Resenha: A Maldição do Tigre

Título original: Tiger's Curse
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Ano: 2011
Páginas: 352


Sinopse: Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem. A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.

Há tempos queria iniciar essa série, uma vez fiquei até decidida a iniciar, mas não encontrei esse livro pelas livrarias da minha cidade. Vê se pode isso! Na segunda tentativa tive mais sorte e finalmente conheci o mundo criado por Colleen Houck.

No primeiro livro da série conhecemos Kelsey Hayes, uma jovem de 17 anos, prestes a fazer 18, que após perder os pais em um acidente de carro passou a morar com os seus tutores Sarah e Mike. Procurando por uma renda extra para custear a faculdade, aceita um emprego temporário no Circo Maurizio, onde basicamente teria que vender ingressos, alimentar os animais e cuidar da limpeza depois das apresentações.

Kelsey se ver encantada pelo grande tigre branco que permite que o domador coloque a cabeça entre seus dentes, mas também, por mais estranho que pareça, poderia sentir o estado de espírito do tigre, e ele parecia melancólico. Dhiren, o tigre, era o grande espetáculo do Ciro Maurizio e com os dias, Kelsey foi se afeiçoando ainda mais pelo grande felino.

"Aqueles olhos eram hipnóticos. Eles se fixaram, quase como se o tigre tivesse examinado a minha alma." p.34

Mas sua vida muda por completo com a chegada do Sr. Kadam, que após fazer uma grande oferta ao Sr. Maurizio, conseguiu a oportunidade de levar Ren de volta para a Índia e, ao fazer uma proposta para Kelsey de acompanhar o tigre até a Índia para que o mesmo chegasse bem, viu a oportunidade de passar mais tempo ao lado do tigre que já tinha criado um laço improvável.

Durante a viagem para Índia Kelsey conhece a história do príncipe Dhiren, que estava prometido a Yesubai, quando descobriu que sua noiva e seu irmão haviam se apaixonado e que por isso, seu irmão o entregou ao cruel captor Lokesh para ter a mulher que amava. Mal sabia Kelsey que a verdadeira lenda estava à sua frente. Já na Índia, Kelsey descobre a verdadeira história do tigre Ren assim como a sua maldição e passa a desvendar enigmas juntamente com o Sr. Kadam para saber como quebrar a maldição colocada sobre Ren.



Esse livro traz o estilo do amor improvável de maneira completamente envolvente, apesar de a autora ter se inspirado na Saga Crepúsculo, conseguiu formar o seu próprio universo encantador. No início fiquei completamente frustrada pelos poucos momentos humanos de Ren, vendo a maior parte do diálogo entre Kelsey e Ren por gestos e olhos azul cobalto que tentam transmitir o que realmente quer dizer em palavras.

E se você já teve alguma curiosidade sobre a Índia, esse livro te levará para essa viagem mesmo você estando dentro de casa. A autora explorou muito bem os seus costumes, os seus deuses, as suas lendas e seu dialeto, por mais confuso que pareça.

"Eu não tinha fobia de altura, mas uma passagem secreta, degraus estreitos, um abismo escuro e nenhum corrimão com certeza estavam me apavorando. Fiquei grata por ele ficar com o lado mais perigoso." p.126

Kelsey faz de tudo para ajudar Ren e o Sr. Kadam no que for preciso para quebrar essa maldição e como peça chave para isso, encara o perigo em meio à kappas, perigos espinhentos e cobra em forma de bracelete. Nesse momento podemos ver uma Kelsey forte e decidida a chegar até o fim para saber como desvendar esse mistério, mas ela não ficou imune ao mimimi do amor, e nesse aspecto, dá uma vontade enorme de dar um sacode para tamanha burrice.

Não sei o que acontece com essa história de não sou boa o suficiente, na boa, já está na hora de se fazer personagens femininas mais fortes que sabem o que quer e confiam em si mesmas. Palmas para Tris e Katniss, isso sim é empolgante. Mas voltando, Ren é um típico cavalheiro, que está disposto a fazer tudo por quem ama, é romântico, atencioso e se importa, acrescente a isso um lindo corpo esculturado e lindos olhos azuis cobalto. Respira!!!

A leitura foi rápida, você se envolve e quando vê já passou na página 100 e ainda quer mais, se vou ler a continuação? Com toda certeza! E indico para aquelas pessoas que querem uma nova série de fantasia para curtir e saber mais do universo indiano. Quero um enorme tigre branco para mim!

Espero que tenham gostado. Não se esqueçam de dar suas opiniões sobre a série e se você tiver lendo outras nos indiquem nos comentários. Até mais!


8 comentários

  1. Quero MUUUUUUUUUUUUITO ler esse livro!!!!!
    Sem noção!!!
    Adoorei a resenha!

    Beijinhos,
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa saga é muito boa! Estou lendo 'A Viagem do Tigre', 3° livro e está muito bom! A mitologia indiana enriquece a narrativa e dá mais gosto de ler!
    Em breve farei resenha do terceiro livro.

    xoxo :*

    http://iceandbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou com vontade de ler esse livro e sua resenha me deixou com mais vontade ainda!!!
    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já conheço bastante sobre a Índia pelos livros da Lucinda Riley, mas tenho este do Tigre e ainda não comecei a ler, sendo que está bem adiantado nas publicações né? E olha que falam super bem dele! Um dia, ainda chego lá!

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  5. Eu quero um enorme tigre branco para mim também, mas só o tigre, o Ren não rs O que eu mais gostei em "A Maldição do Tigre", além da capa, foi toda a abordagem da mitologia indiana! Deu para se sentir na India lendo! Beijos!

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  6. Me diz por que eu ainda não comecei a ler essa série? :/

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Amei sua resenha, tenho vontade de ler essa série mais ainda não tive a oportunidade, quem sabe um dia haha.
    Beijos,
    Catrine - http://destinosopostos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Tammy!
    Quero muito ler esse livro!
    Sempre li resenhas positivas sobre ele e sem contar que sou apaixonada pela capa.
    Tenho certeza que é o tipo de história diferente de tudo que já li e que irá me encantar!
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir