Especial Dia dos Namorados: Casais Literários

Olá Livreadores, hoje é dia dos namorados!!! E mesmo em todo esse clima de Copa (Vamos lá, Brasil!!!), não esquecemos desse dia especial. Mesmo para os solteiros ou aqueles que tem horror a data, não se pode negar que um pouco de romance faz bem para todos.
E para comemorar em grande estilo, trouxemos para vocês, alguns dos casais da literatura que marcaram as nossas vidas. Vamos lá!!!

Orgulho e Preconceito - Jane Austen
Começando em grande estilo, é claro que eles estariam nessa lista, afinal, Mr. Darcy e Elizabeth Bennet encantam gerações. Quem nunca imaginou um Darcy para si? Com toda a sua avidez e presença marcante, faz muitos corações derreterem e nem a destemida Elizabeth escapou dos encantos de tal homem.


O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë
Ao contrário do casal acima, Heathcliff e Catherine saí do estereotipo dos romances felizes. Heathcliff está longe de um cavalheiro, assim como Catherine está longe de ser a mocinha que esperamos. Um livro carregado de intensidade, loucuras e sentimentos dúbios, demonstra a forma mais crua de um amor que foi "impedido" pela sociedade da época.


Saga Crepúsculo - Stephenie Meyer
Edward e Bella, um dos casais mais amados, mesmo com tantas opiniões contrarias, eles conquistaram o seu espaço no meio literário. O relacionamento entre um vampiro e uma humana que fizeram de tudo para mostra que o amor era maior do que uma diferença entre as espécies.


Jogos Vorazes - Suzanne Collins
Katniss e Peeta é a prova de que o amor pode surgir em momentos inesperados. Mesmo em meio a toda loucura que é os Jogos Vorazes, esse casal mostrou que o amor também é força, conquistando o público de maneira devastadora.


Divergente - Veronica Roth
O que falar de Tris e Quatro! Esse casal é pura força. Sempre lado a lado, eles enfrentam a guerra e seus próprios fantasmas, sendo verdadeiros quanto os seus sentimentos e objetivos.


Os Instrumentos Mortais - Cassandra Clare
Clary e Jace, eles são completamente diferentes mas se completam de maneira encantadora. Apesar de muitos problemas para ficarem juntos, o destino se encarregou de juntar esses dois corações apaixonados.


Como eu era antes de você - Jojo Moyes
Will Traynor e Louisa Clark. É claro que eles estariam nessa lista. Apesar da arrogância de Will e seu estado físico e mental, não há como não se apaixonar por ele. E foi assim que aconteceu com Lou. É impossível não torcer por esse casal.


Um Caso Perdido - Colleen Hoover
Eles demonstram que o amor vence a barreira do tempo, assim como as dificuldades encontradas ao longo dos anos. Com toda a loucura e intensidade Sky e Holder deixam claro o que é ser amigos e companheiros, e não somente namorados.


A Divina Comédia - Dante Alighieri
Eles são o ícone do amor platônico. Dante não economizou esforços para demonstrar o seu amor por Beatrice através de suas escritas, e tamanha demonstração de amor permanece ao longo dos seculos, sendo referencia para o mundo literário.


A Culpa é das Estrelas - John Green
E por último mas não menos importante, Hasel e Gus. O que falar sobre eles? Não há como não se apaixonar. Mesmo em a doença do câncer, eles demonstram a beleza do amor de maneira simples e divertida.


Ainda há muitos casais que deveriam estar nessa lista, casais como: Nora e Patch, Jamie e Landon, Jane Eyre e Mr. Rochester, Dexter e Emma e muitos outros, mas o post iria ficar enorme!!!

E quanto a vocês? Quais são os seus casais preferidos?
Ampliem a nossa lista especial do Dia dos Namorados.


2 comentários

  1. Divergente e Os instrumentos Mortais, não me conquistaram pelas sinopses e resenhas. Mas esses casais são tão fofos que me fazem querer ler aos livros.
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sobre Os Instrumentos Mortais eu não continuei a ler a série mas sou encantada por esse casal. Sou apaixonada por Tris e Quatro e tbm amei a trilogia, apesar dos dois primeiros livros serem os meus preferidos da trilogia.

    Bjim!

    ResponderExcluir