Projeto HP 2014 - Harry Potter e a Pedra Filosofal

Há livros que chegam na nossa vida e simplesmente deixam sua marca. São histórias que penetram nosso dia-a-dia e, quando percebemos, já estamos até usando o vocabulário próprio delas e mencionando os personagens como se estivéssemos mencionando um parente... E Harry Potter é assim.

Harry Potter apareceu na minha vida perto do fim da infância, acompanhou a adolescência e permanece até agora que teoricamente sou adulta. Sendo assim, o projeto começa hoje, com a resenha de Harry Potter e a Pedra Filosofal.


Título original: Harry Potter and the Philosopher's Stone

Autora: J. K. Rowling

Tradução: Lia Wyler

Editora: Rocco

Ano: 2000

Páginas: 264

Harry Potter é um garoto comum que vive num armário debaixo da escada da casa de seus tios. Sua vida muda quando ele é resgatado por uma coruja e levado para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Lá ele descobre tudo sobre a misteriosa morte de seus pais, aprende a jogar quadribol e enfrente, num duelo, o cruel Voldemort. Com inteligência e criatividade, J. K. Rowling criou um clássico de nossos tempos. Uma obra que reúne fantasia e suspense num universo original atraente para crianças, adolescentes e adultos.


"É preciso muita coragem para enfrentar seus inimigos, e mais coragem ainda para enfrentar os seus amigos."

Antes de tudo, acho importante dizer que participar do Projeto Harry Potter 2014 parece que chegou numa boa hora. Apesar de já ter lido e assistido os filmes diversas vezes, acho que essa oportunidade é boa para "degustar" cada momento dessa série tão boa. A propósito, se eu conseguir ser disciplinada as postagens do Projeto acontecerão seguindo o cronograma abaixo:

Junho: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Julho: Harry Potter e a Câmara Secreta
Agosto: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Setembro: Harry Potter e o Cálice de Fogo
Outubro: Harry Potter e a Ordem da Fênix
Novembro: Harry Potter e o Enigma do Príncipe
Dezembro: Harry Potter e as Relíquias da Morte

Harry Potter e a pedra filosofal é o primeiro livro da série Harry Potter. E, talvez por isso, seja um dos mais queridinhos (digamos que há um certo carinho especial por esse livro aqui).




Para quem ainda não leu ou assistiu, o livro/filme conta a história de Harry Potter, um garoto de 11 anos que mora com os tios e o primo, Duda. Para Harry é contada a versão de que seus pais morreram em um acidente de carro e, após isso, ele foi parar na casa dos tios. Mas a verdade é bem outra.

Harry é filho de um casal de bruxos que morreram atacados por um poderoso bruxo das trevas, Lord Voldemort. A parte interessante, e não menos importante, é que Harry sobreviveu a esse mesmo ataque e depois disso esse poderoso bruxo das trevas desapareceu.

Tendo em vista que Harry se tornou famoso antes mesmo de saber quem era, Alvo Dumbledore decide deixar o garoto sob custódia dos Dursley até que ele atinja idade suficiente para entrar para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts (onde Dumbledore é diretor).

Acontece que os Dursley fazem questão de esconder a verdade de Harry, pois não querem de maneira alguma Harry, e consequentemente eles, envolvidos com gente da "laia" de seus pais. Porém, ao completar 11 anos (e atingir a idade de entrar para a escola), a história realmente passa a ficar interessante e a vida de Harry muda completamente, indo parar em um lugar onde tudo é diferente e - literalmente - mágico.


"Não vale a pena mergulhar nos sonhos e esquecer de viver"

O livro é ótimo e o filme também foi fiel numa medida boa. Alguns detalhes, é claro, são diferentes, mas é possível enxergar certas cenas com clareza e ouvir algumas frases que saíram diretinho do livro para as telas.

O que eu mais gosto no primeiro livro/filme da série é a maneira como a amizade do trio de ouro (Harry, Rony e Hermione) vai surgindo e fortalecendo. E, claro, o início todo desse mundo mágico e que tem tanto a nos impressionar. Já logo de cara é fácil criar afeições e expectativas.

"Há coisas que não se pode fazer junto sem acabar gostando um do outro, e derrubar um trasgo montanhês de quase quatro metros de altura é uma dessas coisas."

Bom, por hoje chega. Acho que ficou bem superficial, mas ainda tenho seis tentativas para melhorar, haha.

Beijinhos e até breve.


3 comentários

  1. Oi parceiras,
    Seria muito absurdo eu dizer que nunca li HP? Sim, sou poser demais, so vi os filmes <3 E amo! hahaha
    Concordo quando você diz que A Pedra Filosofal é o queridinho de todos e realmente é. Ele é o meu preferido!

    E fala sério, Harry Potter, Rony e Hermione formam o trio mais legal da literatura e do cinema!

    Ótimo post! Tomara que o Projeto HP 2014 der certo. Quero ver os próximos posts!

    Beijos
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. To lendo HP só agora... Já velha mas estou gostando bastante.. Meunproximo vai ser onterceiro! Chega logo férias...
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir