Resenha: O Segredo de Emma Corrigan

Oi gente! 


Hoje temos mais um resenha super legal pra vocês, de um livro de um gênero que tem despertado bastante meu interesse ultimamente: chick lit! E o livro é O Segredo de Emma Corrigan, um livro que resolvi ler porque me pareceu "legalzinho", mas que acabou me encantando e entrando pra lista dos meus favoritos. Então, vamos logo a resenha!



Título original: Can You Keep a Secret?

Autor: Sophie Kinsella

Editora: Galera Record

Ano: 2003

Páginas: 384

Avaliação: 



Sinopse: Em O Segredo de Emma Corrigan , Sophie Kinsella segue a receita que fez da série Os delírios de consumo de Becky Bloom sucesso de público - foram mais de 35 mil exemplares vendidos só no Brasil - e crítica. Com humor e muito charme, ela nos apresenta a Emma, uma inglesa perto dos 30 anos, mas longe de uma definição na vida. Na memória ela guarda situações ultraconfidenciais: como perdeu a virgindade enquanto os pais assistiam Ben-Hur na sala de TV, o que pensa sobre o namorado, as peças que prega nos colegas de escritório, seu peso real.

Funcionária Júnior da Panther Corporation, uma empresa de produtos energéticos e esportivos com filiais por toda Grã-Bretanha, Emma vai a Glascow participar da reunião de marketing sobre um novo refrigerante, a Panther Cola. O que parecia uma grande oportunidade profissional se transforma num pesadelo. Como se não bastasse ter derramado a bebida num superior, seu vôo de volta para casa quase cai. Em momentos de tensão as pessoas fazem as coisas mais estranhas. E Emma Corrigan não é exceção. Acreditando estar a um passo de uma morte trágica, ela conta todos os seus pequenos pecados para o passageiro ao lado. Afinal, qual a probabilidade de vê-lo de novo? Ainda mais com vida?
Mas o destino decide brincar com a protagonista: o avião pousa em segurança e o distinto cavalheiro nada mais é que o fundador e presidente da empresa onde trabalha. E além dos segredos pessoais, Emma abriu o verbo sobre todos os colegas da Panther e suas estratégias para enrolar no serviço. Para recuperar o respeito profissional - e voltar às boas com o pessoal do escritório - Emma se mete nas situações mais inusitadas, quase novelísticas. Mas com as quais todas as mulheres acabam se identificando.




Emma Corrigan é uma mulher comum, só que ela tem muitos segredos, muitos desses que ela jamais revelaria a ninguém, muito menos ao dono da companhia onde trabalha, mas por ironia do destino é isso que lhe acontece. Em uma viagem de negócios, Emma acaba sendo colocada na classe executiva e se senta ao lado de um homem que ela nem imagina quem seja. Durante o vôo o avião passa por turbulências e Emma fica desesperada achando que vai morrer. Neste momento ela decide contar seus maiores segredos ao estranho que está ao seu lado. Segredos como o fato dela ter mentindo em seu currículo, ou dela nem saber onde fica seu ponto G. Então o inesperado acontece e o avião não cai. Emma não morre e o estranho agora sabe de todos os segredos. Mas tudo bem, afinal ela nunca mais verá aquele homem na sua vida, certo?

Então Emma volta a empresa, e tem a notícia de que o dono e fundador da companhia Jack Harper veio fazer uma visitinha ao escritório britânico. E ao se deparar com Jack descobre que, sim, ele era o bonitão a quem confidenciou seus maiores segredos. E agora?

É nesse momento que a história começa a ficar boa, Emma toda atrapalhada tenta contornar a situação, mas só bagunça ainda mais sua vida, se envolvendo em uma série de situações desastrosas. Mas o resultado disso tudo você terá que ler o livro para saber.
Coisas que mamãe nem imagina:1- Perdi minha virgindade com Danny Nussbaum no quarto de hóspedes, enquanto ela e papai assistiam a Ben-Hur.Meu namorado Connor não pode saber de jeito nenhum:2- Eu peso 61 quilos. E não 56 como ele imagina.3- Sempre o achei um pouco parecido com o Ken… sim, o namorado da Barbie.O pessoal do trabalho não faz idéia:4- Quando minha colega Artemis realmente me chateia, eu molho a planta dela com suco de laranja. (O que acontece quase todo dia, hehehe.)5- Ih!!… Sou eu que sempre travo a impressora.6- O pessoal da Informática não presta para nada.Segredos que eu não conto para ninguém, por nada nesse mundo:7- A calcinha fio-dental está me incomodando.8- Já menti muito no meu currículo.9- Não faço ideia do que significa a sigla Otan. Nem mesmo do que se trata.

O livro é narrado em primeira pessoa pela própria Emma, que tem uma forma engraçada de pensar que faz você se identificar com ela assim que começa a ler. O livro te cativa exatamente pelo quão normal Emma é, você simplesmente se enxerga na personagem em alguns momentos. Afinal, quem não tem segredos? E os segredos da Emma são os segredos mais diversos. Quem nunca teve vontade de sacanear a colega de trabalho que é uma verdadeira cretina? Quem nunca mentiu quanto pesa ou quanto veste? Emma é simplesmente uma mulher como eu ou como você ou como sua melhor amiga, sua mãe, prima e até mesmo sua inimiga, ela só deu o azar de abrir a boca na hora errada com a pessoa errada.

O livro te proporciona uma leitura leve e rápida, que faz com que você não tenha vontade de parar de ler. E a cada mancada da personagem você quer saber logo como ela vai se sair. Constituída de altos e baixos a história tem um final fofo - pelo menos para mim, que sou uma romântica incontestável -, que te faz ficar apaixonada pelo livro.


Eu super recomendo esse livro pra quem gosta de histórias leves, engraçadas e com um toque mínimo de romantismo. Eu gostei tanto dele que o inclui na minha lista de favoritos, e agora estou louca para ler mais livros da Sophie Kinsella. 

Bom, é isso ai, espero que tenham curtido a resenha e que depois dela resolvam ler o livro. Se gostou não se esqueça de comentar e compartilhar nas redes sociais.

Beijinhos, e até a próxima!


4 comentários

  1. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mariana!
      Muito obrigada pelos elogios, visitei seu blog e também estou seguindo!

      Beijinhos,
      Carol.

      Excluir
  2. Confesso que se eu fosse julgar o livro pela capa eu não o compraria haha.
    Mas essa resenha ficou muito boa, e o livro parece ser muito boom!
    Então já estou colocando ele na minha lista sem fim kkkk
    Beijos!
    http://btocadoslivrom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não leria ele se fosse olhar pela capa. Mas acredite o livro é incrível, só a capa que é "feinha" mesmo, rs.

      Beijinhos,
      Carol - Blog Livreando

      Excluir