Bienal do Livro SP 2014 - #EuFui - O lado bom da bienal

Oi, pessoalzinho :)

Quem leu meu outro post sobre a Bienal, viu que ele foi mais como um desabafo sobre filas e multidões, além de um meio de dar algumas dicas para quem vai ao evento.

Mas, no post de hoje, vim falar de coisa boa e mostrar para vocês o lado bom da Bienal, afinal os pés e ombros doloridos precisam ter valido a pena, não é? :)




Apesar do grande tumulto, preciso dizer que o dia 23 estava mais do que recheado de autores. Eu amei isso. Sou do tipo que ama ver que pessoas normais conseguem ter mentes tão criativas a ponto de nos levarem a realidades diferentes e sentirmos coisas em relação a personagens como se eles existissem de fato no nosso mundinho.

Bate-papo com Harlan Coben


Bate-papo com Cassandra Clare

Dos internacionais, consegui algumas fotos de longe do Harlan Coben e da Cassandra Clare (por sinal, achei os dois muito simpáticos com o público). Como moro longe, tive que voltar cedo e não deu tempo de estar na Arena Cultural para acompanhar o bate-papo da Kiera Cass, nem pegar autógrafo da Isabela Freitas (ainda assim, levei meu exemplar de Não se apega não nessa esperança). Mas só o fato de encontrá-los por lá já fez muito bem para o meu coraçãozinho, hahaha.


Sessão de autógrafos da Isabela Freitas no estande da Intrínseca

Se por um lado não consegui chegar muito perto dos autores citados, por outro a Bienal me permitiu encontrar duas autoras parceiras do blog: a Babi Barreto e a FML Pepper. As duas foram simpáticas e a Pepper atiçou minha curiosidade em relação ao último livro de sua trilogia (mesmo que eu esteja no finalzinho do primeiro, haha), além de disponibilizar vários marcadores e bottons para serem sorteados por aqui... Aguardem :)

Babi Barreto

FML Pepper

E, por falar em marcadores e bottons, pensem numa pessoa pobre e  feliz quando ganhava marcadores andando pela bienal... No fim das contas, saí de lá com aproximadamente 30 marcadores, 3 bottons, 2 camisetas e alguns livrinhos contendo aquele primeiro capítulo de degustação Pobre de mim com vontade de ler e comprar maaaaais livros, rs



Outros dois autores bastante atenciosos que encontrei por lá, foram a Laura Conrado (autora de Freud, me tira dessa!) e o Maurício Gomyde (autor de A máquina de contar histórias).

Quanto aos livros que comprei, foram apenas quatro (a blogueira aqui foi bem pobre para a bienal): Termine este livro, Ele está de volta, O mundo pós-aniversário e Em busca do verdadeiro (que foi autografado pela Babi *-*).


Em relação aos preços dos livros (uma pergunta bastante feita a mim quando conto que fui à bienal), variou muito de estande para estande. Alguns estavam com preço superior ao encontrado na internet, enquanto alguns estandes tinham livros de R$ 3,00, por exemplo.

Os estandes de editoras normalmente apresentam desconto progressivo (quanto mais compra, mais desconto ganha :D) e, de todos, o que mais gostei foi o da Intrínseca (tanto que comprei três dos quatro livros lá). Além das prateleiras com livros a 5 e 9 reais e o desconto progressivo, eles estão de parabéns com a organização e o atendimento.

Para finalizar o lado bom da bienal, não poderia deixar de citar o fato de que encontrei algumas pessoas legais por lá, dispostas a conversas rápidas e agradáveis, como aconteceu com as meninas do blog Caverna Literária :)

E no fim de tudo isso, só me resta dizer uma coisa: foram tantas coisas legais na bienal que agora, nas lembranças, a parte ruim nem faz diferença... E, se tudo der certo, ano quem vem espero estar na Bienal do Rio de Janeiro. Que venha 2015!

Beijinhos. E até mais.


8 comentários

  1. Oi Mayara, tudo bem?

    Menina, você conseguiu bastante fotos bacanas!! Eu fui apenas no domingo na Bienal, mas confesso que não fiquei procurando autores para autógrafos e fotos, apenas procurei livros com bons preços! rsrsrs

    Beijinhos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, até que consegui fotos legais... Eu fui com pouco dinheiro para a bienal e as filas dos caixas desanimaram um pouco, rs.

      Aproveitei para tirar fotos, ouvir os autores falando sobre seus livros e curtir o clima do ambiente, mesmo ^^

      Queria ter ido no domingo também. E em todos os outros dias kkkkk

      Beijinho.

      Excluir
  2. Ai, meu coração está morrendo aqui. Ir na Bienal deve ser fantástico! Infelizmente não tem Bienal em Aracaju, não sei o porquê. Para mim deveria ter em todas as capitais de estados, seria justo.

    Nossa, quantos marcadores! Adhaduhaudhaudhauda, se eu for na Bienal nunca mais precisarei de um marcador na vida. E as camisetas você comprou ou ganhou? E os bottons? Ah, a parte dos autores também é fantástica, mas é algo meio difícil de conseguir, de qualquer forma. Meros mortais não conseguem, haha.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Karla. Concordo com você. Todas as capitais deveriam ter bienal. Seria fantástico.

      Tanto os bottons quanto as camisetas, eu ganhei (de autoras e no estande da Intrínseca).

      Essa parte dos autores é difícil mesmo. Quanto mais conhecido, maior a dificuldade kkkkk.

      Queria que você tivesse a oportunidade de estar lá e vivenciar essa experiência tão legal :)

      Beijinho.

      Excluir
  3. [aaa] Como seu coração sobreviveu a este momento incrível!? Deve ser incrível participar de um evento como este, que emoção. Confesso que fiquei uma meia hora babando nos marcadores de livros e bottons (principalmente os bottons!). Você é uma sortuda.
    Iremos nos esbarrar na bienal em RJ... Assim espero! XD

    xoxo :*
    http://www.osliteratos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maíra :)

      É realmente incrível estar num evento desse. E dá vontade de não vir mais embora. Eu amo marcadores e me surpreendi ao chegar em casa e perceber a quantidade que ganhei *-*

      Siiim. Vamos nos esbarrar na bienal do RJ. Lá está com jeitinho de ser outra experiência incrível :D

      Beijinho.

      Excluir
  4. Minha flor!!!!!!

    Falhei feio com você!!!
    Como assim não ganhou vários marcadores!!! Oh minha nossa senhora das autoras lerdas! Valei-me!!!
    Manda seus dados que vou encaminhar VÁAAAARIOS pra vocês!!!

    Agora falando sério...

    Foi um prazer imenso te conhecer. Tão doce, tão gentil e me deu tantoooo carinho!!
    Muito obrigada por ter ido me ver!
    Um prazer sem tamanho te conhecer!!!

    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Oi Babi :)

    Kkkkk. Essas coisas acontecem. Relaxa. Foi efeito colateral da animação da bienal :D

    Foi um prazer te conhecer, também. Você foi simpática comigo como havia sido anteriormente por e-mail e foi bom ter reservado uns minutinhos do meu dia para te conhecer.

    Pode deixar que te passo os dados. Os leitores vão curtir isso, haha.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir