Autor em Destaque: Suzanne Collins

Oi gente! Hoje é dia de Autor em Destaque e devido a estreia de Em Chamas, resolvi falar sobre Suzanne Collins, a autora da trilogia Jogos vorazes.




Nome: Suzanne Collins

Nascimento: 10 de agosto de 1962 (51 anos), Hartford, Connecticut, Estados Unidos

Nacionalidade: Norte-americana

Gênero literário: Distopia, ação, aventura




     Biografia:
Suzanne Collins nasceu em 10 de agosto de 1962 e é filha de um oficial da Força Aérea americana. Iniciou a carreira em 1991, como escritora de programas infantis. Trabalhou em diversos programas para a Nickelodeon. Também foi a escritora-chefe de série animada Clifford’s Puppy Days, da Scholastic Entertainment. Suzanne recebeu uma nomeação na categoria desenho animado da Writers Guild of America por seu trabalho no aclamado especial de natal Santa, Baby! Depois de conhecer o autor James Proimos, quando ela trabalhava no programa Generation O! da KidsWB, se inspirou para escrever seus próprios livros voltados ao público jovem.
Atualmente vive em Connecticut com o marido e os dois filhos. Recebeu um mestrado em Escrita Dramática pela New York University.


Curiosidades:
  • A sua professora de inglês da quinta e sexta série, Srta. Vance, contribuiu para o seu amor pela leitura. Nos dias chuvosos ela levava os alunos interessados para um canto e lia histórias de Edgar Allan Poe para eles.
  • A partir de 1991 ela começou a escrever roteiros de programas infantis, entre eles "O pequeno urso".
  • A ideia para escrever a trilogia Jogos Vorazes nasceu quando ela estava passando os canais da televisão. Em um canal, viu pessoas competindo num reality show, e em outro viu cenas gravadas na Guerra do Iraque. As duas coisas se misturaram e a trilogia começou a se formar. O mito de Teseu e o Minotauro também serviu de inspiração. A autora descreve Katniss como um “Teseu futurístico”. No mito, Atenas era obrigada a enviar 7 rapazes e 7 moças para Creta, onde eram lançados no labirinto para serem devorados pelo Minotauro. Creta era cruel e impiedosa, assim como a Capital na trilogia de Suzanne Collins.
  • Mesmo quando ainda era pequena, seu pai (que lutou na guerra do Vietnã) já discutia os aspectos filosóficos da guerra com ela e quando passavam por um campo de batalha, surgia ali uma grande história, com os motivos da guerra e suas consequências.
Livros favoritos na infância:
  • O coração é um caçador solitário, de Carson McCullers;
  • 1984, de George Orwell;
  • Anna Karenina, de Liev Tolstói;
  • Matadouro cinco, de Kurt Vonnegut;
  • Uma dobra no tempo, de Madeleine L’Engle;
  • O senhor das moscas, de William Golding;
  • Germinal, de Émile Zola;
  • O vinho da alegria, de Ray Bradbury, entre outros.

Então gente, é só isso, rs. Infelizmente não achei muito material sobre a autora, mas o que achei está ai. Adorei conhecer um pouco mais sobre a Suzanne. Não se esqueçam de deixar comentários, hein? rs. Beijinhos e até a próxima!

4 comentários

  1. Oi Carol.

    Engraçado isso do impacto que teve sobre a vida da Suzanne essa influência paterna em relação às guerras. Se não fossem as filosofias do pai, suas histórias e a guerra, não existiria a saga... Achei interessante isso.

    Precisava registrar isso aqui, haha.

    Beijim,
    May.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi May!

      Sim, gosto de fazer o Autor da Semana porque descubro essas coisas e sempre fico refletindo que as vezes uma coisa mínima poderia ter feito com que os livros não tivessem surgido. Se o pai dela não tivesse lutado na guerra provavelmente a saga não existiria. Se Jk não tivesse entrado naquele bendito trem na estação de Kings Cross, talvez nunca lhe viesse a inspiração pra escrever Harry Potter e por aí vai... Acho super legal isso!

      Beijos.

      Excluir
  2. Oii flor, que interessante, nunca tinha lido nada da autora, embora adore Jogos Vorazes, que legal essa coisa com o pai, ela deve trazer muito disso para as histórias, adorei :)

    Tem News lá no blog, vem conferir!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei muito interessante essa coisa da pai dela e também como surgiu a ideia da série.
      estou seguindo seu blog, adorei!

      Beijinhos.

      Excluir