa. ótima resenha.

    http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir