Resenha - As aventuras de Pi

Titulo: As aventuras

Autor: Yann Martel

Editora: Nova Fronteira

ISBN: 9788520933107

Tradução: Maria Helena Rounet

Páginas: 371

Ano Lançamento: 2012

Sinopse:
Um dos romances mais importantes do século, As aventuras de Pi é uma narrativa singular de Yann Martel que se tornou um grande best-seller. O livro narra a trajetória do jovem Pi Patel, um garoto cuja vida é revirada quando seu pai, dono de um zoológico na Índia, decide embarcar em um navio rumo ao Canadá. Durante a viagem, um trágico naufrágio deixa o menino à deriva em um bote, na companhia insólita de um tigre-de-bengala, um orangotango, uma zebra e uma hiena. A luta de Pi pela sobrevivência ao lado de animais perigosos e sobre um imenso oceano é de uma força poucas vezes vista na literatura mundial.

Analise:

Para quem assistiu a aquele filme estrelado pelo ator Tom Hanks o naufrago vai achar alguma semelhança na leitura de “As aventuras de Pi”, apesar que no filme o protagonista fica sozinho em uma ilha. 

Escrito pelo autor Yann Martel, ele faz uma mescla de aventura, coragem, esperança, e acima de tudo é ter esperança e sonhos mesmo passando por dificuldades quase impossíveis de se sair vivo. No inicio do livro o autor se apresenta e nos conta sobre como nasceu o livro e passamos a conhecer um pouco da sua vida e os altos e baixos da carreira de escritor pelo qual ele passou.

A capa do livro é o cartaz do filme do qual foi o maior vencedor do Oscar em 2013, antes de assistir ao filme é melhor você ler o livro. O livro como um todo conta com um bom acabamento e boa diagramação, sem contar também que o espaçamento e as letras são bem proporcionais para uma boa leitura.

Uma pequena parte da história passa na India, mais especificamente em Pondicherry. O personagem principal é Piscine Molitor Patel, vive com seus pais e o irmão Ravi. Piscine explica a origem do seu nome do qual ele fala as diversas vezes que passou mal bocados na escola com as brincadeiras de mau gosto dos colegas de sala, nisso ele acaba adotando simplesmente que o chamem de Pi.

O pai de Pi é dono de um zoológico, eles decidem mudar-se para o Canada e claro levar todos os bichos juntos e abrirem um zoo por lá, só que tudo muda depois que o navio que a família do Pi estão acaba naufragando e os únicos sobreviventes são Pi e um tigre de bengala, que passam a dividi um bote salva vidas.

Em certos momentos alguns diálogos se tornam extremamente cansativos, pois o personagem acaba dando muitas explicações em um único dialogo e isso se torna cansativo para o leitor.

Na rede social Skoob o livro recebeu a nota de 4.1 pelos leitores, agora queremos saber a sua opinião sobre o livro e deixe um comentário na resenha.



3 comentários

  1. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro. Achei o filme muito monótomo mas como sempre o livro é melhor talvez eu leia-o.
    Parabéns pela resenha.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti esse filme no cinema e saí que nem um baiacú de tão inchado que meu rosto estava por ter chorado tanto hahaha. Amei de verdade, mas o livro até quis ler, mas como fiz a burrada de assistir primeiro o filme, perdi um pouco da curiosidade por já saber como é :/

    Mas quem sabe...

    Adorei o blog e sua resenha!!

    Beijinhos- Naty

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha muita vontade ler esse livro, até descobrir que o autor plagiou na cara dura um escritor brasileiro e ainda cuspiu falando que estava "salvando uma ótima idéia muito mal aproveitada".
    Obviamente ele se arrependeu amargamente do que falou e se retratou colocando um "agradecimento" a Moacyr Scliar (o autor original) pela "inspiração". Mas desde então perdi totalmente a vontade ler. Caso queira ver o autor falando a respeito, eis uma entrevista com ele: https://www.youtube.com/watch?v=jIQitu5oYWw

    Parabéns pelo blog! Abraços,
    Samara - www.infinitoslivros.com

    ResponderExcluir