Resenha: O Menino do Pijama Listrado

Olá, leitores! 

Hoje é um dia muito importante para nós que cuidamos e para vocês que participam do blog. Estamos fazendo dois meses, e com certeza, faremos muito mais junto com vocês! Estou honrada de fazer resenha nesse dia, então vamos lá. O livro escolhido da vez foi: O Menino do Pijama Listrado.

Eu entrei em contato com esse livro de um jeito diferente: há dois anos eu estava no primeiro ano do ensino médio, minha escola era (é) uma escola nova da rede federal, e a minha turma era a primeira do colégio. “Minha turma” entre aspas, eram duas turmas, a minha que é de Informática, e a outra que é de Administração, na verdade as duas são as primeiras. Mas enfim, digamos que naquela época a atenção da escola era voltada para nós, que éramos os primeiros (hoje já são seis turmas, e em fevereiro entrará mais três). Então a escola deu um vale de 20 reais para cada aluno e nos levaram para a feira do livro da minha cidade, foi então que eu comprei “O Menino do Pijama Listrado”.


Título Original: The Boy in the Striped Pajamas

Autor: John Boyne

Ano: 2007

Páginas: 192

Editora: Cia. Das Letras

Avaliação:  




Sinopse:                              

"Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família  está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.

Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O Menino Do Pijama Listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável."


Então, o livro conta a história de Bruno, um menino de 9 anos que vivia em Berlim, mas foi obrigado a se mudar junto com a família. A história se passa na época do Nazismo (motivo esse que me chamou atenção para lê-lo, já que adoro histórias dessa época), na Alemanha de Hitler.

Em sua nova casa, na janela de seu quarto, Bruno pode enxergar uma cerca com várias pessoas usando pijamas, o campo de concentração. Mas claro, que por ser uma criança, ele não imagina o que está acontecendo.

Cansado de ficar sozinho na nova moradia, Bruno resolve sair para explorar a cidade, chegando então à tão misteriosa cerca. Lá, do lado de dentro, vestindo um pijama listrado, ele encontra Shmuel, um menino que nasceu no mesmo dia que ele.

Bruno começa a ir visita-lo todo dia, levando-o comida e lhe fazendo companhia. Os dois criam uma amizade muito forte, tão forte que faz a inocência dele leva-lo para um caminho sem volta.

Não tenho muitas palavras para expressar o que eu senti lendo esse livro. Raiva devido à essa época, e tristeza ao mesmo tempo. É uma história cativante, em poucas páginas, é possível viajar àquela época e viver na Alemanha, no Nazismo.

Já vou avisar que é um livro bem triste, será preciso alguns ter alguns lenços do seu lado enquanto tu acompanhas o decorrer da história.

É um ótimo livro, com certeza o indico para todas as pessoas que gostam de uma boa história.

Espero que tenham gostado da resenha, deixem suas opiniões nos comentários.

Beijos e até a próxima!




2 comentários

  1. Já está na minha lista pra ler em 2014, parabéns pelos 2 meses e que venha 1 ano, 5 anos e 10 anos e por aí vai :)

    Otima resenha :) parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Este com certeza é um dos livros da minha "listinha".
    Ainda não tive oportunidade, mas espero lê-lo em breve.
    beijos

    Aline
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir