Quotes: Carlos Drummond de Andrade

Bom dia, boa tarde ou boa noite livreadores, tudo bem com vocês?


Hoje o Quotes vai ser em homenagem ao grande escritor, cronista, contista e tradutor Carlos Drummond de Andrade. Suas obras de maior destaque são: Alguma poesia, Sentimento do mundo e A rosa do povo.
Alguma poesia, Sentimento do mundo e A rosa do povo

O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.

A minha vontade é forte, mas a minha disposição de obedecer-lhe é fraca

Os homens distinguem-se pelo que fazem, as mulheres pelo que levam os homens a fazer.

Como as plantas a amizade não deve ser muito nem pouco regada.

As dificuldades são o aço estrutural que entra na construção do caráter.

Não é fácil ter paciência diante dos que a têm excesso de paciência.

Há campeões de tudo, inclusive de perda de campeonatos.

A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede.

Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira.

Necessitamos sempre de ambicionar alguma coisa que, alcançada, não nos torna sem ambição.

5 comentários

  1. Teve uma fase da minha fase da minha vida que eu lia muita poesia, e esse seu post me fez lembrar daqueles tempos, que eram tããão bons! :)

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelly, tudo bem com vc?

      Que bom que você gostou do post, Drummond era incrível!!!

      Muito obrigado pelo comentário.

      Excluir
  2. Ahh, eu amo os quotes de Carlos Drummond de Andrade e tenho alguns favoritos até <3 *-*
    Gostei bastante do post!!

    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, tudo bem com vc?

      Drummond é incrivel e encantador!

      Obrigado pelo seu comentario!!

      Excluir
  3. Gostei do post, meu filho tem o livro História de dois amores e já o leu inúmeras vezes, mas confesso que eu nunca li nada do Drummond. É uma vergonha, né? Ainda mais considerando que já me sentei nesse banco várias vezes.

    ResponderExcluir