Resenha: Para Sempre

Oi gente, hoje eu vim falar sobre Para sempre, o primeiro livro da série Os imortais, para vocês. Minha história com a série é curiosa, porque eu já tinha ouvido falar sobre ela, mas nunca tinha procurado saber mais sobre. Mas então um dia desses, estava eu no submarino quando me deparei com uma promoção imperdível da série, como sou uma compradora compulsiva de livros, não resisti e acabei comprando. Esperando ansiosamente pela chegada dos meu livros pesquisei um pouco sobre eles, li muitas resenhas, algumas com fortes críticas, mas mesmo assim não desisti de lê-los. Assim que chegaram, fui logo começando Para sempre para poder tirar minhas próprias conclusões acerca da série, e ai estão elas, expressas na resenha.


Título Original: Evermore

Autora: Alyson Noël

Editora: Intrínseca

Páginas: 264

Ano: 2009

Sinopse: Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do iPod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.



Para sempre é o primeiro livro da série Os imortais da autora Alyson Noël. No livro nos é apresentada Ever Bloom, uma adolescente de 16 anos. Mas Ever não é uma adolescente comum, ela pode ver auras, ler pensamentos e com apenas um toque, ela sabe sobre toda sua vida da pessoa. E todos esses dons foram adquiridos após o acidente que matou seus pais e sua irmã e quase a matou. E desde só lhe sobrou uma coisa: ela ainda pode ver e conversar com sua irmã morta, Riley.

Ever era uma garota normal e feliz, mas após a morte de sua família e o fato de ter adquirido "poderes mediúnicos" se fecha para o mundo, usando apenas moletons largos e sempre com o iPod no último volume, para abafar as vozes em sua cabeça, Ever tem apenas dois amigos na escola, e é vista como uma estranha. Até que em um belo dia chega um aluno novo na escola, Damem. E existe algo curioso nesse menino lindo, charmoso e misterioso: Ever não consegue ler seus pensamentos, nem ver sua aura. Quando ele a toca ela sente uma paz e um estranho "formigamento" e quando ele fala, todas as vozes em sua mente se calam.

Totalmente confusa quanto a esse garoto, que tenta de toda forma se aproximar dela, Ever se depara com vários obstáculos e o primeiro dele é: sua amiga Haven está de olho nele, e conhecendo bem a amiga ela sabe que esta não aceitaria fácil uma relação entre Ever e Damem.

Mas então surge Drina, uma amiga antiga de Damem, que rapidamente vira amiga de Haven, e assim como Damem, Drina também não possui aura, e Ever não pode ler seus pensamentos. Logo de cara Ever não gosta nem um pouco de Drina, mas a cada dia Haven se aproxima da garota, e para piorar a situação, Drina está sempre por perto de Damem, o que deixa Ever totalmente enciumada, mesmo que ela não assuma.
Então Ever começa a descobrir coisas de um mundo que ela ainda não conhecida, cada vez mais apaixonada por Damem, mas sem saber se pode ou não confiar no garoto, ela se ver confusa, perdida e dividida entre a vida ou a morte. Mas para saber o que ela vai decidir, você terá que ler o livro.

Mesmo sabendo que sim, que amo este garoto até o último fio de cabelo, com todas as células do corpo e todas as gotas de sangue, que estou fervendo de tanto amor, que o coração só falta explodir, mesmo sabendo tudo isso não consigo trazer as palavras à boca. Por outro lado, se ele realmente pode ler meus pensamentos, eu nada preciso dizer. Ele já devia saber.

Bom, eu gostei bastante do livro, a narrativa em primeira pessoa da Ever não é num todo ruim. Em alguns momentos fiquei um pouco "nervosa" com as atitudes dela, mas faz parte. A história é de fácil leitura, a linguagem é de fácil entendimento e no início do livro tem um pequeno dicionário (por falta de palavra melhor), explicando o significado das cores das auras, o que ajuda bastante, eu mesma, recorri várias vezes a ele.

O livro é pequeno e a leitura é agradável, é indicado pra quem gosta de romances somados a coisas sobrenaturais, se você leu a saga crepúsculo ou 16 luas e gostou, você com certeza vai adorar esse livro.

Bom galera, essa é a resenha do livro, como comprei a série inteira pretendo, em breve, ler os demais livros e resenhá-los aqui para vocês. Quem gostou da resenha não se esqueça de compartilhar e comentar aqui embaixo! Se você já leu o livro ou até mesmo a série inteira, deixe seu comentário também. Obrigada a que leu, beijos, e até a próxima resenha!



11 comentários

  1. Não é um genero que me interesse, mas adorei a resenha!
    Beijinhos
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Carol, tudo bem? Eu acho as capas dessa série bem legais, mas não acho o enredo muito lá minha cara. Fico impressionado com tantas notas positivas sobre esse livro, que acabo concluindo que tenho que quebrar minha ignorância e ler!

    Beijos, www.setecoisas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Igor, tudo ótimo e contigo?
      Eu também acho as capas lindas! Principalmente as de Chama negra, Terra das sombras e Infinito. Olha, li muitas notas boas e ruins sobre a série, e depois de ler o primeiro livro minha conclusão foi que não é ruim, mas também não é nada demais, não tem algo que desperte a tenção do leitor, falta algo, mas é uma leitura agradável. Te aconselho ler o primeiro, se gostar, prossegue com a série.
      Beijos, e boa sorte se decidir ler :)

      Excluir
  3. Ever é chata e a história me lembrou muito Crepúsculo! Mas continuei com a série, agora só faltam dois livros para acabar e sinto te informar que os próximos começam a ficar cada vez mais enrolados, acho que a Alyson quis estender muito a história com muitos livros e isso nunca dá certo. Boa sorte em ler a série toda, rs!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a história me lembrou crepúsculo também, não achei a Ever chata, mas ela é bem "sem-sal". Ouvi muitas críticas mesmo quanto a continuação da série, por isso estou com medo de continuar. Até comecei a ler Lua Azul, mas parei, pretendo voltar depois. Obrigada, Gabriela. E boa sorte pra você também para terminar a série, rs :)

      Excluir
  4. Eu já ouvi tanta coisa ruim dessa serie que eu sempre fico com o pé atrás kkk Mas como últimamente eu tenho lido livros com essa tematica e eles são uma ótima distração talvez eu de uma chance a série. Adorei a resenha.

    Bjs,
    Samira
    http://spoiledonbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Samira! Todos criticam muito essa série, é assustador! kkk mas mesmo assim li, com a cara e a coragem, o primeiro. Pretendo ler os demais e tomara que não me decepcione. Sim, adoro livros com essas temáticas, é um dos meus gêneros favorito. Mas se resolver ler a série, depois me diz o que achou, hein? rs. Obrigada.

      Beijinhos :)

      Excluir
  5. Já li o primeiro e não achei tão chato por conta da irmã da Ever! Mas pretendo ler os outros, só para saber se as críticas são fiéis aos livros! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a irmã da Ever salva o livro em partes, rs. Também pretendo ler os outros, mas meio que desanimei :( mas em breve espero que venha a coragem para terminar de ler.

      Excluir
  6. è, a história também me fez remeter aa leituras feita em crepusculo. Gostei , ficou muito bom.

    ResponderExcluir